Notícias

Internacional

Onda de frio causa morte de ao menos quatro pessoas na Europa


Neve na França. Foto: Twitter
Neve na França. Foto: Twitter
A neve e o frio voltaram a atingir países europeus com força nesta quarta-feira (28), causando mortes e problemas nos transportes.

Na Eslovênia, onde a temperatura chegou a -27°C, um homem morreu perto da cidade de Maribor após sair de casa para pegar lenha. Na Sérvia, um idoso que sofria de demência foi achado congelado dois dias depois de desaparecer de sua casa.

Um homem de 54 anos que sofria de demência também foi vítima do frio em Bornholm, na Dinamarca.

Já na Holanda, um homem caiu em um lago após o gelo ceder e morreu. Autoridades afirmam que ele provavelmente estava patinando no gelo.

No Reino Unido, estradas foram fechadas e trens ficaram parados devido à neve e gelo. Várias linhas do trem e metrô de Londres operam com atrasos, inclusive as que vão aos aeroportos de Heathrow e de Gatwick.

Na Itália, fontes congelam. Foto: Reprodução
Na Itália, fontes congelam. Foto: Reprodução
Voos nos aeroportos de Heathrow e de Dublin, na Irlanda, foram cancelados.
Escolas ficaram fechadas pelo segundo dia e hospitais cancelaram procedimentos e consultas eletivas, operando apenas para emergências.

Em partes do país, a temperatura chegou a -12°C; partes da Escócia chegaram a ter 40 cm de neve. Na Irlanda, nevou até 10 cm, mas os serviços meteorológicos preveem até 25 cm de neve até quinta (1º).

A maior parte do território francês está sob alerta para grandes quantidades de neve, gelo e vento nesta quarta (28). Em Montpellier, o transporte público e o tráfego foram afetados e voos saindo do aeroporto ficaram atrasados devido à neve. Os serviços de meteorologia locais avisaram que o frio deve continuar até sexta-feira (2).
Na Croácia, escolas ficaram fechadas e o trânsito em certas estradas foi afetado pela neve.