search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

O que não dizer no trabalho
Claudia Matarazzo
Claudia Matarazzo

Claudia Matarazzo


O que não dizer no trabalho

Por mais que seus colegas de trabalho e supervisor possam parecer uma família, eles não são. De fato, compartilhar muita informação no ambiente de trabalho pode ser um “tiro no pé” na sua carreira.

A etiqueta do escritório é uma questão de delicado equilíbrio e que muitas pessoas não pensam ser importante, quando, na realidade, é essencial. E, sim, precisa ter cuidado com o que dizer aos colegas de trabalho para proteger sua carreira.

E não apenas a eles, mas também a fornecedores e clientes, pois a rede de contatos profissional vai muito além do local onde você trabalha de fato.

Aqui estão algumas coisas que você precisa – e pode – evitar discutir no trabalho.

Reclamações sobre seu chefe – Por mais que seu supervisor seja irritante, discutir sua opinião sobre ele com outras pessoas no escritório é uma das piores coisas que você pode fazer. Simples assim.

Reclamações sobre colegas – Como ninguém é perfeito, lembre-se que tudo pode virar assunto e sempre há quem queira falar e comentar qualquer detalhes sobre outras pessoas no escritório.

Mas é “uma faca de dois gumes”. Provavelmente, há alguma coisa digna de fofoca que seus colegas de trabalho adorariam poder comentar, aumentar e criticar sobre você.

Dizer que algo “não faz parte do trabalho” – Você é contratado e recebeu treinamento, preparando-o para suas tarefas. No entanto, à medida que o tempo passa e você se torna competente nessas e outras tarefas, você percebe que assumiu mais trabalhos e missões.

Aceite o fato de que isso é inevitável e aceite as mudanças com um sorriso.

Fofocas e rumores – Se a tentação de espalhar o boato mais recente o desagradar, afaste-se do grupo que o está iniciando. Você sabe quem são as “grandes bocas” do escritório, assim como seus supervisores. Seja legal com eles, mas não se torne um deles.

E lógico, nem tente começar uma fofoca e, muito menos, passar adiante um boato, ok?

Informação pessoal – Antes de contar a alguém sobre os hábitos repugnantes de seu parceiro ou os problemas de seus filhos na escola, pare e pense. Isso é algo que você realmente deseja que essas pessoas saibam?

Seu salário – Muitas empresas têm uma política contra discutir salário com outras pessoas. Não quebre essa regra, pois isso pode colocar em risco futuras promoções.

Debater política ou religião – Ambos são temas apaixonantes e debates acalorados podem causar atritos entre as pessoas que precisam se dar bem para alcançar objetivos relacionados ao trabalho.
Encontre outra coisa para discutir.

O escritório é como um segundo lar para a maioria das pessoas que trabalham, portanto, muitas vezes, se torna um ambiente onde aquele delicado equilíbrio sobre o qual falamos no começo torna-se indispensável.

É preciso sair de seu caminho e, até mesmo, fazer das tripas coração para não contaminar o ambiente com polêmicas tóxicas e inúteis – já basta o momento polarizado com argumentos inflamados e até violentos que vivemos como nação.

Preserve-se: pense, respire e, na dúvida, cale-se. E verá que tem muito a ganhar. E nada a perder.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Casamentos pós-pandemia

Não teve jeito: com a pandemia, casamentos de todos os tipos e gostos foram adiados para... um novo momento. Quando e como serão os casamentos pós-pandemia? Muitos casais não quiseram esperar e se …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Demitido na quarentena

Muitas pessoas perderam seus empregos –  e é claro que fica tudo muito mais duro se isso aconteceu durante a quarentena. Ok, desespere sim, mas depois, respire e fique calmo para poder pensar em …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Novos profissionais na indústria de eventos após a Covid-19

Vamos falar do impacto da Covid-19 na imensa e mundial indústria de eventos: um dos setores mais atingidos pelo coronavírus.  Algumas empresas, como a Microsoft e o Facebook, anunciaram planos para …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

O novo virtual na profissão

Há décadas vínhamos nos acostumando a fazer várias coisas a distância: namorar, trabalhar, comprar e consumir... e havia uma escolha. Eis que agora, com distanciamento social, bem ou mal, a maior …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

A vez da consciência

Em plena quarentena e com o foco de todo o planeta voltado para a pandemia da Covid-19, escrever sobre algo que não seja o isolamento social, a agressão do dia do presidente Bolsonaro ou os números …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Quando uma casa não basta

Essa quarentena forçada – mas para alguns relativamente bem-vinda, não fosse a tragédia porta afora das casas – tem trazido à tona o pior de um grupo de pessoas que não suportam a própria companhia e …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Diferença entre chefe e líder

Oito em cada 10 profissionais pedem demissão por causa do chefe. É o que aponta Michael Page em um levantamento da consultoria de recrutamento Oggiam. Pois é! Ser um bom gestor não significa ser …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

O bom convidado

Convidado para um jantar entre amigos, será que tudo o que você tem a fazer é aparecer e comer? Não mesmo. Ora, preparar um jantar é um trabalho árduo. Seu anfitrião pode ter tirado todo o dia de …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Amigos e conhecidos: mais importantes do que se imagina!

Trabalho e família. É comum colocar neles todo o peso do nosso bem-estar, assim como todas as nossas expectativas. Agora, nos aproximando do terceiro mês do ano, este é um bom momento para refletir …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Cavalheirismo, um poderoso afrodisíaco

Se existe algo de que as mulheres sentem falta atualmente é do bom e velho cavalheirismo.  É que, com a emancipação feminina e a igualdade dos sexos, muitos homens pensaram que esse atributo …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados