search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

O novo papel da escola no universo dos nativos digitais
Tribuna Livre

O novo papel da escola no universo dos nativos digitais

Vivemos o boom da evolução tecnológica. Possibilidades se apresentam e novos caminhos são trilhados. As facilidades se mostram e se conectam em apenas um clique, principalmente nos últimos 20 anos. Neste período, temos uma geração totalmente envolta desde o nascimento por uma cultura digital.

Os nativos digitais, utilizam as ferramentas tecnológicas de forma intuitiva, chegaram às escolas com novos comportamentos, habilidades, necessidades e expectativas. Eles precisam, portanto, de métodos e sistemas de ensino que utilizem os benefícios das novas tecnologias. A escola precisa evoluir.

Nesse sentido, o papel das instituições educacionais consiste em encontrar o espaço dentro da realidade atual e tirar proveito da tecnologia para incrementar o ensino e a formação dos alunos. A escola, o professor e a família não perdem o papel na responsabilidade de educar. A orientação é necessária para que o aluno aprenda de maneira correta para potencializar a capacidade de discernimento.

Nesta realidade tecnológica, a escola precisa orientar os alunos a distinguir as fontes, interpretar dados, raciocinar, tirar conclusões e desenvolver competências. O professor não é mais a única a fonte das informações. E tornou-se o caminho e o filtro para quem aprende, peça fundamental no processo de aprendizagem.

Com o uso da inteligência artificial é possível, inclusive, identificar como cada aluno aprende. Existem ações que só uma máquina consegue fazer. É muito difícil para um professor, que trabalha com 20 a 30 alunos, conhecer e tratar cada aluno individualmente.

A tecnologia ajuda nesse processo, pois consegue analisar o desempenho de cada um de forma isolada, entender quando e como ele incorpora os conteúdos e ainda tratá-lo de forma personalizada.

Cabe aos docentes analisar os dados, acompanhar e tirar o melhor proveito do que os meios digitais conseguem oferecer. É preciso pensar na melhor educação neste processo homem-máquina e ter os dois, professor e tecnologia, trabalhando juntos e complementarmente. Mesmo com todos esses ganhos, ainda são encontrados alguns entraves, mas que vão se rompendo com o tempo. O uso da internet nos ambientes escolares ainda não é uma realidade em todos os lugares. É preciso melhorar muito ainda o acesso e, para tanto, uma boa e estruturada rede interna é fundamental.

A formação dos professores também é outro desafio a ser superado. De acordo com a TIC Educação, do Comitê Gestor da Internet no Brasil (CGI.br), divulgada em julho de 2019, cerca de 92% dos professores de escolas públicas e 86% de escolas particulares buscam, por conta própria, se informar sobre novos recursos que podem usar no ensino e sobre inovações tecnológicas.

Investir na atualização do professor é essencial para esse novo modelo de ensino que se apresentou na última década. Dessa forma, podemos supor a escola do futuro. Provavelmente ela não será muito diferente da atual.

Porém, é preciso gradativamente se adaptar e adotar as novas tecnologias. Com todas as transformações, os pilares professor, aluno e espaço escolar serão mantidos.

O que deve mudar são os conteúdos e habilidades que se espera do aluno, o formato e a dinâmica da sala de aula e, sobretudo, a relação de comunicação entre os atores desse processo.

Rebeca Barbalat é diretora de Produto de grupo educacional.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

A violência doméstica durante a pandemia

Devido ao isolamento social na pandemia da Covid-19, houve um aumento da violência doméstica. A Lei 11.340, de 7 de agosto de 2006 – que completa 14 anos hoje –, mais conhecida como Lei Maria da …


Exclusivo
Tribuna Livre Nutridicas

Cuidados com a alimentação para manter a saúde do paizão

Os homens estão cada vez mais cuidando da sua beleza, mas... e com relação à saúde, como estão? Será que estão tão ligados assim? Não há como negar que os cuidados com a saúde devem estar presentes …


Exclusivo
Tribuna Livre

Privatização do Porto de Vitória volta a ser discutida

A privatização do sistema portuário capixaba voltou a ser pautada. O ministro da Infraestrutura, Tarcísio de Freitas, afirmou que em outubro, provavelmente, será realizada uma consulta pública para a …


Exclusivo
Tribuna Livre

Afastem-se logo dos milagreiros tributários

Em meio à grave crise econômica que assola o Brasil e o mundo, empresas se veem cada vez mais descapitalizadas e diante de uma equação que leva à pena de morte: inadimplência e custos cada vez mais …


Exclusivo
Tribuna Livre

Cuide da saúde do seu coração durante o isolamento social

Nesses tempos de distanciamento social, quem possui alguma doença cardiovascular deve redobrar a atenção com a saúde. De acordo com dados divulgados pela Sociedade Brasileira de Cardiologia, as …


Exclusivo
Tribuna Livre

Mudanças de hábito valorizam a importância do papel

As embalagens estão cada vez mais no radar das empresas. Seja papel cartão, papelão ondulado ou nos moldes de leite longa vida, as embalagens de papel têm se tornado a menininha dos olhos no mundo …


Exclusivo
Tribuna Livre

A sociedade precisa saber mais sobre a agricultura familiar

Não há governante que, nos dias atuais, consciente do seu papel, não compreenda a necessidade de se investir num setor tão importante para o povo brasileiro. Muito se fala em manutenção do homem …


Exclusivo
Tribuna Livre

Novos modos de vida e a “economia de baixo contato”

Enquanto algumas tendências sinalizam movimentos socioculturais ou respostas para os desafios globais persistentes, outras emergiram do contexto específico da pandemia da Covid-19. A tendência da …


Exclusivo
Tribuna Livre

Trezena de Santo Antônio muda de data sem perder a vocação

Há quase oito décadas, com festivas solenidades, é pela primeira vez que a Trezena de Santo Antônio deixou de acontecer nos 13 dias do mês de junho, na Paróquia e Santuário-Basílica, em Vitória. A …


Exclusivo
Tribuna Livre

A modernização dos cartórios em tempos de Covid-19

Mesmo antes da pandemia, o sistema cartorário já tinha migrado diversos serviços para serem solicitados e feitos através das centrais online. Durante o período da quarentena, essas centrais se …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados