Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Jornal inglês elogia canção 'Faz Gostoso', parceria de Madonna com Anitta

Música

Jornal inglês elogia canção 'Faz Gostoso', parceria de Madonna com Anitta


Em meio à expectativa para o lançamento de "Madame X", novo disco de Madonna que chega aos streamings no dia 14 de junho, jornais estrangeiros começam a divulgar as primeiras críticas do álbum. De acordo com o britânico Daily Star, a regravação do hit em português "Faz Gostoso", parceria com Anitta, é um dos pontos altos do trabalho. "Uma música de trance épica que apresenta cantos hipnóticos", afirma o veículo, que deu nota 9 para o single.

Também inglês, o jornal "The Guardian" classificou Madame X como "o álbum mais bizarro de Madonna". De acordo com o veículo, a cantora está à vontade com o pop latino que guia o álbum. "Soa mais natural do que seus trabalhos nos últimos anos", escreveu Ben Beaumont-Thomas, que assina o texto. O jornalista também destaca que o álbum demonstra mais densidade e aventura musical que qualquer outro ponto da carreira de Madonna. 

 (Foto: Reprodução/Instagram @anitta)
(Foto: Reprodução/Instagram @anitta)


Para o "The Times", "Madame X" é, talvez, o álbum mais ousado da carreira da artista. "Madame X versa entre música pop, latina e dance music, salta do pessoal para o político e cria um clima exótico e alegre que parece estranhamente íntimo", afirma o jornal. "Como se Madonna estivesse revelando uma parte até então oculta de sua alma". 

A jornalista Vanessa Grigoriadis escreveu, em texto para o norte-americano "The New York Times", que "Madame X" é um álbum mais sombrio do que o normal - embora inclua canções de amor "adequadas para o verão". "[Madonna] experimentou gêneros musicais como dança, fado, rap e batuque cabo-verdiano e explorou sua raiva sobre líderes mundiais como Donald Trump", escreveu a jornalista. 

"Ela se visualizou como uma combatente da liberdade viajando pelo mundo para espalhar o evangelho do amor e da antidiscriminação - combatendo a misoginia, a homofobia, o racismo, as armas, a ascensão do autoritarismo".

Até o momento, quatro singles de "Madame X" foram divulgados: Medellín, parceria com o colombiano Maluma, que ganhou clipe, "I Rise, Crave" (com participação de Swae Lee) e "Future", em parceria com Quavo. "Dark Ballet" será lançada no dia 7 de junho, uma semana antes do disco chegar às plataformas de streaming.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados