search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Força das circunstâncias
Painel da Folha de São Paulo

Força das circunstâncias

O conflito de versões da Polícia Civil e do Ministério Público do Rio sobre a obtenção da planilha que vinculou o nome de Jair Bolsonaro a suspeito do assassinato de Marielle Franco renovou a determinação da Procuradoria-Geral da República de buscar a federalização do caso, dizem integrantes do órgão.

A avaliação é a de que o pedido para tirar a investigação das mãos do estado, feito por Raquel Dodge logo no início da apuração, poderia morrer de inanição, mas, agora, deve ser reforçado.

Prato feito
A avaliação de integrantes do Ministério Público Federal é a de que, agora, todas as condições estão dadas para uma mudança de patamar da investigação.

Passa...
A Folha revelou ontem que a Polícia Civil tem desde novembro do ano passado a planilha que aponta a casa do Presidente como a que autorizou o ingresso de um suspeito de matar Marielle no condomínio em que os Bolsonaros moravam no Rio.

...ou repassa
A documentação, ainda segundo apuração da Folha, teria sido enviada ao Ministério Público do Rio em março deste ano. Recentemente, porém, o órgão disse só ter tido acesso às planilhas no mês passado.

Elevador
Segundo investigadores, o procurador-geral de Justiça do Rio, Eduardo Gussem, esteve ontem com o procurador-geral da República, Augusto Aras. A promotoria se comprometeu a enviar os áudios obtidos na portaria do condomínio de Bolsonaro à análise de autoridades federais.

O cara
O procurador Douglas Araújo foi sorteado para comandar o procedimento aberto pela PGR. Após o Ministério Público do Rio ter dito que o porteiro que anotou o número da casa de Bolsonaro na planilha do condomínio mentiu, Sergio Moro (Justiça) solicitou apuração. É este o caso sob a alçada de Araújo.

Batata quente
O pedido de federalização está nas mãos de Laurita Vaz, do Superior Tribunal de Justiça. Segundo colegas, ela pretende levar o caso a julgamento ainda esse ano.

RSVP
Centrais sindicais decidiram enviar carta ao presidente da Câmara, Rodrigo Maia, pedindo a cassação de Eduardo Bolsonaro (PSL-SP). Motivo: a declaração em que o deputado mencionou “um novo AI-5” como antídoto a uma radicalização da esquerda. Querem um encontro para entregar a missiva em mãos.

Chama a cavalaria
As associações que representam juízes federais, estaduais e procuradores pediram encontro com o presidente do STF, Dias Toffoli, para conversar sobre a reforma administrativa. Eles querem que o ministro se manifeste contra alguns pontos da proposta do governo.

Reforço
Na segunda, o procurador-geral, Augusto Aras, criticou a ideia de reduzir o período de férias no Ministério Público. A manifestação ocorreu após a provocação de integrantes do órgão.

Cara a cara
Depois de levar as reivindicações ao ministro, a ideia de representantes da Frentas, a frente que congrega essas associações de classe, é procurar o próprio Jair Bolsonaro para tratar de eventuais perdas para as categorias.

Vai ter luta
Hoje, dizem as entidades, após a aprovação da reforma da Previdência e da Lei de Abuso de Autoridade, o clima não é favorável ao governo no Judiciário. Se a reforma acarretar perdas de direitos, dizem, pode não ser possível segurar o movimento que defende paralisação.

Freio de mão
A pressão dos servidores é um dos fatores que levaram o time econômico a adiar a reforma administrativa para a semana que vem. Segundo relatos, há pedido dentro do governo para que a proposta seja calibrada.

Soldado novo
O general Maynard Santa Rosa, que pediu demissão da chefia da Secretaria de Assuntos Estratégicos nesta semana, deverá ser substituído por um embaixador. Assessor especial, Filipe Martins foi cotado para o posto, mas o herdeiro da cadeira deve ser um diplomata indicado do chanceler Ernesto Araújo.

Tiroteio

“O pacotão de Guedes aumenta o abismo social. Diminuir o papel do Estado é prejudicar saúde e educação dos mais carentes”. De João Carlos Gonçalves, o Juruna, secretário-geral da Força, sobre as medidas econômicas que inflaram os ânimos do mercado.

Publicação simultânea com a Folha de São Paulo

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Volte uma casa

Nota técnica da consultoria do Senado do último dia 3 diz que liberar o trabalho de professores aos domingos, como prevê a Medida Provisória do Emprego Verde e Amarelo, pode ferir a Constituição. …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Bandeira social

O novo Bolsa Família, em elaboração pelo governo, amplia as faixas etárias de beneficiários. A ideia é expandir o pagamento extra a famílias com crianças de até 36 meses (3 anos) e àquelas que …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Alô, direita

O congresso do PSDB amanhã em Brasília trará acenos ao eleitorado bolsonarista. Consulta prévia a filiados pela internet mostrou maiorias a favor do pagamento de mensalidade em universidades …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

O show deve continuar

O secretário de Cultura, Roberto Alvim, deve ampliar o teto de captação de recursos da Lei Rouanet para musicais em teatro, de R$ 1 milhão para ao menos R$ 5 milhões. Em uma rara concessão a …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Regras do jogo

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), mandou recado a integrantes do PSL de que vai analisar uma a uma as suspensões aplicadas pelo partido a 14 deputados. Ele indicou que efetivará as …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Rota para o atalho

A saga de Jair Bolsonaro para criar a Aliança pelo Brasil, sua nova sigla, deve ganhar um reforço técnico hoje. Integrantes do comitê gestor da ICP (Infraestrutura de Chaves Públicas Brasileira), …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Passou da conta

A decisão do TRF-4 de não só manter como também ampliar a condenação de Lula no caso do sítio de Atibaia (SP) instalou em setores expressivos do Supremo e do Superior Tribunal de Justiça a percepção …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

ONG pagava por fotos de queimadas antes do fogo

Os “brigadistas” ligados a ONGs, presos por atearem fogo na floresta, negociavam a venda de fotos de queimadas à ONG internacional WWF antes mesmo de o incêndio ocorrer. Venderam 40 fotos por R$ …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Onde está seu Deus agora?

A elaboração do Orçamento de 2020, que entra no radar do Congresso semana que vem, vai alterar de vez a balança do poder. Esta será a primeira peça sob o modelo impositivo, no qual são os …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Fez-se a luz

Paulo Guedes chamou a atenção de investidores, do Supremo e do Congresso com a fala sobre o AI-5. Floresceu no primeiro grupo avaliação de que, ao perceber que não terá força para aprovar seu …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados