Notícias

Política

Movimento político projeta "STF é uma vergonha" em prédio do Supremo


O Movimento Brasil Livre, ligado ao deputado eleito Kim Kataguiri (DEM), fez um protesto contra o Supremo Tribunal Federal, na noite desta quarta-feira (05). Membros do movimento político projetaram a frase "O STF é uma vergonha" na fachada do prédio do Supremo, em Brasília.

Ação do movimento foi em protesto ao ministro Ricardo Lewandowski, que mandou prender um cidadão em um vôo entre São Paulo e Brasília. O advogado detido dirigiu a palavra ao ministro, afirmando que o STF era uma vergonha e, em resposta, Lewandowski rebateu "Você quer ser preso?". Em seguida, chamou a Polícia Federal para prendê-lo.

"Em protesto a este autoritarismo do Lewandowski, o MBL foi projetar o sentimento de muitos brasileiros justamente na fachada do Supremo Tribunal Federal", escreveu o movimento em seu site.