search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

“Indecisos” sofrem ciberbullying de grupo
Coluna do Estadão

Andreza Matais e Marcelo de Moraes


“Indecisos” sofrem ciberbullying de grupo

Sob pressão, parlamentares de diversos partidos estão perdendo a paciência com movimentos favoráveis à prisão após segunda instância. Eles alegam que o placar publicado pelo Vem Pra Rua foi feito sem ouvi-los e, agora, quem aparece como indeciso sofre ciberbullying em seus perfis.

Aos incomodados, o grupo explica que o levantamento tem por base manifestações nas redes sociais e outros canais de comunicação. Na conta do Vem Pra Rua, 258 deputados e 48 senadores são a favor da PEC. Os indecisos somam 184 na Câmara e 25 no Senado.

Na veia. O grupo tem feito postagens conclamando seus apoiadores a cobrarem diretamente dos parlamentares uma mudança ou uma tomada de posição favorável à prisão após julgamento em segunda instância.

Mais. As pressões via redes também partem de outros grupos simpáticos ao presidente Bolsonaro.

De olho. O deputado federal Kim Kataguiri (DEM-SP), um dos coordenadores do MBL, solicitou audiência com o ministro do TSE Og Fernandes. Quer saber a quantas anda a consulta feita pelo grupo sobre a possibilidade de utilização das assinaturas digitais para a criação de partidos.

CLICK. O deputado federal Marcelo Ramos (PL-AM) trouxe da China para a coleção de seu pequeno José Humberto a camisa da seleção chinesa. O “boleirinho” vibrou.

Prestígio. A bancada de Santa Catarina recebeu R$ 130 milhões em emendas coletivas empenhadas. Apesar de o valor autorizado ser o mesmo para todas, SC desponta em valor empenhado. A do Pará teve pouco mais de R$ 1 milhão.

Prestígio II. Vice-líder do governo na Câmara, Rogério Peninha (MDB-SC) diz que a liberação é reflexo da aproximação com o Planalto, já que o presidente Bolsonaro teve 75% dos votos no Estado. Entre os 16 deputados, 15 são governistas.

“É nóis”. Segundo o deputado, o Presidente havia prometido atenção especial ao Estado, o sexto que mais arrecada e o 16º no retorno de investimentos. “O governo tem atendido bem nossa Santa Catarina”, afirma.

Tô fora. A bancada catarinense também foi a primeira a se reunir com Jair Bolsonaro. Pedro Uczai (PT-SC) foi o único a não comparecer à reunião. Uczai teve pouco mais de R$ 10 milhões empenhados.

Último recurso. O Exército acompanhou a distância o desenrolar da invasão à Embaixada da Venezuela em Brasília. A determinação era aguardar que todas as alternativas diplomáticas se esgotassem antes de qualquer intervenção. A Polícia Militar fez a segurança de quem esteve lá.

Fora de época. Em Brasília, a reunião do Brics foi comemorada pelo forte esquema de segurança que tornou a semana ainda mais curta com pontos facultativos. Ganhou até um apelido: “CarnaBrics”.

Modo... Em setores do meio jurídico, a polêmica criada em torno da solicitação do ministro Dias Toffoli está sendo interpretada como uma cortina de fumaça para o cerne da questão: quais foram as autoridades que acessaram esses dados sem o aval da Justiça? E sob quais fundamentos?

...de ver. “É claro que a prioridade deve ser o sigilo das informações, mas, até para resguardá-lo, as solicitações do STF foram convenientes, lícitas e oportunas”, diz Marco Aurélio de Carvalho, do grupo de juristas Prerrogativas.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Coluna do Estadão

No Palácio do Planalto, o “rei” está com Covid-19

O anúncio de que Jair Bolsonaro está com Covid-19 abalou o clima de aparente “normalidade” do Planalto, onde, desde o início da pandemia, visitantes e funcionários subalternos eram compelidos …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Campanha de Covas começa a ganhar forma

A campanha de Bruno Covas (PSDB) à reeleição começa a ganhar forma. Ela terá o secretário particular de João Doria, Wilson Pedroso, como coordenador, uma escolha estratégica sob dois aspectos: 1)o …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Frente de esquerda, por ora, só no discurso

A decisão do PT de lançar candidato a prefeito de Belo Horizonte é mais um indicativo da dificuldade da esquerda em construir uma frente para peitar Jair Bolsonaro neste ano e em 2022. Na …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Santa Cruz na crítica ao “ministério da verdade”

O projeto de lei das fake news gerou rara concordância entre Felipe Santa Cruz e a militância bolsonarista: ambos criticam o tal Conselho de Transparência e Responsabilidade na internet, que consta …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Conselho retoma caso que mira Dallagnol

Depois de uma semana em que a força-tarefa da Lava a Jato de Curitiba sofreu com revelações controversas sobre seu método de atuação, Deltan Dallagnol terá dias complicados pela frente. Para as …


Exclusivo
Coluna do Estadão

“Fraude” dentro de casa preocupa o Planalto

O Palácio do Planalto enviou comunicado a todos os seus funcionários sobre “possíveis casos de recebimento irregular do auxílio emergencial por parte de terceirizados, estagiários e dependentes de …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Planalto unifica dados de repasse a estados

Em guerra contra os governos estaduais, o Planalto passa a divulgar a partir de hoje, de forma centralizada, os repasses diretos e indiretos aos estados: convênios, contratos, obras, emendas e …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Crise no MEC marcará governo e gerações

Deixará marcas indeléveis no governo Jair Bolsonaro e nas futuras gerações a comédia de erros em que se transformou a Educação. No primeiro caso, indicando ou não o novo ministro, a ala ideológica …


Exclusivo
Coluna do Estadão

O que o adiamento das eleições pode ensinar

Há lições a serem tiradas das negociações em torno do adiamento das eleições por causa da pandemia: 1) o Centrão, que só topou “conversar” após Rodrigo Maia e outros líderes serem pressionados pelo …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Hartung vê “surto de populismo” nas crises

O economista e ex-governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, está preocupado com os rumos dos três Poderes nas crises econômica e sanitária da Covid-19. “Acho que tem um surto de populismo no …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados