Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Incentivo para formar leitores da era digital
.

Branded Content

Incentivo para formar leitores da era digital


“Um País se faz com homens e livros”. Autor desta frase, Monteiro Lobato serve de inspiração para alunos do 5º ano do Ensino Fundamental I, no Centro Educacional Leonardo da Vinci, localizado em Santa Lúcia, Vitória.

Um dos projetos desenvolvidos na escola é uma viagem acadêmica a Taubaté, cidade onde nasceu o escritor, e Campos do Jordão, em São Paulo.

Alunos na Biblioteca Infinito: habilidades leitoras são desenvolvidas por meio de iniciativas que instigam à reflexão

Antes, porém, eles leem diversificadas obras e se tornam seguidores competentes do legado de Lobato.

Esse projeto é finalizado com um concurso cultural, no qual os alunos fazem releituras do criador da boneca Emília, retratadas de forma escrita e com desenhos.

Assessor da Direção, Paulo de Tarso Rezende Ayub comenta que as habilidades leitoras são desenvolvidas no Leonardo da Vinci por meio de diversas iniciativas que instigam à reflexão.

“No âmbito do Da Vinci, a presença intensiva de textos de circulação favorece a construção de leituras de mundo ampliadas. Recursos utilizados em sala de aula – painéis de textos, caixas de leitura, informes/notícias utilizados como suporte às aulas, bibliotecas de sala – juntam-se a postagens nos murais e em ambiente digital – socialização de matérias jornalísticas ou de revistas especializadas – para criar um espírito de compartilhamento e trocas que promove a competência leitora de maneira sistemática”, afirma o professor.

No Da Vinci, o interesse pelas histórias começa já na Educação Infantil, com os contos de fadas, e assim os pequenos alunos vão adquirindo o gosto pela literatura para poderem se apropriar da escrita.

Quando chegam ao Ensino Fundamental, iniciam o procedimento de leitura de textos apropriados para cada faixa etária, sendo estimulados a fazerem perguntas a partir dos textos lidos, a conhecerem textos informativos e expositivos.

O aluno do Da Vinci chega ao Ensino Médio com essa habilidade desenvolvida, pois adquiriu um repertório amplo desde o infantil.

“A presença de textos de circulação favorece a construção de leituras de mundo ampliadas”
Paulo de Tarso,
Assessor da Direção

Museu Da Vinci recebe alunos do infantil

É importante que a criança inicie, desde a primeira infância, as percepções sobre a Arte, possibilitando um primeiro contato com tudo que ela engloba e favorecendo a competência leitora. Nesse sentido, o Centro Educacional Leonardo da Vinci criou o Museu Da Vinci, que é um espaço dedicado às vivências de ensino e aprendizagem para os alunos da Educação Infantil.

São organizadas duas exposições por ano para que os pequenos tenham contato com vida e obra de artistas escolhidos para as exposições, os mesmos que compõem foco de estudos dos alunos ao longo da formação na escola.

Já foram trabalhados Leonardo da Vinci, Van Gogh, Kandinsky, Monet, Mucha e, este ano, o projeto será fechado com Gustav Klimt.

Visita ao Museu Da Vinci

Saiba Mais


Diferencial

Visando a contribuir para que a leitura constitua um diferencial curricular para cada indivíduo, o Leonardo da Vinci trabalha o tema de forma transversal, desde as séries iniciais, propiciando o contato dos alunos com obras de qualidade e materiais de circulação, desenvolvendo procedimentos de leitura e interpretação.

Fundamental

O programa de leitura praticado do 1º ao 5º ano, com respaldo em material desenvolvido pela equipe do Da Vinci, propicia a aquisição da fluência leitora e o aprofundamento na leiturização: reconhecimento de formas e conteúdos presentes nas diferentes fontes escritas/visuais.

Como atividade rotineira integrada ao horário letivo semanal, a leitura literária, tendo como suporte a Biblioteca Infinito, a Ciranda de Livro e a adoção de obras literárias ou paradidáticos, favorece o hábito e habilidade leitora de interpretação/extrapolação no aprofundamento dos significados por meio de conhecimentos, sensações e percepções,
culminando na formulação de registros em Agenda Literária ou em blocos concebidos a partir das obras trabalhadas.

Sala de aula

Todas as salas de aula do Centro Educacional Leonardo da Vinci são providas de uma biblioteca com livros informativos de assuntos referentes aos conteúdos da série e utilizados como fonte de pesquisa, especialmente para as Ciências da Natureza e Ciências sociais.

Nas estantes do pátio interno do segmento ( Praça das Invenções), encontra-se à disposição dos alunos um vasto acervo (literário,jornais locais e histórias em quadrinhos).

Leitura

Desenvolvidos com alunos dos sextos e sétimos anos integrais, os projetos para potencialização da competência leitora, em formato de círculo de leitura e fóruns de discussão, abrangem textos literários e jornalísticos e, além de criar um ambiente de partilha, geram contracena de informações, opiniões, interpretações e ampliações, potencial de análise e síntese.

No Ensino Médio, o contato com clássicos literários e obras contemporâneas propicia aos alunos, além do repertório cultural, veia criativa e habilidade de conexões, pois são instigados a montarem exposições temáticas, performances artísticas e produções autorais, tudo para socializar suas aprendizagens e atrair interesse de potenciais leitores.

Redação

O Concurso de Redação é um projeto que tem como objetivo proporcionar um espaço de reflexão sobre temas contemporâneos que dialoguem com o currículo, além de uma oportunidade para concepção de textos de diversos gêneros que potencializem a autonomia criativa dos alunos.

Ao final do processo, é produzida uma revista-coletânea, da qual constam esclarecimentos sobre as propostas de produção, bem como os textos vencedores em cada série, objeto de apreciação por parte dos professores envolvidos.

Espaço de Convivência: a leitura está presente também nos espaços ao ar livre, favorecendo a troca de ideias

Livro: produção dos alunos em concurso cultural


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados