Notícias

Cidades

Jornalista Ricardo Boechat morre após queda de helicóptero em São Paulo


Jornalista Ricardo Boechat morreu nesta segunda-feira (11) (Foto: Acervo Pessoal)
Jornalista Ricardo Boechat morreu nesta segunda-feira (11) (Foto: Acervo Pessoal)

O jornalista Ricardo Boeachat, de 66 anos, apresentador do Jornal da Band, da TV Bandeirantes, morreu no início da tarde desta segunda-feira (11) em São Paulo. O helicóptero em que o jornalista estava caiu em um trecho da Rodoanel, que dá acesso à rodovia Anhanguera, na zona oeste de São Paulo.

Os dois corpos ficaram carbonizados após a aeronave pegar fogo. O acidente ocorreu na altura do quilômetro 7 do Rodoanel, sentido Castelo Branco, próximo a um pedágio. Um caminhão foi atingido pela aeronave.

A confirmação de que o jornalista era um dos ocupantes veio mais tarde.

O motorista do caminhão foi atingido pela aeronave foi socorrido.

O acidente ocorreu na altura do quilômetro 7 do Rodoanel, sentido Castelo Branco, próximo a um pedágio. A corporação atende a ocorrência com um helicóptero e 11 viaturas.

Foram feitas interdições parciais nas pistas do Rodoanel sentido Perus ​e da Anhanguera sentido Jundiaí. A concessionária CCR Rodoanel, que administra o trecho oeste do Rodoanel, informa que os motoristas têm como opção acessar a Anhanguera sentido São Paulo e pegar um retorno no quilômetro 18 para seguir sentido Jundiaí.

O Ricardo Boechat era casado com a capixaba Veruska Seibel e tinha seis filhos (Paula, Bia, Rafael, Patricia, Valentina e Catarina, as duas últimas suas caçulas, de sua união com Veruska com quem era casado desde 2005)

Jornalista Ricardo Boechat (Foto: Divulgação/Band)
Jornalista Ricardo Boechat (Foto: Divulgação/Band)

Histórico

Filho de um diplomata brasileiro, Boechat nasceu em Buenos Aires, na Argentina, quando o pais servia no país. Além de apresentador do Jornal da Band, Ricardo Boechat apresentava um jornal pela manhã na Rádio Band News FM, além de escrever uma coluna semanal na Revista IstoÉ.

Boechat começou no jornalismo na década de 70, como repórter do extinto Jornal Diário de Notícias. Ele também passou pelo Jornal O Globo e pela secretaria de Comunição Social do Governo Moreira Franco, no Rio de Janeiro, além dos jornais O Dia, O Estado de São Paulo e Jornal do Brasil.

Em breve mais informações