Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Jurado de programa do SBT, Olivier Anquier diz que brasileiro exagera no açúcar

Entretenimento

Televisão

Jurado de programa do SBT, Olivier Anquier diz que brasileiro exagera no açúcar


Olivier no programas Bake Off (Foto: Divulgação)
Olivier no programas Bake Off (Foto: Divulgação)

Assim que começou a fazer parte do programa "Bake Off - Mão na Massa" (SBT), o apresentador Olivier Anquier criticou o uso exagerado do açúcar e do leite condensado por parte dos brasileiros. O hábito, segundo ele, vicia e destrói o paladar, que fica insensível aos sabores reais de frutas e de outros alimentos.

"O brasileiro é uma abelha. Além dos danos que o excesso de açúcar pode causar à saúde, esse costume também provoca insensibilidade gustativa", diz o chef francês.

A nutricionista Ana Bombonatto, que passou pelo programa Hell's Kitchen (SBT), lembra que o açúcar tradicional é refinado. "Não é natural, já que é feito a partir de um processo de industrialização. E não tem nutrientes, só calorias. Acontece que é um produto barato, por isso se popularizou rápido", afirma Ana.

E o ingrediente ainda vicia. Não à toa, quem gosta de açúcar tem dificuldade de parar de consumi-lo. "Se a pessoa só come açúcar, o corpo passa a desejar essa substância, e não o alimento naturalmente puro e saudável. Para isso, o ideal é reeducar o paladar aos poucos. Assim, poderá novamente sentir e apreciar o sabor de outros alimentos naturais. O corpo humano precisa de gorduras, carboidratos, proteínas, vitaminas e minerais, mas não de açúcar processado", afirma Lívia Nogueira, nutricionista do Oba Hortifruti.

Pelo próprio sabor da fruta, uma goiabada ou bananada, por exemplo, já bastaria para satisfazer a vontade de comer doce, segundo Bianca Almeida, coordenadora de pesquisa, desenvolvimento e qualidade da Flormel, marca de alimentos.

"Para mudar o paladar é preciso ter força de vontade. É ir tirando o açúcar do café aos poucos e reduzindo a quantidade do ingrediente nas receitas. Não é sempre fácil, pois a ingestão de açúcar causa euforia e de fato vicia."

Muitos benefícios podem ser sentidos com essa mudança de comportamento. "Além de ter uma alimentação mais rica, a pessoa vai diversificar o cardápio", afirma Bianca. Receitas com chocolate 80% cacau, tâmaras ou mel são ideias de ingestão de açúcar na forma natural.

As papilas gustativas da língua são divididas para sentir cada sabor. "Toda ela é capaz de sentir o doce ou o salgado, mas há partes que são mais sensíveis", explica Fausto Nakandakari, otorrinolaringologista do Hospital Sírio-Libanês. A língua acaba sendo mais voltada ao doce, segundo Bianca. "A pontinha é a primeira a receber o alimento, e ela é mais sensível ao doce."

Além de frutas e mel, há outros ingredientes que podem servir como adoçantes naturais. "O açúcar de coco e o melado de cana, por exemplo, adoçam e têm nutrientes que agregam à alimentação", afirma Ana.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados