Notícias

Cidades

Justiça nega indenização a universitária que ficou presa em elevador


A Justiça negou indenização a uma universitária que processou uma faculdade particular de Vila Velha, após ficar presa no elevador durante uma pane elétrica. No processo, a universitária alegou que o problema "abalou o seu emocional".

No processo, a estudante narrou como o problema aconteceu e alegou ter esperado "tempo considerável" até ser socorrida pela empresa acionada pela faculdade.

Em sua defesa, a instituição alegou que o sistema de manutenção da faculdade estava em dia e que forneceu todo o suporte à universitária.

"O magistrado da Vara Cível de Marataízes examinou os autos da ação, observando que as condições climáticas eram instáveis no dia do incidente, o que interferiu no sistema elétrico do equipamento. O juiz entendeu que não houve falha no serviço oferecido por parte da requerida, que cumpriu os prazos de verificação dos elevadores. Embora a situação vivenciada pela autora tenha sido desagradável, acontecimentos como este fazem parte de eventos da vida”, informou o TJ.