Esportes

Esportes

Fluminense fecha acordo para manter jogo da Sul-Americana no Maracanã


O Fluminense negociou com o Maracanã e conseguiu a liberação do estádio para a realização da partida diante do Deportivo Cuenca, dia 4 de outubro, pela volta das oitavas de final da Copa Sul-Americana.

O clube foi procurado por representantes da concessionária, que acenaram com a possibilidade de uma composição.

De acordo com o cronograma inicial da reforma do gramado, o campo estaria interditado até o dia 9 de outubro, mas as partes caminharam para um consenso que atendeu ambos os lados.

Mesmo com essa boa notícia, o Flu ainda não tem casa para os compromissos ante Grêmio e Paraná, pelo Campeonato Brasileiro. O clube estuda se jogará no Engenhão, estádio do Botafogo, ou se venderá os mandos para fora do Rio de Janeiro.

Em ofício enviado ao clube, a Greenleaf, empresa que cuida do campo, listou as ações necessárias: descompactação (perfuração para desenvolvimento das raízes), aeração (substituição de pinos), topdresser (aplicação de uma mistura de areia), correção do nivelamento e fertilização das folhas.

A firma assegura que os 13 jogos em 36 dias foram decisivos para a decisão, que não afeta o Flamengo. O time rubro-negro teve assegurados os seus compromissos diante de Corinthians e Atlético-MG, visto que os ingressos para estes clássicos já foram colocados à venda.

Cerca de um terço do terreno de jogo já recebeu cuidados especiais, mas as falhas não foram corrigidas.