search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Maracanã terá o nível mais alto de segurança para semifinal da Libertadores

Esportes

Esportes

Maracanã terá o nível mais alto de segurança para semifinal da Libertadores


Estádio Maracanã (Foto: Divulgação)
Estádio Maracanã (Foto: Divulgação)

A semifinal da Taça Libertadores da América entre Flamengo e Grêmio será disputada nesta quarta-feira (23) no estádio do Maracanã sob um esquema excepcional de segurança, acertado entre órgãos públicos, os clubes e a Federação de Futebol do Estado do Rio de Janeiro.

O jogo será às 21h30 e foi considerado "bandeira vermelha", o nível mais elevado de risco na escala elaborada para orientar os preparativos para partidas no estádio.

O protocolo de segurança foi iniciado no jogo Flamengo x Palmeiras, no dia 1º de setembro, e inclui as bandeiras verde, amarela, laranja e vermelha, indo do menor para o maior grau de risco. A partida de estreia do sistema também recebeu bandeira vermelha na classificação de risco, e a de hoje é a segunda a atingir o grau máximo na escala.

A semifinal desta quarta-feira decidirá qual dos dois times brasileiros vai disputar a final da competição continental contra o River Plate, no dia 23 de novembro, em Santiago do Chile. No primeiro jogo, em Porto Alegre, Flamengo e Grêmio empataram em 1x1.

O Batalhão Especializado de Policiamento em Estádios da Polícia Militar (Bepe/Pmerj) atuará hoje com 800 policiais nas partes interna e externa do estádio e na escolta das delegações e da arbitragem, segundo a PM.

A corporação vai destacar ainda efetivos do 6º BPM (Tijuca), do Regimento de Polícia Montada (RPMont) e do Batalhão de Ações com Cães (BAC) para o patrulhamento no entorno do estádio e nas vias de acesso. O Grupamento de Polícia Ferroviária (GPFer) reforçará a segurança nas estações de trens, metrô e barcas.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados