Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Ordem é defender o governo
Plenário
Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


Ordem é defender o governo

O presidente do PSL-ES, Carlos Manato, que atua na articulação da Casa Civil do governo federal, chamou os quatro deputados estaduais da sigla – Capitão Assumção, Coronel Quintino, Torino Marques e Danilo Bahiense – semana passada.

O motivo da reunião foi orientá-los para defender o governo e o presidente Bolsonaro, durante as sessões da Assembleia – o que não estava sendo feito, até então, e começou ontem com duas intervenções e até um início de discussão com o deputado Sergio Majeski, que criticou o governo federal pelo bloqueio de 30% dos recursos para a Ufes e o Ifes.

“A orientação é que divulguem as ações implementadas que estão fazendo bem ao Brasil, como o 13º do Bolsa Família, a lei da liberdade econômica, a reforma da Previdência. Eles foram eleitos com essas bandeiras. Não precisam criticar ninguém, mas falar das coisas boas”, disse Manato.

Tímido e forçado

As intervenções de ontem, porém, passaram longe da naturalidade.

No meio de um discurso pedindo investimento do governo à polícia técnico-científica, o deputado

Danilo Bahiense (PSL) elogiou e parabenizou a “canetada bic” do Presidente ao assinar a ordem de serviço do Contorno do Mestre Álvaro. “A obra vinha se arrastando”, disse.

Haddad em Vitória

O ex-candidato à Presidência da República Fernando Haddad (PT) vem ao Estado hoje para um ato do “Lula Livre” e também debater os cortes de recursos nas universidades e institutos federais. O ato será do lado de fora da Ufes, em frente ao teatro, às 18h. Em seguida, Haddad participa de uma reunião no Sindiupes com representantes da Ufes e Ifes.

Bancada maior

Aumentou o número de deputados estaduais que tem se posicionado contra o bloqueio de recursos da Ufes e Ifes.

Além dos deputados Sergio Majeski, Iriny Lopes e Emilio Mameri, ontem foi a vez de Janete de Sá e de Hudson Leal, que inclusive sugeriu um manifesto assinado pelos 30 deputados a ser encaminhado ao governo federal pedindo o recuo da ação.

A Mesa Diretora da Ales entrou com uma ação civil pública para garantir os recursos.

 (Arte: Léo Rangel)
(Arte: Léo Rangel)
Aplicativo para a saúde

O deputado Lorenzo Pazolini indicou ao governo do Estado a criação de um aplicativo para o agendamento e confirmação de consultas, exames e cirurgias do sistema público de saúde. Segundo ele, 36% dos pacientes não comparecem às consultas e 29% faltam aos exames.

PSDB de vez na oposição?

Em seu 1º discurso como presidente do PSDB-ES, o deputado Vandinho Leite aumentou, ainda mais, o tom contra o governo do Estado. Na sessão de segunda-feira, Vandinho criticou a secretária de Ciência e Tecnologia, Cristina Engel. O pomo da discórdia é o antigo programa Oportunidades, que era comandado por Vandinho no governo passado. Pelas falas que fez contra a secretária e contra o próprio governador, só falta oficializar o partido na oposição.

GALERIA

Um relógio de presente

Após entrar em vigor lei que pune vereadores “atrasildos” da Câmara de Vitória – e ter feito dois alvos na terça-feira –, ontem os parlamentares chegaram pontualmente à sessão.

Capacitação

O ministro-substituto do TCU Weder de Oliveira estará em Vitória hoje e amanhã com o curso sobre “Contas de governo e parecer prévio”. A capacitação é para 40 auditores, conselheiros e procuradores do Tribunal de Contas do Estado.

Assento garantido

O advogado Raphael Câmara, presidente da Comissão de Infância e Juventude da OAB-ES, conseguiu garantir, em reunião realizada no Palácio da Fonte Grande, que a entidade tenha assento permanente no Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente.

Lei continua em vigor

Saiu de pauta a proposta do prefeito de Cariacica, Juninho, de revogar lei do vereador André Lopes que garante vigilância 24h em bancos.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados