search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Minhas impressões
Gilmar Ferreira
Gilmar Ferreira

Gilmar Ferreira


Minhas impressões

Que capítulo lindo o Flamengo adicionou à sua história, com a conquista de dois títulos em 24 horas. O bicampeão da Copa Libertadores foi oficialmente consagrado campeão brasileiro de 2019 com quatro rodadas de antecedência, igualando feitos do São Paulo de 2007 e do Cruzeiro de 2013 – também campeões na 34ª rodada na era dos pontos corridos.

Com treze pontos à frente da dupla Santos e Palmeiras, e doze em disputa, a graça dos rubro-negros agora estará em dourar a campanha que já é histórica.

O clube está a um ponto de assumir a maior pontuação do Brasileiro desde a adoção do atual formato, em 2006, superando os 81 do Corinthians de 2015 e, com apenas três derrotas, tem a chance de desbancar a marca do São Paulo de 2006 e do Palmeiras de 2018, que perderam apenas quatro jogos em 38.

O time de Jorge Jesus pode bater também a marca de 77 gols registrados pelo Cruzeiro em 2013 e, para finalizar, joga para coroar Gabriel Barbosa como o maior artilheiro da nova era – o goleador da Libertadores tem 22 gols marcados, a um dos recordes de Jonas (Grêmio) em 2010 e Borges (Santos) em 2011.

O rubro-negro que esperou 38 anos para comemorar o bi da Libertadores e aquele que jamais havia presenciado esse feito, se igualam numa única alegria: o de ver o clube assumir a supremacia do País e do continente num mesmo final de semana – feito que, registre-se, é inédito no futebol brasileiro.

E, para quem acha que já é muito, é bom se preparar. Flamengo pode terminar 2019 com pompa de bicampeão do mundo!

Flamengo 2 x 1 River Plate

O time teve dificuldades para se impor. Marcelo Gallardo pôs os meias De La Cruz e Palacios para marcar a saída de bola dos rubro-negros e o volante Enzo Perez se desdobrava no bloqueio a Arrascaeta e Éverton Ribeiro.

Borré pôs o River Plate em vantagem, mas a entrega do Flamengo cansou os argentinos. Gallardo se viu obrigado a mexer no time, não foi feliz e nos minutos finais o trio Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabriel virou o jogo.

Botafogo 1 x 0 Corinthians
Time alvinegro foi heroico e superou limitações com entrega incomum. O gol de Diego Souza deu um mínimo de tranquilidade na partida e na luta contra o rebaixamento.

Mas, os seis pontos conquistados nos dois últimos jogos em casa são, em grande parte, méritos principalmente da torcida que ensina a diretoria do clube que não basta ter estádio: é preciso saber enchê-lo.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões

O Atlético/MG de Sampaoli e o Atlético/GO de Vagner Mancini fizeram o melhor jogo desta 10ª rodada do Brasileirão, em Goiânia. Um 4 a 3 franco, bem disputado e otimamente arbitrado pela paranaense …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

A luta por Domènec...

A entrevista do vice de futebol Marcos Braz, ontem, em Guayaquil, ratificou a informação publicada neste espaço: a cúpula rubro-negra entende que o ano atípico exige cautela na avaliação do trabalho …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Lá vem o Tite

A convocação da Seleção Brasileira para os dois primeiros jogos das eliminatórias da Copa do Mundo do Catar, nos dias 9 e 13 de outubro, contra Bolívia e Peru, trará um novo desconforto para Domènec …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Crédito até outubro

A eliminação do Benfica de Jorge Jesus com a derrota para o PAOK da Grécia na fase classificatória a fase de grupos da Champions League acendeu em alguns rubro-negros a chama da esperança do retorno …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões...

Com menos de um terço de disputa das rodadas do Brasileirão é nítida a preocupação com o desgaste dos jogadores. Poupar este ou aquele já não é ideia de um ou outro técnico — é o que eu prefiro, por …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Patrimônio afetivo...

Em tempos de pandemia, com a depressão invadindo as residências do mundo inteiro, em especial as de um Brasil desesperançado, a memória afetiva tem sido importante aliada na manutenção do pensamento …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

A marcha lenta...

Das cinco partidas sem vitória no Brasileirão, em três o Botafogo esteve perto dos três pontos. No empate em 1 a 1 com o Flamengo, dois deles escaparam por segundos. No 2 a 2 com o Corinthians, mais …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

A má escolha...

Tenho curiosidade em saber os valores do empréstimo dos direitos federativos de Piris da Motta, de 24 anos, do Flamengo para o Gençlerbirligi, da Turquia. Porque o paraguaio contratado em julho de …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

A longevidade de Nenê

Nenê volta ao Morumbi hoje à tarde para enfrentar o São Paulo de onde saiu no ano passado, já aos 38 anos, como se fosse o estorvo que travava o time. Chegou ao Fluminense em junho sob a desconfiança …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

O exorcista

Dentre as virtudes que o Vasco tem demonstrado me chama atenção o fato de o time não se omitir em jogos fora do Rio de Janeiro. Pelo contrário, até: talvez tenha feito contra Ceará (3 a 0), Goiás (2 …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados