Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Gestão integrada de recursos hídricos, um desafio do século
Tribuna Livre

Gestão integrada de recursos hídricos, um desafio do século

Estamos completando quase duas décadas do século 21, a Política Nacional de Recursos Hídricos já passou da maioridade, mas várias questões relacionadas ao gerenciamento da água ainda não estão bem equacionadas no país.

Apesar de avanços no saneamento, mais da metade do esgoto gerado no Brasil ainda não é tratado e ao ser lançado nos corpos d’água derruba os indicadores de qualidade, comprometendo diversos usos hídricos e o ecossistema aquático.

Os desastres de Mariana e Brumadinho geraram impactos na dinâmica hídrica das bacias envolvidas, muitos dos quais irreversíveis. No Brasil, nem todos os instrumentos de gestão de recursos hídricos estão em funcionamento e há dificuldades de integração entre as políticas públicas envolvidas no tema, como as de meio ambiente, agricultura, florestal, desenvolvimento e infraestrutura, saúde, dentre outras. As políticas têm forte interdependência e ações isoladas em cada uma delas terão pouca chance de melhorar significativamente a saúde das bacias hidrográficas.

Há estimativas de que a população mundial chegará a 8,3 bilhões de pessoas e a demanda por água crescerá 30%. Nesse cenário, o grande desafio é integrar de forma mais efetiva e eficaz as políticas públicas e utilizar, de maneira mais intensa, tecnologias e ferramentas de planejamento, monitoramento e modelagem matemática. Tudo isso em parceria com a sociedade, aliando o conhecimento técnico e científico ao saber popular e informal.

No Espírito Santo, já experimentamos crises hídricas associadas a eventos extremos de seca e inundações. As mudanças climáticas têm influenciado a dinâmica de chuvas e remetido a uma necessidade contínua de estratégias de prevenção e adaptação a esses eventos.

A gestão de recursos hídricos no Estado teve dois marcos importantes: a criação da Agência Estadual de Recursos Hídricos (Agerh), em 2013 (Lei 10.143), e o aperfeiçoamento da Política Estadual de Recursos Hídricos, em 2014 (Lei 10.179). Mas o desafio ainda persiste: a integração das políticas públicas sustentáveis ao processo de desenvolvimento.

É urgente a implantação de um novo modelo de gestão das águas - que prime pela base técnica e pelo diálogo entre os agentes que integram o sistema de gestão de recursos hídricos no Estado e os órgãos que coordenam as políticas de agricultura, meio ambiente, saúde, saneamento, educação, desenvolvimento, transparência, dentre outras. Unindo, por exemplo, a agenda da água com a agenda florestal, entendendo que as florestas contribuem para o desenvolvimento de toda uma infraestrutura natural para reequilibrar a dinâmica hídrica.

As barragens, muito comentadas no início do ano, devem vir acompanhadas de bons processos de planejamento, projetos e técnicas construtivas, além dos importantes – e muitas vezes esquecidos - dispositivos de segurança, com sistema de monitoramento de riscos e o fundamental: gerenciamento e manutenção. Além, é claro, da preservação florestal no entorno.

Assim, chegaremos à segurança hídrica que tanto almejamos, mas por um novo caminho: o da integração.

Fábio Ahnert é doutorando em Engenharia Ambiental e diretor-presidente da Agência Estadual de Recursos Hídricos (Agerh)

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora

últimas dessa coluna


Exclusivo
Tribuna Livre

Criminalização da homofobia: um passo no combate à violência

As questões relacionadas à comunidade LGBT – lésbicas, gays, bissexuais, travestis e transexuais – vêm ganhando espaço no meio acadêmico, jurídico e social em razão dos debates acerca da promoção e …


Exclusivo
Tribuna Livre

Como os municípios podem aumentar os investimentos

Recentemente o Tribunal de Contas do Estado do Espírito Santos (TCE-ES) divulgou dados informando que, em 2018, 93,33% dos recursos orçamentários dos municípios do Estado utilizados para custeio das …


Exclusivo
Tribuna Livre

A vida e suas expectativas

Durante boa parte da nossa história, a maioria da população foi formada por jovens. Com o passar dos anos, esse cenário tem passado por modificações. Hoje, vive-se mais que os antepassados. A …


Exclusivo
Tribuna Livre

Atendimento que ajuda a salvar vidas

Em 1984, um anúncio nos jornais do Estado marcava o início de uma história que, em junho deste ano, completa 35 anos. Em texto breve, o anúncio convidava interessados em participar de um curso para …


Tribuna Livre

Polícia Interativa: uma marca capixaba

O ano era 1994, seis após a promulgação da Constituição Federal de 1988, o então tenente, hoje coronel da reserva da PMES, Júlio Cézar Costa, apresenta no programa “Fantástico” uma ação em Guaçuí que …


Exclusivo
Tribuna Livre

Trabalhadores em risco: o desastre dos desastres

A reforma trabalhista, não há mais dúvidas, é um gigantesco fracasso. Obsessivamente vendidas como uma grande solução para o País, as mudanças na CLT completaram um ano e meio, com o País à beira da …


Tribuna Livre

Educação 4.0

Estamos num divisor de águas para a educação no Brasil. Se já temos resultados catastróficos no mundo analógico, se não tomarmos providências, aumentaremos em proporção geométrica nosso atraso no …


Tribuna Livre

O revés do transporte público

Uma mobilidade urbana desejável proporciona às pessoas deslocamentos seguros, confortáveis e em tempo razoável, por modais satisfatórios e sustentáveis. A população que vive em cidades explode a …


Tribuna Livre

Você pode ser indenizado por ligações excessivas de call center!

Anda recebendo ligações insistentes de alguma empresa ou operadora? Difícil é encontrar quem não passe por essa situação. Uma cena comum do dia a dia: o celular começa a receber insistentes ligações, …


Exclusivo
Tribuna Livre

Vida nova no Velho Continente

Todos nós conhecemos alguém que já tenha demonstrado interesse em se mudar do Brasil, seja por querer um novo rumo para sua carreira, seja por desejar uma vida melhor para sua família. De acordo com …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados