search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Garotas capixabas na elite da Matemática

Notícias

Educação

Garotas capixabas na elite da Matemática


Seis meninas vão representar o Estado no 1º Torneio Meninas na Matemática (TM), promovido pelo Instituto de Matemática Pura e Aplicada (Impa). Elas fazem parte do grupo de 249 meninas de 19 estados do País que foram convidadas para participar da competição.

As estudantes selecionadas são Laysa Gilles Guidi, de 15 anos, Luiza Souza Rubim, 14, da Escola Leonardo da Vinci; Helena Guachalla de Andrade, 15, da Escola Crescer; Yana Regina Confessor Machado, 16, do Ifes da Serra; Natália dos Santos Mendes, 13, da rede municipal de Marechal Floriano; e Maria Clara Pereira de Souza, 14, da rede pública de Itaguaçu.

Em comum, as garotas têm o amor pela Matemática. Elas foram selecionadas para o torneio pelos bons resultados na 40ª Olimpíada Brasileira de Matemática (OBM) de 2018, na 14ª Olimpíada Brasileira de Matemática das Escolas Públicas (OBMEP) e na seleção feita diretamente pelos coordenadores regionais do torneio.

As estudantes Yana Regina, Laysa  Guidi, Luiza   Rubim e Helena Guachalla têm em comum o amor pela Matemática. (Foto: Leone Iglesias/AT)
As estudantes Yana Regina, Laysa Guidi, Luiza Rubim e Helena Guachalla têm em comum o amor pela Matemática. (Foto: Leone Iglesias/AT)

A estudante Yana Regina afirmou que se inspirou nas professoras que teve durante sua vida escolar. “Eu gosto de desafios, e todas as minhas professoras de Matemática foram mulheres. Eu me via nelas”, contou.

Já para Helena Guachalla, o gosto pelos números veio de dentro de casa. “Eu sempre gostei de Matemática. Os meus pais me apoiam muito. Meu pai e minha mãe são engenheiros, então já cresci em um ambiente inspirador”, disse.

Maria Clara mora em Itaguaçu, Noroeste do Estado, e recebeu com alegria a notícia da seleção para o torneio. “Tenho tentado manter a calma, mas só de ter sido convidada a participar já é uma grande oportunidade. Espero que meus estudos me ajudem a alcançar mais um prêmio”, comentou.

O 1º Torneio Meninas na Matemática tem como um dos objetivos incentivar a participação feminina em olimpíadas científicas.

O torneio também vai servir como primeiro teste de seleção de quatro alunas que vão representar o Brasil na European Girls' Mathematical Olympiad (Olimpíada Europeia de Matemática para Garotas, em tradução livre).

A prova acontece no dia 17 de outubro. No Estado, será aplicada nas unidades da Universidade Federal do Espírito Santo (Ufes) em Vitória e São Mateus.
 

Leia a matéria completa na edição do jornal A Tribuna desta sexta-feira (6).


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados