Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Mais de 40 advogados pedem nomeação de juiz para atuar em Pancas

Notícias

Política

Mais de 40 advogados pedem nomeação de juiz para atuar em Pancas


Protesto contou com a presença do presidente da OAB-ES, José Carlos Rizk Filho, do presidente da 1ª Subseção de Colatina, Cristiano Rossi Cassaro, entre outros juristas (Foto: Divulgação)
Protesto contou com a presença do presidente da OAB-ES, José Carlos Rizk Filho, do presidente da 1ª Subseção de Colatina, Cristiano Rossi Cassaro, entre outros juristas (Foto: Divulgação)

Cerca de 40 advogados se manifestaram no centro de Pancas, nesta quinta-feira (11), pedindo a nomeação de um juiz para atuar na 1ª Vara Cível da cidade, que há quatro anos está sem um magistrado.

O protesto contou com a presença do presidente da Ordem dos Advogados do Brasil - Seccional Espírito Santo (OAB-ES), José Carlos Rizk Filho, do presidente da 1ª Subseção de Colatina, Cristiano Rossi Cassaro, entre outros juristas. O ato começou em frente à Igreja Católica da cidade e terminou no Fórum de Pancas.

“Precisamos resolver de uma vez por todas a agilidade das decisões da Primeira Vara. São mais de 1.500 processos parados, por falta de sentença. A sociedade está desamparada”, disse o advogado Cícero Grobério, um dos organizadores do ato.

Em nota, o Tribunal de Justiça do Estado (TJ-ES) reconhece a ausência de magistrados em 39 varas – incluindo Pancas –, mas informa que o juiz Adelino Augusto Pinheiro Pires é o responsável pelas duas varas de Pancas.
O TJ-ES disse ainda que "quando há impedimento dele em algum processo, quem atua é o juiz João Carlos Lopes Monteiro Lobato Fraga".
O órgão informou ainda que a designação de um mesmo magistrado para duas varas é o procedimento que está sendo adotado para os cargos vagos.
Questionado, o TJ-ES não informou quando será feito um novo concurso ou se está previsto algum mutirão na cidade.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados