Formigamento pode indicar má postura e até doenças

Já sentiu mãos, braços e pés formigando? Esse é um sintoma normal causado geralmente pela má postura: é que quando os nervos e vasos sanguíneos são comprimidos, a circulação local é prejudicada.

Cruzar as pernas, sentar na cadeira com o corpo inclinado para frente, digitar no computador sem apoio para os braços e dormir com os braços presos são as causas mais comuns do formigamento.
Só que quando o sintoma é recorrente é preciso investigar mais a fundo. Hipertensão, diabetes, infarto e até o acidente vascular cerebral (AVC) também podem causar essa sensação.

Membro efetivo da Sociedade Brasileira de Angiologia e Cirurgia Vascular e da Sociedade Americana de Cirurgia Vascular, o angiologista Leonardo Koehler Gürtler explicou que as pessoas sentem formigamento recorrente no corpo por diversos motivos, entre eles por problemas circulatórios e/ou problemas nos nervos periféricos e na coluna espinhal.

Leonardo Koehler Gürtler diz que  formigamento prolongado  precisa ser investigado por um especialista (Foto: Acervo pessoal)
Leonardo Koehler Gürtler diz que formigamento prolongado precisa ser investigado por um especialista (Foto: Acervo pessoal)

“Ele (o formigamento)

Saiba mais (Foto: Luciana Pimentel)
Saiba mais (Foto: Luciana Pimentel)
pode ser decorrente de doenças do aparelho circulatório, tais como doenças venosas (varizes, inflamações e trombose) e arteriais, assim como decorrente de problemas neurológicos na coluna espinhal e também por doenças dos nervos periféricos”, disse o médico.

Leonardo Gürtler ressaltou que todo formigamento que perdure por tempo prolongado ou que seja recorrente precisa ser investigado por um especialista. Os principais exames para saber as causas do formigamento de origem vascular são o exame físico, feito pelo angiologista, e também exames complementares, como o Eco-Color Doppler e a angiografia, que é o exame radiográfico dos vasos sanguíneos (veias e artérias).

Para melhorar a circulação sanguínea do corpo, o especialista recomenda que o corpo se mantenha em movimento.

“Atividade aeróbica regular com orientação geral e uso de meias elásticas melhoram a circulação”, salientou.

A escleroterapia, conhecida popularmente por “aplicação de varizes”, também é uma recomendação para melhorar a circulação.

Veja mais na edição deste domingo do Jornal A Tribuna.