Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Nem 8 e nem 80
Plenário
Fabiana Tostes

Fabiana Tostes


Nem 8 e nem 80

O governador Renato Casagrande volta hoje a Brasília para tratar – junto a outros governadores – de pautas federativas com os presidentes da Câmara e Senado, Rodrigo Maia e Davi Alcolumbre, e com o presidente Jair Bolsonaro.

Não está na pauta oficial, mas nada impede que os governadores, que estão sendo cobrados por suas bases, tratem também das medidas de corte de investimentos nas universidades e institutos federais anunciadas pelo Ministério da Educação.

Ontem, em agenda em São Mateus, Casagrande criticou a medida: “É muito ruim a decisão do governo federal de cortar os recursos, tinha que arranjar outro caminho. Isso tira a oportunidade das pessoas e desvaloriza a educação brasileira”.

Casagrande tem tomado um caminho oposto ao do governo federal, conforme já mostrou em outros episódios. O que não quer dizer, porém, que ele seguirá para o outro extremo, como parece estar caminhando seu partido, o PSB.

PSB contra a reforma

O presidente nacional do PSB, Carlos Siqueira, apresenta hoje a campanha “Essa reforma da Previdência, não!”. Foram produzidas cinco animações em computação gráfica que serão lançadas em redes sociais, aplicativos de mensagens e portais. O governador Casagrande, que é secretário-geral do PSB, é a favor da reforma, mas com ressalvas.

Max se explica...

O vereador Max da Mata, que desistiu de tentar a presidência do PSDB de Vitória com promessa de ir para a Executiva estadual, o que não ocorreu, disse que foi ele quem pediu para ficar de fora. “Foi por causa da Lei das Estatais, pois a atividade partidária foi criminalizada no País. Se assumo cargo no partido, não posso assumir uma série de funções e cargos por 3 anos”.

Marcelino rebate carta

Marcelino Fraga, que vai disputar contra Lelo Coimbra a presidência do MDB, contestou a carta de apoio apresentada pelo adversário, que contaria com a assinatura de 16 prefeitos.
“Dos cinco prefeitos com direito a voto, três estão na nossa chapa”, disse Marcelino, apresentando documentos de adesão de Ângelo Guarconi (Mimoso do Sul), Luciano Pingo (Ibatiba) e Edélio Guedes (Afonso Cláudio).

“Bolsonarômetro” em ação!

O senador Fabiano Contarato sugeriu, durante audiência pública com o ministro da Educação, Abraham Weintraud, que se criasse o “bolsonarômetro” para mensurar consequências negativas de anúncios do governo. “Seja na educação, no meio ambiente, ao violar liberdade de imprensa”.

Faltou? Tá fora! Atrasou? Perde o dia!

O vereador Vinícius Simões foi retirado da Comissão de Educação da Câmara de Vitória. Ele foi excluído pelo presidente da Câmara, Cléber Félix, após faltar quatro vezes às reuniões da comissão, sem justificar. “Eu que pedi o desligamento”, disse Vinícius. Ontem também entrou em vigor lei que desconta de metade a até um dia do salário do vereador que atrasar – em mais de 15 minutos e sem justificativa – nas sessões e comissões. Ontem, dois foram punidos.

Galeria

Arregaçando as mangas

A Mesa Diretora da Assembleia entrou com uma ação civil pública para impedir o corte de verba na Ufes.

Prazo maior

O deputado federal Josias Da Vitória apresentou projeto que amplia de dois para três anos a obrigatoriedade de cursos de reciclagem para profissionais da área de segurança.

Voz da metrópole

“Vamos chamar o líder da região metropolitana do Guandu, Dary Pagung”. Do deputado Marcelo Santos ao chamar o colega para discursar.

Ato falho ou denúncia?

A diretora de negócios da Apex, Letícia Catelani, foi demitida e saiu atirando. No Twitter, ela disse: “Combati incansavelmente a corrupção e fechei as torneiras que a alimentavam. Estou pagando o preço. Sofri pressão de dentro do governo pela manutenção de contratos espúrios, além de ameaças e difamações”.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados