search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Os 30 anos da derrubada do Muro de Berlim
Tribuna Livre

Os 30 anos da derrubada do Muro de Berlim

Amanhã completar-se-ão 30 anos da queda do maior símbolo da "cortina de ferro" que se abatera sobre a Europa logo após a Segunda Guerra Mundial, o Muro de Berlim. A Guerra Fria chegava ao fim, e anunciava-se uma nova Ordem Mundial.

Em certo período, o marxismo - a ideologia dos países socialistas, como a Alemanha Oriental - assemelhou-se a uma fé austera mas persistente que guiaria as populações através do deserto, por meio de árduos esforços e sacrifícios que só seriam recompensados bem mais tarde. Em suma, o socialismo oferecia mais justiça em troca de menos liberdade.

O marxismo atraía a todos os que detestavam a desigualdade e a desumanidade do sistema capitalista. Os marxistas conquistaram muito espaço nas regiões mais atrasadas do mundo, incluindo países europeus. Ainda assim, foram os tanques soviéticos que espalharam regimes comunistas pelo Leste Europeu, incluindo na Alemanha Oriental, na sequência à derrota dos nazistas, em 1945.

A falência do “Socialismo Real” nos anos 1980, foi melancólica. A razão principal de tal fracasso foi que, afinal, não pôde competir técnica e economicamente com o Ocidente liberal. Assim, perdeu as corridas armamentista e consumista. Diante da inquestionável derrota na Guerra Fria, Gorbachev, da União Soviética, e demais líderes socialistas, decidiram-se pela abertura.

Porém, logo descobriram que, quisessem ou não, não havia como deter ou limitar o processo sem usar métodos mais drásticos do que os que estavam dispostos a usar.

Nesse sentido, em 1989, cresceu a reivindicação de maior autonomia, ou mesmo independência, nas repúblicas bálticas da União Soviética, na Moldávia e até na Ucrânia. Em setembro, formou-se na Polônia o primeiro governo da Europa oriental desde 1954 livre dos comunistas. No início de outubro, o Partido Operário Socialista Húngaro aprovou a sua própria dissolução.

Enquanto isso, toda a Alemanha Oriental era sacudida por intensas manifestações de rua. A polícia acabou por desistir de dispersá-las: as multidões eram enormes e a vontade de dispersar demasiado fraca. No dia 6 de novembro, caiu o governo da Alemanha Oriental. Três dias depois, o comitê central do Partido Comunista do país anunciou que o Muro de Berlim seria desmantelado e que a fronteira entre a República Federal da Alemanha e a República Democrática Alemã seria aberta na manhã seguinte. Isso precipitou as multidões em direção ao famigerado muro, que então foi derrubado.

Entre 1989 e 1991, quando o Socialismo Real foi varrido do Leste Europeu e da própria União Soviética, praticamente ninguém foi suficientemente zeloso ou leal para lutar pela ordem e pela própria fé. Num ritmo impressionante, a velha nomenklatura se transformou em capitalistas chauvinistas ou oportunistas. Segundo Ernest Gellner, nunca um navio naufragante foi abandonado com mais júbilo e unanimidade, nunca uma experiência foi condenada mais conclusivamente.

Quando a liberalização chegou, e a adesão formal à fé marxista deixou de ser imposta, houve um surpreendente e amplo abandono da ideologia e uma fria indiferença em relação a ela. Provam-no as ruínas do Muro de Berlim, para as quais os olhares do mundo inteiro hoje se voltam.

Raphael Leite Teixeira é historiador

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

A digitalização dos planos de saúde acelerada pela pandemia

Grandes desafios podem provocar grandes revoluções. A necessidade de superar adversidades leva a humanidade a repensar hábitos e valores e a usar todo o seu potencial de criação. Nestes tempos …


Exclusivo
Tribuna Livre

A importância da Lei da Fauna capixaba em tempos de Covid

Em dezembro de 2019, foi sancionada a Lei Estadual de Proteção à Fauna que, dentre outros assuntos, cuida da prevenção de doenças advindas da relação humana com os animais, alertando sobre o perigo …


Exclusivo
Tribuna Livre

Relacionamentos abusivos mais evidentes durante a pandemia

É significativo o aumento de casos de violência doméstica durante o isolamento social. Mas, infelizmente, a pandemia apenas traz à tona questões já presentes. É num momento de excesso ou modificação …


Exclusivo
Tribuna Livre

Peste, indiferença e luta

Quando a peste resolve sair de seu recôndito esconderijo e assombrar a humanidade, o desespero e a indiferença vêm na bagagem. Desespero porque, por mais pestes e guerras que já tenham havido na …


Exclusivo
Tribuna Livre

Racismo no Brasil não gera a mesma repercussão que nos EUA

Os casos no Brasil ligados a crimes de racismo não geram a mesma repercussão que há nos Estados Unidos e para isso há razões muito específicas que justificam a banalização da violência racial no …


Exclusivo
Tribuna Livre

Quem paga pensão tem o direito de saber como valores são gastos

Alicerçando-se nos princípios constitucionais da proteção integral da criança e do adolescente e da dignidade da pessoa humana, o Superior Tribunal de Justiça (STJ) modificou entendimento até então …


Exclusivo
Tribuna Livre

Profissões em alta na pandemia influenciam mercado de estágio

A pandemia do coronavírus desestruturou o mercado de trabalho. Além do aumento do desemprego, que subiu para 12,6% no trimestre encerrado em abril deste ano, segundo dados do Instituto Brasileiro de …


Exclusivo
Tribuna Livre

Renda mínima universal no mundo onde não existe almoço grátis

De repente nos deparamos com emergência de saúde pública internacional, com graves consequências em nosso meio, ocasionando, dentre outras medidas visando minorá-las, a instituição de um auxílio …


Exclusivo
Tribuna Livre

Nos 50 anos do Tri, temos pouco futebol e muita maracutaia

Nesta semana comemoramos o aniversário de 50 anos do Tri. A Copa do Mundo do México, realizada em 1970, foi emblemática! O futebol brasileiro da época era inigualável, fazendo com que nossa seleção …


Exclusivo
Tribuna Livre

Segurança alimentar durante a pandemia é obrigação de todos

A pandemia imposta pela Covid-19 tem nos remetido ao passado, revisitando nossas lembranças de quando nossos pais repetiam diuturnamente para lavarmos as mãos, antes das refeições, de proteger a boca …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados