search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Minhas impressões
Gilmar Ferreira
Gilmar Ferreira

Gilmar Ferreira


Minhas impressões

Que capítulo lindo o Flamengo adicionou à sua história, com a conquista de dois títulos em 24 horas. O bicampeão da Copa Libertadores foi oficialmente consagrado campeão brasileiro de 2019 com quatro rodadas de antecedência, igualando feitos do São Paulo de 2007 e do Cruzeiro de 2013 – também campeões na 34ª rodada na era dos pontos corridos.

Com treze pontos à frente da dupla Santos e Palmeiras, e doze em disputa, a graça dos rubro-negros agora estará em dourar a campanha que já é histórica.

O clube está a um ponto de assumir a maior pontuação do Brasileiro desde a adoção do atual formato, em 2006, superando os 81 do Corinthians de 2015 e, com apenas três derrotas, tem a chance de desbancar a marca do São Paulo de 2006 e do Palmeiras de 2018, que perderam apenas quatro jogos em 38.

O time de Jorge Jesus pode bater também a marca de 77 gols registrados pelo Cruzeiro em 2013 e, para finalizar, joga para coroar Gabriel Barbosa como o maior artilheiro da nova era – o goleador da Libertadores tem 22 gols marcados, a um dos recordes de Jonas (Grêmio) em 2010 e Borges (Santos) em 2011.

O rubro-negro que esperou 38 anos para comemorar o bi da Libertadores e aquele que jamais havia presenciado esse feito, se igualam numa única alegria: o de ver o clube assumir a supremacia do País e do continente num mesmo final de semana – feito que, registre-se, é inédito no futebol brasileiro.

E, para quem acha que já é muito, é bom se preparar. Flamengo pode terminar 2019 com pompa de bicampeão do mundo!

Flamengo 2 x 1 River Plate

O time teve dificuldades para se impor. Marcelo Gallardo pôs os meias De La Cruz e Palacios para marcar a saída de bola dos rubro-negros e o volante Enzo Perez se desdobrava no bloqueio a Arrascaeta e Éverton Ribeiro.

Borré pôs o River Plate em vantagem, mas a entrega do Flamengo cansou os argentinos. Gallardo se viu obrigado a mexer no time, não foi feliz e nos minutos finais o trio Arrascaeta, Bruno Henrique e Gabriel virou o jogo.

Botafogo 1 x 0 Corinthians
Time alvinegro foi heroico e superou limitações com entrega incomum. O gol de Diego Souza deu um mínimo de tranquilidade na partida e na luta contra o rebaixamento.

Mas, os seis pontos conquistados nos dois últimos jogos em casa são, em grande parte, méritos principalmente da torcida que ensina a diretoria do clube que não basta ter estádio: é preciso saber enchê-lo.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões

Como espetáculo, ficou claro que o confronto entre os dois campeões nacionais de 2019 teria de ter sido jogado no mesmo ano. Porque embora seja uma bela alternativa para a abertura da temporada …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Pedra no sapato

O Flamengo disputa na manhã de hoje, contra o Athletico, em Brasília, o primeiro dos três troféus que tem para erguer nas próximas duas semanas — a saber: a Taça Guanabara, no sábado, e a Recopa …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Paixão e orgulho

Dois jogos num só, no Fla-Flu da semifinal da Taça Guanabara na noite chuvosa da quarta-feira, no Maracanã. O Flamengo venceu o primeiro tempo por 2 a 0, com gols em oito minutos, e um repertório de …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Em busca de outro patamar

Quase 40 dias após o início da temporada de 2020 no futebol brasileiro, apenas um treinador comandou o time mais vezes do que Odair Hellmann — Guto Ferreira já fez oito jogos à frente do Sport, por …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões

Nenhum dos quatro primeiros clássicos do Estadual do Rio serviu para aferir o quanto os times estão prontos para serem cobrados pela qualidade do futebol que produzem. Mas, cá pra nós: alguém …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

O vírus da paixão

O futebol é apaixonante e, justamente por cegar seus adoradores, exige esforço para que se entenda a lógica construída pelos resultados e se aceite as verdades impostas pela massa. Como o caso …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões

É triste ver a mediocridade do futebol praticado pelos clubes cariocas — excetuando-se o Flamengo que, até aqui, tentou ao menos exibir ideias de jogo coletivo mais bem trabalhadas. Tudo bem que …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Símbolo da nova era

Impossível desassociar a compra dos direitos econômicos de Gabriel Barbosa à chegada de Romário ao mesmo Flamengo, em 1995. Primeiro pelo fato de o acordo ter sido fechado na noite do dia 27 de …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

O futebol em um domingo triste

O desaparecimento de um ídolo do esporte como Kobe Bryant, estrela da NBA, em tragédia fartamente noticiada na mídia mundial, deu um tom amargo à rodada do futebol no final de semana. Ainda mais em …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Invictus

Jorge Jesus e João de Deus, por certo, estão satisfeitos com a atuação dos “miúdos” rubro-negros no 1 a 0 sobre o Vasco dessa quarta-feira. Os dois estavam no Maracanã e viram de perto que o Flamengo …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados