Entretenimento

Televisão

No ar aos 87 anos, Palmirinha diz que não há idade para parar de trabalhar


Vovó Palmirinha conquistou o público nas redes sociais com seu carisma (Foto: Divulgação / Facebook Oficial)
Vovó Palmirinha conquistou o público nas redes sociais com seu carisma (Foto: Divulgação / Facebook Oficial)
Eterna vovó Palmirinha, a cozinheira de 87 anos celebra novas conquistas: é consultora gastronômica de um programa do GNT e abriu em 2018, com o apoio da família, dois cafés na região da avenida Paulista, centro de São Paulo.

Aliás, filhas, genros, netos e bisnetos são a maior alegria da culinarista, que recebeu a reportagem, no apartamento onde mora, na Chácara Klabin, zona sul. Na conversa, recheada a bolo bem-casado (preparado por ela e delicioso), Palmirinha se emocionou ao falar de sua trajetória.

"Ter criado minhas filhas sozinha com o meu trabalho me orgulha muito", diz Palmirinha. E é para ficar mais próxima da família que ela acha difícil assumir um programa sozinha. Mas está feliz da vida com a oportunidade de participar do reality show Chef ao Pé do Ouvido, que vai ao ar às quintas, no GNT, com Thaynara OG.

Na atração, Palmirinha atua como conselheira e dá dicas aos participantes -cozinheiros sem prática que precisam fazer refeições elaboradas. "Gravei tudo em um dia só. Foi em um clima gostoso de brincadeira."

Para ela, sempre foi um desejo entrar na maior emissora do país -o GNT faz parte do Grupo Globo. "Eu achava que não tinha o perfil da Globo, porque sou humilde, não sei falar direito. Mas eu gosto de ser eu mesma e consegui ser."

Apesar de fazer parte da atração, Palmirinha tem contrato apenas para esta temporada. "Espero que eles gostem de mim e se tiver chance farei mais coisas."

Tudo o que a cozinheira conseguiu até hoje foi por pura força de vontade. Ela conta que aprendeu as receitas sozinha, sem faculdade nem aulas. Chegar ao patamar que atingiu e ainda ser lembrada para programas de TV, para ela, é uma felicidade. "Fui aprendendo com a vida. Fui banqueteira com orgulho. E agora ainda me vejo no ar."

Cozinheira atualmente participa como consultora de um programa de culinária (Foto: Divulgação / Facebook Vovó Palmirinha)
Cozinheira atualmente participa como consultora de um programa de culinária (Foto: Divulgação / Facebook Vovó Palmirinha)

Não são só as "amiguinhas" mais experientes de Palmirinha que são fãs da culinarista. Muitas pessoas mais jovens gostam dela e do trabalho que ela faz, segundo conta a cozinheira. Ao longo dos anos, ela foi se tornando uma espécie de febre nas redes sociais e entre público de várias idades por conta de seu carisma e simpatia.

"Eu tenho muitos fãs jovens que largam tudo o que estão fazendo para vir falar comigo. Se estão comendo e me olham, limpam a boca e vão me abraçar", comenta. "Lá no meu café também, quando falam meu nome entra todo mundo. Pode até acontecer de ter um tumulto, e só vou com segurança, pois gosto de atender a todos", diz Palmirinha, ao fazer referência a um de seus estabelecimentos comerciais.

A cozinheira tem uma gratidão enorme pelos fãs, já que foram "eles os responsáveis por tudo até hoje".

Não à toa, ao longo da trajetória, Palmirinha se especializou em dar dicas e conselhos a quem a segue, sobretudo aos idosos. Ela destaca que há sempre tempo para correr atrás dos sonhos, não importa a idade.

"Sempre digo para as senhorinhas irem em frente. Por mais que tenham idade, não há época de você trabalhar. Se você tem 60, 70 anos você pode fazer coisas na cozinha, e não precisa se entregar", aconselha.

E é isso que faz com que a cozinheira tenha saúde e consiga trabalhar até os dias de hoje. Afinal, a ocupação faz com que a memória fique aguçada e a cabeça sempre alerta. "Eu me sinto ótima e feliz da vida por ajudar as minhas amiguinhas a realizar os desejos delas."