Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Gripe intestinal e seus sintomas
Doutor João Responde

Gripe intestinal e seus sintomas

Conhecida também como virose digestiva, a gripe intestinal provoca um quadro clínico bastante incômodo, embora desapareça, sem muitas complicações, depois de alguns dias.

Esse tipo de gastroenterite viral afeta anualmente milhões de pessoas em todo o mundo, gerando inflamação no estômago e nos intestinos delgado e grosso.

Vômitos, diarreia, cefaleia, dor no estômago, cansaço, febre e dores musculares caracterizam seus principais sintomas.

A complicação mais importante da gripe intestinal é a desidratação, acompanhada de tontura, sonolência, sede, diminuição da diurese e boca seca.

Existem quatro vírus principais que provocam a maioria dos casos de gripe intestinal:

Rotavírus: É a causa mais frequente de gastroenterite viral em crianças, produzindo sintomas que duram de 3 a 7 dias.

Norovírus: Agente mais comum de gastroenterite viral em adultos, sendo altamente contagioso. Os sintomas costumam durar três dias.

Antigamente, uma gastroenterite aguda que não fosse bacteriana ou parasitária era rotulada como virótica, sem que se identificasse o microrganismo.

Hoje se sabe que cerca de três quartos dessas gastroenterites são provocados pelo norovírus.

Este vilão foi reconhecido pela primeira vez em 2002 em epidemias de gastroenterites ocorridas em navios, durante cruzeiros.

O norovírus é extremamente contagioso, transmitido por via fecal-oral e persiste por três semanas, durante as quais ele é excretado nas fezes e, mesmo em pequenas quantidades, as partículas infectantes contaminam as mãos, o ar, as superfícies, a água, os alimentos, etc.

Sendo muito estável no meio ambiente, ele sobrevive um mês a uma temperatura de 20°C, ou acima de dois meses, a 4°C.

Além disso, é insensível ao álcool e aos detergentes comuns. Portadores assintomáticos podem transmitir o vírus.

A contaminação ambiental também tem sido documentada como um fator contribuinte na manutenção de transmissão, durante surtos.

Normalmente, o vírus tem sido detectado em casos de gastroenterite que ocorrem em confinamentos humanos, como em hospitais, cruzeiros marítimos, hotéis e escolas.

Existe dificuldade para controlar surtos em locais onde a população compartilha espaços e instalações sanitárias. O norovírus confere imunidade de curta duração.

Ao contrário de outros vírus causadores de infecções intestinais, o norovírus possui grande capacidade de transmissão e afeta pessoas de todas as idades, diferente do seu parente bem mais conhecido, o rotavírus, que provoca infecção em crianças abaixo dos 5 anos de idade, podendo ser combatido com vacinação.

Uma das características do norovírus é passar por frequentes mutações, o que dificulta a elaboração de uma vacina.

Adenovírus: Afeta principalmente crianças menores de 2 anos de idade, sendo responsável por 5% dos casos de diarreia nessa população.

Os sintomas podem persistir por 12 dias.

Astrovírus: Com uma aparência estrelada que determinou seu nome, causa sintomas menos graves que os vírus anteriores e que duram de dois a sete dias.

Gastroenterites não bacterianas infecciosas representam doenças comuns em países em vias de desenvolvimento.

Não há tratamento específico para a gripe intestinal. O quadro clínico geralmente regride espontaneamente e a abordagem terapêutica se concentra em evitar a desidratação e aliviar os sintomas.

Medicamentos podem ajudar no combate aos sintomas. É importante a ingestão de bastante líquido para afastar a perda de líquidos.

Alimentos gordurosos, doces e produtos lácteos devem ser suprimidos da dieta durante alguns dias.
Um cruzeiro marítimo semeia prazer na imensidão do oceano. Uma limitante infecção deixa o paciente “a ver navios”.
 


últimas dessa coluna


Exclusivo
Doutor João Responde

A importante cera do ouvido

“Fazer cera” significa demorar de forma proposital para realizar alguma coisa que já poderia ter sido feita. Talvez por isso, a palavra “sincera” significa “sem cera”. Todavia, em se tratando do …


Exclusivo
Doutor João Responde

Rachaduras nos pés

A saúde dos pés implica condição fundamental para o movimento e o equilíbrio do corpo humano. Os pés, além de manter o corpo em posição bípede, peculiaridade sobre a qual o homem desenvolve sua …


Exclusivo
Doutor João Responde

Dê um tempo para um osso quebrado

“Em quanto tempo minha fratura estará consolidada?” Certamente esta é uma pergunta muito comum na ortopedia, mas que não pode ser respondida de uma única maneira. Fraturas em crianças têm …


Exclusivo
Doutor João Responde

Causas de inchaço nas pernas

Quando falamos de “edema”, a primeira coisa que devemos levar em conta é que essa inchação não se trata de diagnóstico, mas de um sinal, uma alteração fisiológica que implica a presença de fluidos …


Exclusivo
Doutor João Responde

Importância da dor para a preservação da vida humana

Saúde e doença saem de um tronco único, visto que têm uma só e mesma base: a dor de crescer. Dor é uma experiência sensorial desagradável associada com lesão tecidual real ou potencial, refletindo a …


Exclusivo
Doutor João Responde

Doenças exantemáticas

Dezembro de 1978. Após frutificante período de faculdade, eu terminava o curso de Medicina. Durante as festividades de formatura, amanheci febril e com o corpo todo pintado de vermelho. Como …


Exclusivo
Doutor João Responde

Herpes-zóster, esse filho da catapora

Varicela é uma virose que afeta a criança e o adolescente, cujo nome foi criado para assustá-los na hora do médico informar que se trata da conhecida catapora. No primeiro dia de infecção, o vírus se …


Exclusivo
Doutor João Responde

Envelhecer é um privilégio

Velho não é sinônimo de imprestável. Ao contrário, alcançar os últimos degraus da idade pode trazer consigo um grande acúmulo de sabedoria. O que seria do mundo presente se não houvesse as lembranças …


Exclusivo
Doutor João Responde

Boqueira, essa incômoda feridinha

Queilite angular, chamada popularmente de boqueira, é um pequeno machucado doloroso que ocorre no canto da boca. Trata-se de uma dermatose comum, caracterizada por fissura e inflamação no ângulo dos …


Exclusivo
Doutor João Responde

Arroto: um sintoma mal-educado?

Para os árabes, arrotar depois da refeição é sinal de que o convidado apreciou o prato. Em nosso País, isso caracteriza falta de educação. Para o corpo, eructar é a maneira que o estômago encontra …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados