Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Novo Código da Fifa permite que árbitros terminem o jogo em caso de racismo

Esportes

Esportes

Novo Código da Fifa permite que árbitros terminem o jogo em caso de racismo


A Fifa anunciou nesta quinta-feira (11) o novo Código Disciplinar da entidade. A principal mudança envolve o combate ao racismo. Pelas novas normas, o árbitro poderá até encerrar uma partida e atribuir a derrota ao time responsável por incidentes racistas.

A medida, contudo, é vista como a última ação que um árbitro tomará diante de atos racistas. Antes disso, ele precisará solicitar um anúncio público pedindo que o comportamento pare e, caso não resolva, suspender a partida temporariamente até que os atos se encerrem. Se o problema continuar, a decisão de encerrar o jogo poderá ser posta em prática.

A Fifa salienta que a definição e o conteúdo da visão antirracista dela está "totalmente alinhada com os mais altos padrões internacionais, incluindo o julgamento de qualquer discriminação por motivo de raça, cor da pele, origem étnica, nacional ou social, gênero, deficiência, orientação sexual, religião, opinião política ou qualquer outra condição ou outra razão".

O novo Código Disciplinar da Fifa entrará em vigor a partir de segunda-feira (15).


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados