search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Minhas impressões
Gilmar Ferreira
Gilmar Ferreira

Gilmar Ferreira


Minhas impressões

O número de pontos que faz do Flamengo a bonita máquina de quebrar recordes no Brasileiro traz de volta a discussão sobre a atual fórmula de disputa criada pela CBF em 2003 — polêmica, por ora, adormecida.

Nas últimas quatro edições, cinco clubes se revezaram nas três primeiras colocações: Palmeiras (quatro vezes), Flamengo (três), Santos (três), Corinthians (um) e Inter (um). Os gaúchos, terceiros em 2018, me parecem o ponto fora da curva.

Mas, os demais parecem se escorar no poder financeiro. Hora de se rediscutir mais a fundo.

Flamengo 3 x 1 Bahia
O virtual campeão antecipado, tem sido submetido aos mais diversos testes de qualidade.

Passando em todos eles, com louvor. Na partida de ontem, foi posta à prova a capacidade de reação do time em 45 minutos: isso, sem Rafinha e Arrascaeta, dois dos principais titulares; sem Jorge Jesus a instruí-lo à beira do campo e diante do oponente cuja melhor característica é o jogo em contra-ataques.

E o resultado foi o que já se sabe. A disputa pelo título acabou. Tudo agora é mera formalidade.

CSA 0 x 3 Vasco
Bastou que Vanderlei voltasse o time à sua origem, com Richard, Raul e Marcos Júnior a proteger o sistema defensivo, e sem Fellipe Bastos e Guarín a andar pelo setor, para o Vasco obter sua vitória mais expressiva no Brasileiro — clube não vencia um jogo da Série A por diferença de três gols desde os 4 a 1 sobre o América/MG, em maio de 2018.

Não fez bela partida (37% de posse e sete finalizações), mas competiu e mostrou porque, mesmo sem jogar bem, se livrou de mais uma queda. Já dá para projetar 2020.

Internacional 2 x 1 Fluminense
Não tem perfil de time rebaixado esse Fluminense que encarou o Internacional sem medo de ter a bola. Coletivamente, acho até que o time carioca fez uma boa partida, buscando o controle, mesmo jogando sem o mando.

O time se desconcentrou após falha do goleiro Muriel no lance que originou o primeiro gol, e levou dois em dez minutos. Mas, foi quase sempre uma equipe consciente, com mais posse de bola (56,5% a 43,5%) e buscando o gol sem afobação.

Botafogo x Avaí
A derrota do Botafogo para o Flamengo não apenas colocou o time no Z-4. Ela trouxe novos problemas para Alberto Valentim escalar o time justo num jogo em que o Botafogo precisará de equilíbrio e força mental para superar as próprias limitações. Vejamos.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Quanto vale a imparcialidade?

E a grande discussão da final da Taça Rio não foi a passividade do Flamengo de Jorge Jesus diante da forte marcação do Fluminense de Odair Hellmann. Tampouco falou-se sobre os maus tratos da …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Ai, Jesus...

Curioso que o noticiário da final da Taça Rio esteja mais voltado para a polêmica do direito de transmissão do que para o confronto que Fluminense e Flamengo farão na noite de hoje, no Maracanã. …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões

As atuações do Flamengo em 2020, antes mesmo da paralisação do futebol para o combate à Covid-19, já nos davam mostras de que o futebol praticado pelo time do português Jorge Jesus não era o mesmo …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

O novo normal

Depois da euforia, a depressão. O maciço engajamento na luta pelo direito de transmissão dos jogos do time no Carioca, deu a torcida do Flamengo a impressão de que a vida no reino encantado da …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Cristal partido...

O triste imbróglio envolvendo as transmissões dos jogos do Campeonato Carioca chamuscou um pouco mais a imagem da Federação de Futebol do Rio (Ferj) presidida por Rubens Lopes. Porque, a rigor, a …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Copa Rubão

Há poucos dias optei por deixar os exercícios no deserto do playground do edifício em que vivo, a um quilômetro do Maracanã, para arriscar uma caminhada mais forte ao redor do estádio. Foram três, em …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões

O Rio registrou mais mortes pela Covid-19 no domingo, chegando à marca de 9.819 óbitos (6.393 só na capital!), com 111.298 casos notificados no Estado. Mas a bola rolou assim mesmo para os outros …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Bravo, Autuori!

Pensei em selecionar alguns trechos da entrevista que o companheiro Thales Machado fez com o técnico Paulo Autuori para ilustrar esta coluna que escrevo em homenagem ao técnico do Botafogo. Mas foi …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

A mística do Fla-Flu...

Tenho lá minhas dúvidas sobre o nível de preparação dos times de Botafogo e Fluminense para competir com excelência depois de cerca de 100 dias de afastamento do campo e bola. Mais ainda fazendo …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Fora da pauta...

A medida liminar concedida ontem pelo Superior Tribunal de Justiça Desportiva (STJD) desfaz o imbróglio entre clubes e federação e destrava, temporariamente, a disputa da Taça Rio - segundo turno do …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados