Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Novo cabelo da Xuxa é opção para quem prioriza a praticidade no dia a dia
AT em Família

Novo cabelo da Xuxa é opção para quem prioriza a praticidade no dia a dia

Por Luciana Pimentel

A apresentadora Xuxa Meneghel vem cortando o cabelo bem curtinho ao longo dos últimos anos. No fim de fevereiro, radicalizou: raspou os fios e entrou para o hall de famosas descoladas como Kate Hudson, Millie Bobby Brown, Kristen Stewart e Cara Delevigne, que já desfilavam no tapete vermelho com a praticidade dos hipercurtos.

A radicalização nos cabelos atuais é a prova de que o corte não se restringe aos guetos da moda ou às cabeças masculinas.

Hairstylist, Richard Pires explicou que as mulheres aderem ao cabelo curto cada vez mais porque ele demonstra imponência, presença e independência.

“Como elas lutam por isso cada dia mais, encontraram o empoderamento através do curto, que mostra estilo por si só”, acredita o especialista.

Richard lembrou que as mulheres que raspam os cabelos se sentem mais livres e poderosas. “Estudamos isso no visagismo: curtos muito modernos são para personalidades fortes”, avaliou.

Para o especialista, o fato de vivermos em um país tropical e quente como o Brasil influencia a escolha dos cortes raspados ou bem baixinhos. “A maior vantagem é a praticidade, pois a mulher dorme e acorda e o cabelo está sempre lindo, é só passar a mão e ela está pronta”, afirmou.

O corte mais baixo, conhecido popularmente como “joãozinho”, é democrático e uma das principais vantagens é que combina com todos os tipos de cabelo, do liso ao afro, e também fica ótimo em todos os tipos de rosto – do quadrado ao redondo.

A hair stylist Natalia Rocha também ressaltou que a escolha por um cabelo longo ou curto depende do estilo e da praticidade desejada. E acrescentou que muitas mulheres que cultivavam uma vasta cabeleira estão aderindo ao estiloso curtinho sem medo de ser feliz.

“É uma grande economia em produtos de nutrição e até mesmo em processos químicos. Fora que nesse calorão brasileiro, é a melhor opção”, lembrou.

Na opinião de Natalia, quem gosta de cabelos bem curtos são mulheres de personalidade forte e destacou que eles ficam mais bonitos com o uso de pomadas modeladoras e sprays fixadores. “Se souber carregar um curtinho ou raspado, vai em frente. Fica lindo”, acrescentou.

Por ser curtinho, a manutenção desse tipo de corte é de 30, no máximo, 60 dias, pois o formato se perde rápido. Tesoura nele!


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados