Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

O mistério de Pablo Marí
Gilmar Ferreira
Gilmar Ferreira

Gilmar Ferreira


O mistério de Pablo Marí

Há mesmo algo estranho nessa contratação do zagueiro espanhol Pablo Marí, de 25 anos, que o Flamengo anuncia como “reforço” para o elenco de Jorge Jesus. O jogador de 1,93m tem histórico medíocre e fez temporada discreta com a camisa do Deportivo La Coruña na última edição da Série B espanhola.

Chamou a atenção de muita gente o fato de jamais ter vestido a camisa do Manchester City, dono de seus direitos econômicos desde 2016. Chamá-lo de reforço, por ora, é exagero.

Embora o contrato com o clube inglês tenha terminado no último dia 30, Marí não chega de graça.

Ao contrário: extraoficialmente, o Flamengo terá de desembolsar 1,3 milhão de euros (quase R$ 5,5 milhões), seis vezes mais que o valor gasto pelo City Football Group (CFG) para comprá-lo do Gimanàstic, de Tarragona, na Catalunha.

Fato que só faz crescer a curiosidade em torno da opção. Porque nem os espanhóis entendem o investimento num zagueiro cujo 1,93m parece ser o mais atraente indicativo de qualidade.

Marí foi revelado na base do Mallorca, de onde saiu em 2013, aos 20 anos, sem nunca ter jogado na equipe principal. Livre, foi jogar no Gimanàstic, onde ficou por duas temporadas.

Até entrar no radar do CFG, que comprou seus direitos econômicos por 200 mil euros, emprestando os federativos ao Girona, que tem como um dos donos Pere Guardiola, irmão do técnico do clube inglês. Mas foi só por um ano. Na temporada seguinte, Marí foi levado para o NAC Breda, da Holanda, onde jogou por mais uma temporada.

Ainda sem despertar o interesse dos grandes da Europa, foi então emprestado ao La Coruña, onde atuou de titular em 36 dos 38 jogos na Série B da Liga. O time acabou no sexto lugar, teve a terceira defesa menos vazada, mas nem por isso Marí foi visto como destaque. Tentava uma transferência para o Villareal quando surgiu a oportunidade de vir para o Flamengo.

“Um jogador normalíssimo, que teve um ano regular. Tudo muito estranho”, opinou o jornalista Juan Castro, do diário “Marca”, que há anos cobre a Seleção Brasileira.

Juan Yordi, repórter do mesmo jornal que cobre o clube de La Coruña, acha que pode ter sido indicação de Jorge Mendes, agente de Jorge Jesus, e acionista do City. Mas vê qualidades no zagueiro.

“Jogador com boa saída de bola, boa técnica, bom passe largo e muito bom no jogo aéreo. Um zagueiro lento, mas que se encaixa perfeitamente como um líbero numa linha de três zagueiros”.

Vejamos...

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora

últimas dessa coluna


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Mais uma de Jorge Jesus

O técnico Jorge Jesus recomendou ao Flamengo a contratação de outro espanhol: o atacante Carlos Fernández, de 23 anos e 1,85m de altura, com direitos econômicos presos ao Sevilla, mas que foi …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões: o mau uso do árbitro de vídeo

Na medida em que a tabela da Série A do Brasileiro ganha um contorno mais expressivo, o mau uso do árbitro de vídeo começa a chamar atenção. Era sabido que haveria equívocos e injustiça nessa fase de …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

É treta...

A ausência de Romário foi a mais sentida na confraternização promovida pela CBF na Granja Comary, em Teresópolis, em comemoração dos 25 anos da conquista do tetra mundial. O evento reuniu ex-jogadore…


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Jesus na Arena

Jorge Jesus estreia nesta quarta-feira (10) no comando técnico do Flamengo e, tão difícil quanto esse confronto com o Athletico/PR, na Arena da Baixada, pelas quartas de final da Copa do Brasil, …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões: Copa América

A conquista da Copa América devolve um pouco da autoestima e tira um sobrepeso das costas do novo presidente da CBF, Rogério Caboclo. Mas a dúvida agora é saber se a Seleção seguirá nas mãos de Tite …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Um Peru da América

É impossível crer que a CBF já não tenha um plano estratégico alternativo para a disputa da Copa América de 2020, a quarta nos últimos cinco anos. Mas, se não tiver, deixo desde já um conselho para …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

A Copa Europa

A qualidade dos jogos da Copa América reforça a tese que venho defendendo por aqui a respeito do aproveitamento nas seleções sul-americanas dos jogadores que cumprem o calendário europeu. …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Fla oferece R$ 44 milhões a Pedro

A diretoria do Flamengo repete com o centroavante Pedro, de 22 anos, autor de 19 gols em 40 jogos do Fluminense em 2018, a estratégia adotada para contratar o uruguaio De Arrascaeta e o atacante …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

A falta do protagonista

Repetirei aqui o que escrevi logo após a classificação da Seleção Brasileira, na última quinta-feira (27), em Porto Alegre. O time teve 17 finalizações no segundo tempo, contra duas da seleção …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

A lamúria portenha

Sergio Levinsky é um jornalista argentino, sociólogo, com 10 Copas do Mundo no currículo a trabalho para a crônica do país e também para outros veículos da Europa. Figura divertidíssima, um poço de …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados