search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Mineradoras canadenses souberam de extinção de reserva na Amazônia 5 meses antes do anúncio oficial

Notícias

Notícias

Mineradoras canadenses souberam de extinção de reserva na Amazônia 5 meses antes do anúncio oficial


Investidores e empresas de mineração do Canadá sabiam, desde março deste ano, que a Reserva Nacional do Cobre e Associados (Renca) na Amazônia seria extinta.

O decreto que determina a extinção, no entanto, foi publicado no na última quinta-feira (24). A decisão recebeu críticas de celebridades, como Gisele Bündchen.

Há cinco meses do anúncio oficial, o ministro de Minas e Energia, Fernando Coelho Filho, anunciou a empresários canadenses que a área de preservação amazônica seria extinta, e que sua exploração seria leiloada entre empresas privadas.

O fim da Renca foi apresentado pelo governo Temer durante um evento em Toronto, junto a um pacote de medidas de reformulação do setor mineral brasileiro.

O Canadá é um importante explorador de recursos minerais no Brasil. Hoje, aproximadamente 30 empresas do país já exploram minérios em território brasileiro, especialmente o ouro.

Reportagem: Carlos Mobutto/AT


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados