Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Naiara Azevedo traz novo show ao Estado

Entretenimento

Diversão

Naiara Azevedo traz novo show ao Estado


Naiara: “Acredito que toda mulher já foi perseguida por uma rapariga digital” (Foto:  Marcel Bianchi/Divulgação)
Naiara: “Acredito que toda mulher já foi perseguida por uma rapariga digital” (Foto: Marcel Bianchi/Divulgação)

Foi nos primeiros raios da manhã, no topo do heliponto do Órion – Business & Health Complex, o segundo prédio mais alto do Brasil, que a sertaneja paranaense Naiara Azevedo, 29, gravou o novo projeto “Sunrise”.

Mas a trilha sonora de sucesso vai ganhar outro cenário no próximo sábado. A partir das 20h, a sertaneja faz show inédito na inauguração da Arena Number One, em Laranjeiras, Serra.

“Estou preparando um repertório para ninguém ficar parado! Vai ter canção do “Sunrise”, como 'Rapariga Digital' e 'Barriga de Cerveja'. Tem também hits dos meus outros projetos, além de muita música animada, modão e até funk”, adianta ela, que na sexta canta na festa de Nova Venécia.

Confira uma entrevista exclusiva com a cantora:Flávio Carvalho

AT2 - De onde surgiu a ideia de gravar no alto do segundo prédio mais alto do Brasil?
Naiara Azevedo - Tinha na minha cabeça que queria fazer um DVD diferente. Queria também gravar ao amanhecer, porque já tinha gravado no pôr do sol, em “Contraste”. Surgiu a oportunidade de gravar no heliponto, ao amanhecer, e não tive dúvidas de que o cenário seria incrível.

Emagreceu mais de 30 quilos. É um reflexo do preconceito que sofreu no início da carreira por estar “fora do padrão” ou sempre esteve de bem com seu corpo?
Sempre estive muito bem comigo. Emagreci por uma questão de saúde e a alimentação e o exercício físico se tornaram muito comuns na minha rotina.
Não faço por obrigação, faço porque gosto. Mas, se quiser comer algo, eu como.

Em “Rapariga Digital”, canta: “Quer conhecer uma pessoa, pega o celular dela”. Se tiver “rabo preso”, é ali que se descobre tudo?
Muitas pessoas cantam a música por onde passo, acredito que muita gente se identifique com ela também. Num relacionamento, eu não julgo nada, desde que seja feito com muito respeito.
Se o casal deixa mexer no celular um do outro, tudo bem. Se não deixa, tudo bem também. O que vale é o respeito e, acima de tudo, o amor, não é mesmo?

As “piriguetes de internet” são um perigo a ponto de até ganhar música ou elas nunca vão superar uma mulher real? Já foi assombrada por uma rapariga digital?
(Risos) Acredito que toda mulher já foi perseguida por uma rapariga digital. Existem todos os tipos de pessoas na internet, porque hoje é muito fácil você se esconder atrás de perfil e rede social. E ninguém consegue superar uma mulher real, não é mesmo?


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados