Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Luta ajuda a superar depressão

Especial Saúde

Luta ajuda a superar depressão


Lívia Albernaz, (segunda à direita), com colegas em uma das turmas de artes marciais. (Foto: Centro de Lutas)
Lívia Albernaz, (segunda à direita), com colegas em uma das turmas de artes marciais. (Foto: Centro de Lutas)

Praticar uma arte marcial vai muito além do que fazer apenas uma atividade física. O esporte pode ajudar também a tratar uma depressão profunda. O Centro de Lutas Jardim da Penha, que conta com 11 modalidades, foi a válvula de escape para amenizar a tristeza de duas alunas: Lidiane Barros e Lívia Albernaz.

Lidiane barros venceu a depressão com a prática do krav maga e do kickboxing. (Foto: Centro de Lutas)
Lidiane barros venceu a depressão com a prática do krav maga e do kickboxing. (Foto: Centro de Lutas)
A enfermeira Lidiane Barros entrou em depressão após ganhar o primeiro filho e passar por um divórcio. “Ganhei muito peso, chegando a pesar 138 kg com a doença. Foi aí que comecei a procurar um esporte e encontrei o Centro de Lutas Jardim da Penha. Foi paixão à primeira vista. A academia me acolheu, perdi peso e encontrei uma segunda família”, conta a enfermeira, que é praticante de krav maga (arte de defesa pessoal israelense) e kickboxing.

Outro relato que reforça a importância da arte marcial é da jornalista Lívia Albernaz. Ela perdeu a mãe há três anos para o câncer e encontrou no kickboxing uma forma de amenizar a dor do luto.

Segundo ela, o esporte foi seu maior psicólogo.

“Sempre pratiquei esporte, mas jamais me imaginei em um tatame lutando. Meses antes de a minha mãe falecer, ela disse para eu procurar uma luta. Penso que, de alguma forma, ela sabia que o kickboxing iria me ajudar a enfrentar essa dor. Hoje tenho grandes amigos, um mestre que é um pai para mim e a determinação em um dia virar faixa preta”, revela Lívia.

Público Infantil

Não só os adultos buscam a atividade física para auxiliar no tratamento da depressão, como muitos pais também levam seus filhos para o esporte.

“Nós temos turmas de judô, caratê e capoeira. Muita criança chega tímida, acanhada. Tem aluno que não estava indo bem na escola. Já vimos aqui resultados impressionantes de crianças que se desenvolveram melhor, que perderam a timidez”, contou Acyrléa Dutra, proprietária do Centro de Lutas Jardim da Penha.

Tecnologia para esportistas melhorarem a performance

A maior feira de eletrônicos do mundo, a Consumer Electronics Show (CES), é também a maior vitrine de produtos tecnológicos para diferentes setores, de eletrodomésticos a carros.

Realizada nos Estados Unidos, ela acontece anualmente, desde 1967, e também apresenta novidades para o mundo esportivo.

Craig Alexander, campeão do Ironman do Havaí, exibe óculos inteligentes. (Foto: Divulgação)
Craig Alexander, campeão do Ironman do Havaí, exibe óculos inteligentes. (Foto: Divulgação)

Na edição de 2016, a sensação foram os óculos inteligentes para quem gosta de praticar esportes. Inspirados no Google Glass, são voltados principalmente para ciclistas. O dispositivo mostra para o usuário informações importantes sobre a sua performance em cima da bicicleta, além de estatísticas e dados de navegação.

Outra novidade futurista apresentada no ano passado foi o e-skin. Trata-se de uma roupa eletrônica feita por uma startup japonesa. Essa roupa capta os movimentos do corpo e os transforma em controles de um jogo de videogame.

Também para ciclistas, foi criado um capacete conectado — Omni — que substitui o celular durante a pedalada. Ele pode transmitir música por condução óssea, atender chamadas telefônicas e ainda coletar dados sobre a atividade física em andamento. É esperar para ver o que 2020 reserva.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados