search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Língua universal
Painel da Folha de São Paulo

Língua universal

Jair Bolsonaro foi aconselhado a alardear a agenda econômica do governo em seu discurso na ONU, nesta terça (24). Sugestão enviada por técnicos do ministério de Paulo Guedes prega que o pacote de medidas elaborado para a área seja apresentado como o mais ambicioso entre os dos países emergentes.

Aliados do presidente acreditam que ele deve pontuar as aprovações da reforma da Previdência na Câmara e do proposta da Liberdade Econômica, além de acordos comerciais.

Para gringo ver - O discurso pró-reformas vai se somar à fala em defesa de ações voltadas ao Meio Ambiente. O governo está determinado a usar a Assembleia da ONU como palco para tentar reverter o desgaste do Brasil no exterior.

Bate e volta - Com a certeza de que o excludente de ilicitude será revogado no grupo de trabalho da Câmara que analisa o pacote anticrime de Sergio Moro, aliados do governo preparam um troco à oposição.

Bate e volta 2 - O presidente da Comissão de Constituição e Justiça, Felipe Francischini (PSL-PR), quer que o colegiado vote já na semana que vem projetos que tratam do mesmo tema, como o batizado com o nome de Ana Hickmann. Este trata como legítima defesa qualquer reação à invasão de propriedade.

Legado - A emenda de Marcelo Freixo (PSOL-RJ) que suprime o excludente de ilicitude do pacote anticrime elaborado pelo ministro da Justiça passou a ser chamada por integrantes do grupo de trabalho de "emenda Ágatha".

Compensação - Num aceno aos policiais, o grupo de trabalho deve debater uma sugestão do Fórum de Segurança Pública de que o Estado pague os custos da defesa de agentes que forem alvo de ações na Justiça. Hoje, os valores são custeados pelos próprios policiais ou pelos sindicatos que os representam.

Última que morre - O governo torce para que o Congresso não derrube o veto à medida que impedia a cobrança por empresas aéreas de bagagens acima de 10 kg, que será analisado nesta terça-feira (24).

Última que morre 2 - Apesar de Rodrigo Maia (DEM-RJ), presidente da Câmara, ter dito ao Planalto que está articulando acordo, integrantes do governo estão céticos porque dizem que o democrata tem barrado projetos que tratam da agenda econômica após a aprovação da Previdência.

Caminho do meio - Integrantes do Supremo acreditam que a corte pode adotar solução salomônica ao julgar caso que põe em xeque dezenas de sentenças da Lava Jato. Na quarta (25), os ministros devem decidir se, obrigatoriamente, réus devem apresentar alegações finais após delatores.

Caminho do meio 2 - Uma das possibilidades é garantir a prerrogativa apenas àqueles que reivindicaram o direito de falar por último na primeira instância. A maioria da 2ª Turma do STF entendeu que delatores auxiliam a acusação e, por isso, os réus não podem se manifestar sem terem tido acesso antes a todas as imputações das quais são alvo.

Mexa-se - A reprimenda pública do ministro Gilmar Mendes ao assassinato da menina Ágatha chamou a atenção de integrantes do Judiciário. O governador do Rio, Wilson Witzel (PSC), tem foro no Superior Tribunal de Justiça.

Mexa-se 2 - O chamado de Gilmar foi visto como um sinal de que haverá pressão para que a Procuradoria-Geral da República acione Witzel e dê um freio à política de segurança pública implementada por ele.

Timing - Um deputado do PSC de MG propôs, no dia 4 de setembro, que o estado conceda a Witzel o título de Cidadão Honorário. A assembleia debaterá o caso nesta terça (24).

Olhos fechados - Nova campanha de bolsonaristas contra a imprensa e a classe artística chegou à cúpula do Congresso. O pedido de mobilização faz exaltações "ao povo patriota" e prega "boicote a tudo o que vier da esquerda", como "peças de teatro, shows, exposições de arte, canais de TV, literatura".

Inimigo comum - Novo, Rede e PSOL se uniram na Assembleia de SP contra projeto do governador João Doria (PSDB) que dá desconto no ICMS para montadoras que invistam no estado. A assembleia deve votar a proposta nesta semana.

TIROTEIO

"Bolsonaro tem duas opções: ou cria uma base e assume que todo governo é de coalizão, ou é chantageado projeto a projeto."

Do deputado José Nelto (GO), líder do Podemos, sobre a expectativa de que o presidente promova uma reforma em seu time ministerial.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Devidamente avisado

Auxiliares de Jair Bolsonaro foram informados por volta das 6h de ontem de que partidários de Juan Guaidó haviam invadido a Embaixada da Venezuela. Ao Planalto, a notícia chegou por María Teresa …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Vinde a mim

Do nome ao manifesto, a identidade do novo partido de Jair Bolsonaro foi concebida para mesclar temas do militarismo com os de religião, num aceno ao que o Presidente vê como bases prioritárias. …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Caminho do meio

Partidos de centro e de esquerda articulam apoio a uma proposta alternativa à que quer reabilitar a autorização para prisão em segunda instância. A tese que tem ganhado mais adeptos é a indicada …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Distância regulamentar

Integrantes do governo pretendem criar uma espécie de quarentena para servidores públicos que queiram se candidatar a cargos políticos. Pela proposta, ocupantes de carreiras de Estado terão de …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Aqui me tens de regresso

"Deu certo". Foi assim que um agente da Polícia Federal anunciou a Lula e aos que aguardavam com ele, na carceragem, a decisão sobre o pedido de soltura. O ex-presidente não chorou, mas, …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

O retorno

Às vésperas da decisão do STF que revogou a autorização para prisão em segunda instância, líderes de partidos de centro e centro-direita começaram a cotejar o impacto da saída do ex-presidente Lula …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Plano de fuga

Operadores que conhecem o mercado de petróleo perceberam, na semana passada, que havia risco de o aguardado megaleilão do pré-sal não suprir as expectativas despertadas pelo governo. Executivos …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Força das circunstâncias

O conflito de versões da Polícia Civil e do Ministério Público do Rio sobre a obtenção da planilha que vinculou o nome de Jair Bolsonaro a suspeito do assassinato de Marielle Franco renovou a …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Pau que dá em Chico

Com o partido em pé de guerra, integrantes do PSL passaram a defender a quebra do sigilo do cartão corporativo de Jair Bolsonaro. Deputados argumentam que falta isonomia ao Presidente, que …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Certo pelo duvidoso?

Atos e discursos autoritários feitos pelos Bolsonaros na última semana reavivaram discussões sobre alterar a Constituição para permitir a reeleição do atual comando do Congresso: Rodrigo Maia …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados