search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Itamaraty tenta decifrar enredo dos Bolsonaros
Coluna do Estadão

Andreza Matais e Marcelo de Moraes


Itamaraty tenta decifrar enredo dos Bolsonaros

Dentre as muitas teses a circular no Itamaraty, uma vem ganhando mais adeptos: o gesto de Jair Bolsonaro para emplacar seu filho Eduardo na embaixada de Washington é uma forma de o deputado ocupar futuramente o cargo de chanceler (caso uma eventual nomeação dessa natureza não seja vetada pela Justiça sob argumento de nepotismo). O pai estaria apostando no filho que, neste momento ao menos, tem mais potencial. Afinal, Flávio se vê às voltas com a investigação de seu ex-assessor Fabrício Queiroz e Carlos comprou muitas brigas. 

Swap. A narrativa da tese é: manter o deputado federal no prestigiado posto por um ano e meio ou dois e, depois, fazer uma troca com Ernesto Araújo: Eduardo vira ministro e Ernesto, embaixador nos EUA.

Do bem. A troca não seria, necessariamente, um downgrade para o atual ministro. Ele já garantiria um posto num patamar elevado. E, mesmo que o próximo presidente não seja bolsonarista, ficaria já nesse rol do mais alto nível de embaixadores do País.

Musculatura. Por fim, o movimento fortaleceria Eduardo Bolsonaro para liderar uma frente conservadora em candidaturas majoritárias, assim como Jean-Marie Le Pen fez com sua filha Marine, na França, compara um embaixador.

Ô abre… O Palácio do Planalto já começou a abrir os caminhos para Eduardo Bolsonaro no Senado. Na quinta-feira (11), o ministro Augusto Heleno foi ao gabinete de Nelsinho Trad (PSD-MS), presidente da Comissão de Relações Exteriores, que analisa as indicações.

...alas. Na mesma tarde, Trad foi recebido pelo ministro da Secretaria de Governo, Luiz Ramos.

Também quero. O deboche rolou solto nos grupos de diplomatas. Uma das piadas dizia: pela "lógica" dos Bolsonaros, eu já posso ser embaixador no Japão. Faço sushi e ikebana. 

Na saúde e na doença. A deputada Shéridan (PSDB-RR) foi votar a reforma da Previdência sob atestado médico: está com pneumonia. Ao cumprimentar colegas no plenário, já ia logo avisando: "Pode ficar tranquilo, não é contagioso!".

Xi. A "centro-esquerda" do PSDB, que sonhava com a chance de receber Tabata Amaral (SP) caso ela deixe o PDT, se incomodou com o convite público feito a ela por João Doria. O grupo acha que o perfil mais à direita do governador afasta a jovem do ninho tucano.

Puxadinho. O PSL inaugurou somente esta semana o espaço de sua liderança no Senado. Com 16 partidos e pouca área livre, o presidente Davi Alcolumbre reformou salas afastadas para acomodá-los. O Cidadania ainda continua sonhando com a "casa própria".

Paraíso... Búzios (RJ) vive dias de caos. O famoso balneário sofre com a troca de prefeitos, em média, uma vez a cada três meses.

...ameaçado... André Granado (MDB), que estava fora do cargo desde maio por improbidade administrativa, foi reconduzido pela nona vez à prefeitura na semana passada e afastado de novo na quarta-feira (10). 

...e abandonado. Os serviços essenciais de Búzios entraram em colapso, afugentando turistas, com as ruas cheias de lixo, e lojas e restaurantes fechados. 

Pronto, falei!
"Fui promotor, juiz, testemunha e vítima, mas réu é a primeira vez."

Luiz Flávio Gomes, deputado federal (PSB-SP), sobre ser julgado no Conselho de Ética do partido por ter votado a favor da reforma da Previdência.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Coluna do Estadão

O caminho até 2022: sertões ou Faria Lima?

Paulo Guedes antecipou e colocou na ordem do dia uma angústia que Jair Bolsonaro planejava enfrentar somente adiante: o caminho mais seguro rumo à reeleição ainda passa prioritariamente pela Avenida …


Exclusivo
Coluna do Estadão

CFM questiona “timing” do isolamento no País

Com cinco meses de pandemia e mais de 100 mil mortos, o presidente do Conselho Federal de Medicina (CFM), Mauro Luiz de Britto Ribeiro, afirmou à coluna que o “timing” do “fique em casa” pode ter …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Entorno de Temer espera um “ok” rápido de Bretas

Apesar de Marcelo Bretas já ter negado pedidos de Michel Temer para viajar ao exterior, o entorno do ex-presidente está otimista de que o juiz federal do Rio autorizará a participação dele como líder …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Por Amazônia, CEOs farão novos apelos

Um mês depois do encontro com Hamilton Mourão, o grupo de 65 empresários que cobra medidas mais duras no combate ao desmatamento na Amazônia terá uma nova rodada de reuniões com o poder público. Na …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Resistência à reeleição de Alcolumbre diminui

A pouco mais de sete meses das eleições no Congresso, o vento parece mesmo soprar com força nas velas do barquinho de Davi Alcolumbre (DEM-AP). A maioria dos 16 partidos com representação no Senado …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Centrão se fecha na defesa de Bolsonaro

Os novos aliados de Jair Bolsonaro no Congresso não se incomodaram com os depósitos da família Queiroz na conta da primeira-dama Michelle. Acostumado aos solavancos da opinião pública, aos …


Exclusivo
Coluna do Estadão

O esculacho contra a política e a vaga no STF

Lideranças de diversos partidos viram na prisão de Alexandre Baldy outra ação midiática de Marcelo Bretas para esculachar a política e os políticos, a exemplo do que o juiz já havia feito com Michel …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Lava a Jato comemora apoio de Flávio a Aras

A Lava a Jato de Curitiba comemorou em privado o apoio hipotecado em público por Flávio Bolsonaro (Republicanos-RJ) a Augusto Aras, considerado hoje o inimigo número um da temida força-tarefa. …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Auxílio dá fôlego a “bolsonaristas” no Nordeste

Embora diga que não apoiará ativamente nenhum candidato nas eleições municipais, o presidente Jair Bolsonaro caminha para contar com uma rede de apoio no Nordeste, região onde ele foi menos votado em …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Decisão de Fachin ajuda Dallagnol no CNMP

Um dos efeitos da decisão de Edson Fachin de interromper o compartilhamento de dados das forças-tarefa com a Procuradoria-Geral da República deve ser o de enfraquecer, no CNMP (Conselho Nacional do …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados