Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Jovem desaparece ao sair para fazer trilha no Mestre Álvaro

Notícias

Polícia

Jovem desaparece ao sair para fazer trilha no Mestre Álvaro


Luiz Felipe Garcia Maia está desaparecido (Foto: Acervo Pessoal)
Luiz Felipe Garcia Maia está desaparecido (Foto: Acervo Pessoal)

Um jovem de 20 anos desapareceu após sair de casa afirmando que iria fazer uma trilha no Mestre Álvaro, na última quarta-feira (17). De acordo com a Polícia Civil, a família de Luiz Felipe Garcia Maia comunicou o desaparecido dele no dia seguinte.

Leia Mais: Família recebe notícias de jovem desaparecido em trilha no Mestre Álvaro

O caso está sendo investigado pela Delegacia Especializada de Pessoas Desaparecidas.

O autônomo Júnior Nass, 35, que nas horas vagas guia trilhas no Mestre Álvaro há sete anos, contou à reportagem que soube que haveria uma pessoa desaparecida no local, mas não conseguiu confirmar se o jovem estaria realmente lá.

"O que ficamos sabendo é que o rapaz falou com a mãe que estava no Mestre Álvaro, mas não acionou os Bombeiros. A primeira coisa a se fazer quando alguém se perde é chamar o Corpo de Bombeiros ". Amigos de Luiz Felipe teriam subido ao local à procura dele, mas não teriam o encontrado.

Segundo a polícia, a família está no local neste momento realizando as buscas. A mãe de Luiz disse à polícia que acionou os Bombeiros, mas teria sido orientada a procurar o Samu.

Luiz Felipe tem pele parda, altura aproximada de 1,70 m, olhos pretos, cabelos pretos e encaracolados e usa óculos de grau. De acordo com a família dele, o jovem tem cicatrizes nos braços e utilizava bermuda azul e preta, e tênis preto. Ele estava com uma mochila cinza e alguns pertences pessoais. Ainda segundo a família, Luiz tem problemas de depressão.

Qualquer pista ou denúncia sobre a localização de Luiz pode ser encaminhada pelo telefone 190 do Ciodes, 181 do Disque Denúncia, ou na Delegacia Especializada de Pessoas Desaparecidas no telefone 3137-9065.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados