Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Ocupação indevida de calçada em Serra-Sede
Qual a Bronca?

Ocupação indevida de calçada em Serra-Sede

Rua São Domingos, próxima ao viaduto sobre a BR-101, na  Serra-Sede (Foto: Antonio Moreira/AT)
Rua São Domingos, próxima ao viaduto sobre a BR-101, na Serra-Sede (Foto: Antonio Moreira/AT)

“A calçada da rua São Domingos, que fica ao lado do viaduto sobre a BR-101 Norte, que dá acesso a Serra-Sede, está ocupada por mendigos que transformaram o local em moradia e a prefeitura fecha os olhos e nada faz”, reclama a professora Tatiane Barcellos Borges, que mora na Serra-Sede.

Ela afirma que não tem nada contra as pessoas em situação de rua, mas afirma que a prefeitura deveria disponibilizar um abrigo para acolher aos que não têm onde mora.

“Acho que a prefeitura deveria ter um órgão competente para solucionar tal situação, por que, de certa forma, a ocupação das calçadas, impossibilita a livre circulação dos pedestres pela calçada. Com a palavra o órgão responsável pelo acolhimento social no município”.

Tatiane disse esperar que a prefeitura tome as providências necessárias para permitir que a calçada fique livre
Tatiane disse esperar que a prefeitura tome as providências necessárias para permitir que a calçada fique livre
Respostas

A Prefeitura da Serra informa que a situação relatada está sendo monitorada e acompanhada.

Esclarece que a administração realiza o trabalho de abordagem social todos os dias das 8h às 20h.
A equipe trabalha convencendo a pessoa a sair da situação de rua, sem coerção. O telefone da abordagem é 99517-7869.

A população de rua da Serra conta com os seguintes serviços de acolhimento: Centro Pop, o acolhimento institucional temporário (abrigos) e o Serviço Especializado em Abordagem Social.

O primeiro passo para o cidadão que deseja sair das ruas é procurar o Centro Pop, localizado em Rosário de Fátima. Lá é analisada a situação e a pessoa é encaminhada para o abrigo. No Centro Pop, os cidadãos são acolhidos, podem fazer a higiene pessoal, se alimentar, recebem acompanhamento psicossocial, orientações e podem participar de oficinas e atividades de convívio e socialização.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados