Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Mais do que três pontos
Papo do Dias
Flávio Dias

Flávio Dias


Mais do que três pontos

Maxi López fez o gol da vitória do Vasco (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)
Maxi López fez o gol da vitória do Vasco (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)
A primeira vitória do Vasco como visitante saiu! Depois de 15 tentativas, com sete empates e oito derrotas, o time bateu o Fluminense por 1 a 0 no clássico da 32ª rodada, no Maracanã. Tudo bem, vamos combinar que não foi exatamente "fora de casa". Mas o mandante do jogo era o Flu. Então, o que vale é comemorar!

O jogo valeu bem mais do que os três pontos na tabela. Caso empatasse ou perdesse, o Vasco corria o risco de terminar a rodada dentro da zona de rebaixamento, faltando apenas mais sete jogos para sair dela. E, sinceramente, duvido que conseguiria sair, pois o peso e a pressão em cima de um time grande são enormes quando ele chega na reta final do Brasileirão brigando para não cair.

O Vasco jogou bem contra o Inter e empatou. Jogou mal contra o Flu e venceu. A sequência final ainda é dura: Grêmio (fora de casa), Atlético/PR (em casa), Corinthians (fora), São Paulo (casa), Palmeiras (casa) e Ceará (fora). Mas chegar aos 38 pontos na abertura da rodada é um alívio e tanto, que joga a pressão agora para os outros times ameaçados de cair. Por exemplo, o Botafogo, que tem os mesmos 35 pontos que o Vasco tinha até a vitória sobre o Flu e precisa vencer o Corinthians para não correr o risco de entrar no Z-4 ao final da rodada.

Enfim, valeu a freguesia. Nos últimos 11 clássicos entre Vasco e Flu pelo Brasileirão, o time cruz-maltino venceu oito, empatou um e perdeu apenas dois! "É o destino", como provoca a torcida.

***

Maxi, o salvador!

O gol da vitória foi marcado por Maxi López, de pênalti. Também de pênalti, ele marcou o gol do empate em 1 a 1 com o Inter na rodada anterior. São sete gols pelo Vasco.

O argentino "comprou" a ideia de ser o salvador vascaíno e tem feito isso muito bem. Se o time confirmar a permanência na Série A ao final do Brasileirão, a torcida já sabe a quem agradecer!

***

Gangorra

Marcelo Oliveira no banco de um Flu que não empolga (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
Marcelo Oliveira no banco de um Flu que não empolga (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)
O Fluminense não empolga. E, por isso, não leva torcida ao estádio num clássico logo após uma classificação importante na Copa Sul-Americana. O time do Marcelo Oliveira não consegue emplacar uma sequência de vitórias, perde pontos e jogos por erros bobos e, assim, vai deixando de se livrar de vez da ameaça de rebaixamento.

O risco ainda é pequeno, mas já vai aumentar ao final da 32ª rodada por conta da segunda derrota seguida. A sequência final não é das piores. Mas é bom garantir logo mais seis pontos para não passar aperto no fim do ano...


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados