search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Lula é solto com cara e discurso envelhecidos
Cláudio Humberto
Cláudio Humberto

Cláudio Humberto


Lula é solto com cara e discurso envelhecidos

Solto na sexta-feira (9) após 580 dias cumprindo pena de prisão por corrupção e lavagem de dinheiro, o ex-presidente Lula reapareceu envelhecido, mais magro e até mais abatido do que na vez anterior, quando a Justiça o autorizou a comparecer ao velório de um neto.

Seu discurso, a poucos metros da entrada da Polícia Federal, também pareceu carcomido, repleto de chavões, apelações e até mentiras.

Governadores sumiram

Chamou atenção, na soltura de Lula, ausência de quatro governadores eleitos pelo PT na Bahia, no Piauí, no Ceará e no Rio Grande do Norte.

Somente arraia miúda

A soltura foi prestigiada apenas por militantes do PT, da CUT, do MST e políticos decadentes, sem mandato, tipo Lindbergh Farias.

Puxadinhos faltaram

Jandira Feghali e Manuela D’Ávila (PCdoB), Guilherme Boulos (Psol) e pelegos tipo Wagner Freitas (CUT) foram ausências notadas.

Bolsonaro ganha e Doria perde com Lula solto

No cenário para as eleições presidenciais de 2022, Jair Bolsonaro é o político que mais se beneficia com a soltura do petista Lula. O petista assumirá a liderança da oposição a Bolsonaro, tanto quanto o atual Presidente continuará sendo a mais forte chance de derrota do PT. Já o governador de São Paulo, João Doria, é quem perde: a polarização Bolsonaro-Lula reduz as chances do projeto presidencial do tucano.

Antagonismo vantajoso

Em 2018, Bolsonaro teve apoio até de eleitores que não gostavam dele, por gostarem menos ainda do PT e dos seus representantes.

“Bolsodoria” será difícil

Doria sabe que terá de retomar o “Bolsodoria”, essencial na conquista do governo de São Paulo. Mas Bolsonaro não dá sinais de querer isso.

Isto vai ser interessante

O drama de Doria já não será viabilizar a candidatura a presidente, mas a própria reeleição. E sem o presidente apoiando outra candidatura.

Nem mesmo disfarçaram

Ficou clara a intenção do STF na questão de prisão após condenação em segunda instância: a manobra era tão claramente destinada a Lula que foi ele o primeiro a ser solto, menos de 24h após a decisão.

Uso do cachimbo

Lula começou mentindo, ao discursar diante da Policia Federal: ele disse que havia muito tempo não via um microfone. Ele não vê outra coisa há meses, concedendo entrevistas diárias na hospedaria da Polícia Federal.

Mentiras ao vento

Lula também mentiu quando afirmou que foi produto de “roubo” a derrota de Fernando Haddad em 2018. Nem mesmo o PT alegou isso. Não houve roubo, Haddad tomou uma surra nas urnas, apenas isso.

Sem mudar a Carta

Projeto do senador Jorge Kajuru (Cidadania-GO), protocolado na sexta, altera o artigo 283 do Código de Processo Penal para determinar a execução imediata da pena de prisão após a condenação em segunda instância.

Inutilidade evitável

Foram criadas duas comissões diferentes para acompanhar ações de enfrentamento às manchas de petróleo no Nordeste. Ambas vão às lindas praias com tudo custeado pelos pagadores de impostos.

Irresistível holofote

A turma do holofote da Defensoria Pública do Rio de Janeiro enviou nota à imprensa com nome e sobrenome do porteiro do condomínio de Bolsonaro, cuja identidade era mantida sob sigilo por segurança.

Felicidade em Itaipu

O general Joaquim Silva e Luna, diretor de Itaipu, ficou muito feliz com o elogio do ministro Sergio Moro (Justiça), durante evento em Foz do Iguaçu. Ele disse que Luna é “o nome certo” para comandar a usina.

Pensando bem...

...Lula ganhou o direito à liberdade e os brasileiros o direito de considerá-lo mais um corrupto que foi condenado à prisão.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Cláudio Humberto

Maia já fez 11 viagens de jato da FAB no recesso

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia, não é só recordista em uso e abuso de jatinhos da Força Aérea Brasileira (FAB) apenas em 2019. Também é a autoridade que mais viajou nos jatos da FAB durante o …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Imprensa “demitiu” Moro mais de dez vezes em 1 ano

Sergio Moro é alvo de notícias de demissão desde a posse, num misto de torcida e desinformação. Já em fevereiro, Bebianno caiu por haver trombado com a família Bolsonaro, mas a imprensa imaginou que, …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Governo prepara plano para se comunicar melhor

Este ano de 2020 pode marcar uma virada na política de comunicação do governo Jair Bolsonaro, na “guerra de narrativas” que virou rotina no dia a dia. Será implantado um plano envolvendo todos os …


Exclusivo
Cláudio Humberto

F-1 procura Ibaneis para realizar GP em Brasília

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), vai se reunir hoje ao meio-dia com dirigentes da empresa norte-americana Liberty Media, que detém direitos da Fórmula 1, para tratar da …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Se há prova de crime, “ataque à imprensa” é falácia

A Constituição assegura o direito de o jornalista preservar a fonte, e não é crime publicar denúncia baseada em documentos ou gravações levados ao repórter. Uma coisa é uma coisa. Outra coisa é …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Regina Duarte topa, mas pensa na rebordosa

A atriz Regina Duarte quer mesmo a Secretaria Especial de Cultura. Nem faz questão do status de ministério, apesar de considerar isso positivo. Faz questão é de estrutura e recursos, para uma gestão …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Petrobras tem gastos bilionários em patrocínios

A Petrobras distribuiu mais de R$ 1,77 bilhão em generosos patrocínios na última década. A maior parte, R$ 1,05 bilhão, foi entregue em apenas dois anos: 2013, início oficial da crise política e dos …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Aneel prefere queimar milhões de litros de diesel

Enquanto tramava a asfixia da energia solar, tentando taxar em 64% os que investiram em geração distribuída, a agência reguladora de energia Aneel trata como se fossem irrelevantes os 1,3 milhão de …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Se não copiou, é pior: Alvim pensa como Goebbels

Ex-secretário de Cultura, Roberto Alvim tornou ainda pior sua situação ao alegar que foi apenas “uma coincidência” a frase usada no patético discurso cujo autor original era ninguém menos que Joseph …


Exclusivo
Cláudio Humberto

Adiando lei, STF assume “tutela” sobre os poderes

Ao adiar a vigência da lei do juiz de garantias, o Supremo Tribunal Federal (STF) assume sua “tutela” sobre o Executivo e o Legislativo, cujas decisões só são válidas após uma “segunda sanção” da …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados