search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Maia faz gesto à turma rejeitada pelo Planalto
Coluna do Estadão

Andreza Matais e Marcelo de Moraes


Maia faz gesto à turma rejeitada pelo Planalto

O gesto de Rodrigo Maia (DEM-RJ) ao conduzir a aprovação do Fundo Eleitoral na Câmara foi, sobretudo, direcionado aos presidentes dos partidos políticos, turma tratada com desdém pelo Planalto.

Daqui pra frente, porém, o presidente da Casa não moverá palha. Jair Bolsonaro que se vire para manobrar: espremido entre sua base eleitoral, contrária à integralidade do projeto de reforma partidária, e os dirigentes e parlamentares dessas siglas, terá de decidir se veta ou não o pacote eleitoral de bondades. Uma única certeza: desgaste à vista.

Girando em falso. Um amigo de Maia acha que as campanhas dos bolsonaristas contra o presidente da Câmara nas redes sociais são completamente estéreis: não pressionam o deputado e só ampliam a rejeição a ele em grupos que o rejeitam desde sempre.

Mundo real. Por que Maia não sente a pressão dos bolsonaristas na internet? Esse interlocutor explica: quem viveu por dentro a crise das duas denúncias contra o então presidente Michel Temer não vai sucumbir sob ataques de hashtags e de haters.

Preço... No cálculo do presidente da Câmara também estão contabilizadas as críticas de alguns deputados ao fundo, não que as aprove e, menos, as incentive.

...a pagar. Sabe, porém, da força que os dirigentes partidários têm sobre suas bancadas, vide, por exemplo, o caso dos “rebeldes” suspensos pelo PDT.

Pais... Citado por Bolsonaro na mais recente provocação que o presidente lançou em direção a João Doria (PSDB-SP), o programa federal de incentivos Renovabio foi criado no governo Michel Temer (MDB).

... da criança. Melhor ainda para Doria: um dos pais do programa, o ex-ministro e ex-deputado Alexandre Baldy (PP) está hoje no secretariado paulista. “A Toyota do Brasil investirá R$ 1 bilhão em sua planta de Sorocaba (SP), graças ao (...) Renovabio”, disse Bolsonaro no Twitter.

Vai. Doria autorizou Alexandre Frota a conversar com insatisfeitos do PSL. Já o cortejo a Júnior Bozzela será feito pelo próprio governador esta semana.

De olho. Militares no Planalto andam incomodados com a dificuldade de Célio Faria Júnior, chefe da Assessoria Especial da Presidência, em controlar a turma do “gabinete do ódio” (sob o guarda-chuva dele).

Sombra. Servidor civil da Marinha, Célio faz parte do seleto grupo que despacha no mesmo andar do gabinete de Bolsonaro e goza da sua confiança. Participa das agendas mais delicadas e, economista, aconselha de perto o Presidente.

Água... Quem o acompanha de quando ele era assessor parlamentar, período no qual conheceu Bolsonaro, diz que a insatisfação tem origem em uma disputa entre Marinha e Exército, em função da sua proximidade com o chefe.

CLICK. Célio Faria Junior: quem o defende, diz que ele é um pacificador. Mas, para seus críticos, ele deixa correr solta a turma do “gabinete do ódio”.

Já está... O cenário político no Mato Grosso já começa a se movimentar diante de uma provável cassação da senadora Juíza Selma (PSL-MT) no TSE.

...precificado. Um dos nomes que circula para disputar eleição suplementar é do deputado Nelson Barbudo (PSL), o mais votado do Estado. Outro é de Blairo Maggi, mas ele nega.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Coluna do Estadão

Covas amplia espaço nas redes sociais

O prefeito de São Paulo, Bruno Covas (PSDB), ampliou seu espaço e sua relevância nas redes sociais. Segundo o ranking do Índice de Popularidade Digital (IPD), elaborado pela Quaest Consultoria, …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Polarização alimenta rejeição aos extremos

Para quem vê neste novo round do embate entre Jair Bolsonaro e Lula a morte das esperanças do centro, marqueteiros alertam: a agudização da polarização costuma embutir o aumento da rejeição dos …


Exclusivo
Coluna do Estadão

“Indecisos” sofrem ciberbullying de grupo

Sob pressão, parlamentares de diversos partidos estão perdendo a paciência com movimentos favoráveis à prisão após segunda instância. Eles alegam que o placar publicado pelo Vem Pra Rua foi feito sem …


Exclusivo
Coluna do Estadão

PSL quer hegemonia à direita e presidenciável

O PSL “raiz” não está disposto a entregar de mão beijada ao clã Bolsonaro a primazia do eleitorado de direita. Detentora de boa parcela do Fundo Partidário e do tempo de rádio e TV, a cúpula …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Planalto vê “jogada” de apoiadora de Guaidó

Diferentemente do que foi aventado, a invasão da embaixada da Venezuela no Brasil por apoiadores de Juan Guaidó deixou Jair Bolsonaro extremamente contrariado desde as primeiras horas do dia, segundo …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Na saída, Presidente tenta cessar telecatch

Ao anunciar sua saída do PSL, Jair Bolsonaro, em privado, foi pragmático: não quer ver ninguém no novo partido brigando com os antigos aliados publicamente. Sabe que a continuidade do telecatch …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Com tom acima, Lula surpreendeu o Planalto

De todas as declarações de Lula após ter deixado a prisão, uma incomodou demais a cúpula do governo, a de que o País precisa seguir o exemplo de Chile e Bolívia: “É lutar, é atacar e não apenas se …


Exclusivo
Coluna do Estadão

“Lula livre” determinará alianças na esquerda

Fora da carceragem, Lula começará a organizar a participação do PT nas eleições municipais, já com vistas na sucessão de Jair Bolsonaro em 2022. No discurso, petistas vão reforçar a necessidade …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Narrativa do “Mandela” só cola nos convertidos

Apesar de a nova narrativa disponível na praça tentar transformar Lula no “Mandela brasileiro”, capaz de unir o País, os petistas mais lúcidos sabem que ela não vai prosperar: a polarização que Lula …


Exclusivo
Coluna do Estadão

PEC propõe restringir a judicialização da saúde

A PEC 188/2019, proposta pelo governo Jair Bolsonaro para ajustar pontos do pacto federativo, abre caminho para restringir ao máximo a compra de remédios para pacientes do SUS por decisões judiciais. …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados