search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Flamenguista conta com ajuda de torcedor vascaíno para ir à final da Libertadores

Esportes

Esportes

Flamenguista conta com ajuda de torcedor vascaíno para ir à final da Libertadores


Seja pelo alto preço da passagem, pelo longo deslocamento ou pela mudança de sede da partida na última hora, viajar para o Peru e acompanhar a final da Libertadores contra o River Plate, prevista para o próximo sábado (23), às 17 horas (de Brasília), se tornou uma verdadeira aventura para diversos capixabas fanáticos pelo Flamengo.
Essas histórias, cujo final esperado é a taça continental erguida pelo capitão Everton Ribeiro no próximo sábado, tiveram alguns capítulos bem dolorosos, como no caso da guia turística Emanuele Muqui, de 27 anos, que contou com uma ajuda muito inesperada para realizar o sonho.
Apesar de ter o emprego dos sonhos – a agência na qual trabalha leva torcedores para ver jogos do Flamengo dentro do Brasil –, a capixaba não teria condições de ir assistir ao jogo mais importante das últimas décadas do seu time.
No início deste ano, ela ficou internada por 70 dias para se recuperar de uma bactéria na perna, algo que a deixou afastada do Flamengo.
“Para me ajudar, meus amigos ligavam para o hospital para me contar o resultado das partidas. Todos sabiam como o Flamengo poderia ajudar na minha recuperação física e psicológica”, afirmou.
Com o drama do seu tratamento sendo compartilhado por amigos em redes sociais, sua história chegou até um torcedor vascaíno que, compadecido da situação da moça, resolveu lhe dar um presente: a viagem para a grande decisão.
“Estou passando mal desde que soube que iria. Não estou conseguindo dormir mais. Penso nessa viagem 24 horas por dia”, diz a capixaba, que embarcou nesta quinta-feira (21) rumo a Lima.
“Acredito fortemente que o Flamengo vai ser campeão. No sábado campeões da Libertadores, domingo o Palmeiras perde (para o Grêmio, no estádio Allianz Parque) e somos oficialmente campeões brasileiros também”, projeta.
Mesmo com a ajuda do amigo, a ida para a capital peruana ainda reserva algumas doses de aventura, que incluem uma longa escala em São Paulo e duas noites de sono no saguão do aeroporto.
“Chegaremos em Lima à noitinha. Vou dormir no aeroporto até liberar o check-in do hostel no sábado. Só vamos ter tempo de chegar, tomar banho, almoçar e ir para o estádio. A volta vai ser a mesma coisa. Dormir no aeroporto e embarcar de volta no domingo”, brinca Emanuele.
E sem motivos para reclamar. “Após tanto tempo internada, recebi dois maiores presentes: a chance de viver de novo, e a oportunidade de ver o Flamengo na final da Libertadores”.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados