search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

No Planalto, Ramos pode conter turma do “mito”
Coluna do Estadão

Andreza Matais e Marcelo de Moraes


No Planalto, Ramos pode conter turma do “mito”

Quem conhece bem a relação do general Luiz Eduardo Ramos Baptista Pereira com Jair Bolsonaro acha que a chegada dele ao Planalto ajudará a conter os arroubos messiânicos do Presidente e servirá como contraponto à turma que alimenta a lenda do “mito”.

Amigo (no sentido analógico e ortodoxo) do Presidente desde as vacas magras, Ramos está longe de ser um bajulador e não deverá se omitir perante eventuais erros de Bolsonaro. O novo ministro da Secretaria de Governo está acostumado a lidar com o Bolsonaro de carne, sangue e ossos.

Lado bom... Até hoje as críticas e observações do general Ramos sobre o Presidente e o governo quase sempre foram feitas em privado e interpretadas como desprovidas de inveja ou detração, ou seja, leais.

...lado ruim. O ex-presidente Fernando Henrique nomeou como ministros vários amigos. Um deles, Clóvis Carvalho deixou de forma traumática, em 1999, o governo. “Conversa muito triste para mim”, lamentou FHC em um volume de seus Diários da Presidência.

Juntos e shallow now. Ramos conheceu Paulo Guedes, a partir de agora seu colega de Esplanada, durante jantar em São Paulo nesta semana. Disse ter se impressionado com o apreço do ministro da Economia pelos militares.

Derrapando. Até entre militares de alta patente havia a avaliação de que o general Santos Cruz tinha dificuldade para desempenhar a função de articulador político do governo.

Nem vem. Para não dar brecha para os partidos políticos tentarem emplacar o novo ministro, a demissão de Santos Cruz só foi anunciada quando Jair Bolsonaro já havia escolhido o nome do substituto.

Ajuda... O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), mandou instalar a Comissão Especial para analisar o Plano Mansueto. O nome que circula para relatar a proposta é Eduardo Bismarck (PDT-CE).

...aos Estados. O novato também será relator na comissão da PEC que tira o papel intermediário da Caixa Econômica nos repasses de emendas da União para estados e municípios.

Quebrando... Com a retirada dos estados do relatório da Previdência, a cúpula da Comissão Especial da reforma espera conquistar mais 10 ou 15 votos da oposição. Hoje, entre 15 e 20 integrantes desse bloco já se dizem favoráveis, como Tábata Amaral (PDT-SP) e Felipe Rigoni (PSB-ES).

...barreiras. Em um cenário pra lá de otimista, a turma pró-reforma espera conseguir cerca de 30 entre os 150 votos da oposição no plenário. O governo já havia aberto mão desse apoio. Planejava conseguir o máximo entre os 363 restantes.

Hábito. Sérgio Moro não adotou o TCS, telefone criptografado criado pela Abin. Mas, adotou a dupla verificação nos aplicativos de troca de mensagem.

Meu... O ex-ministro general Luna e Silva emplacou mais uma indicação em Itaipu Binacional. Conseguiu o aval da Eletrobras para nomear o engenheiro Celso Torino, militar e funcionário de carreira.

...time. Vai substituir Mauro Coberlini, indicação do deputado Ricardo Barros (PP-PR), no cargo de diretor técnico-executivo.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Coluna do Estadão

Ibope baixa bola na campanha dos tucanos

A pesquisa Ibope divulgada pelo Estadão ajudou as campanhas a montarem seus mapas da guerra neste início de disputa na capital paulista. No PSDB, a análise do copo “meio cheio” é de que o resultado …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Guedes vira antítese de Moro e de Mandetta

Militares do governo auxiliares diretos de Jair Bolsonaro se dizem bem impressionados com Paulo Guedes. Acham que o comportamento do ministro, mesmo com o cheiro do óleo quente cada vez mais …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Sinal amarelo nas eleições municipais

Analistas políticos, dirigentes partidários, autoridades da Justiça e candidatos começaram a ficar preocupados com a campanha eleitoral deste ano no País. Os três principais fatores: a pressão …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Parecer indica brecha para eleição das Casas

Até adversários de Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre viram na manifestação da AGU sobre a ação questionando a reeleição para o comando da Câmara e do Senado um atalho para a dupla do DEM se manter no …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Setor de eventos ainda esquecido por governos

Apesar de representar 5% do PIB nacional e empregar mais de 12 milhões de profissionais diretos e indiretos, o mercado de eventos está abandonado pelo poder público. Paralisado desde março e sem …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Renovação ainda em alta, indica pesquisa

A dois meses do primeiro turno das eleições, partidos tentam se balizar em um cenário de incertezas. Pesquisa realizada pelo Instituto Locomotiva, em parceria com a escola de formação do …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Celso Russomanno e a agenda de Bolsonaro

Jair Bolsonaro apresentou uma agenda básica a Celso Russomanno para a eleição na capital paulista. O presidente gostaria de ver o deputado do Republicanos, se ele mantiver a decisão da candidatura …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Pauta verde ainda fora das eleições municipais

No momento em que o debate ambiental e sustentável cresce no mundo e pressiona o Brasil, a pauta verde, por enquanto e infelizmente, está fora das prioridades da maior parte dos candidatos nas …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Fux mantém controle sob juiz das garantias

Antes de tomar posse na presidência do Supremo, Luiz Fux determinou a inclusão em pauta das ações diretas de inconstitucionalidade (Adins) referentes ao juiz das garantias, bandeira da advocacia, …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Os alicerces para a candidatura de Doria

A escolha do vereador emedebista Ricardo Nunes para ser o vice de Bruno Covas na eleição deste ano em São Paulo finca alicerces para a construção da aliança entre PSDB, MDB e DEM em torno da …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados