search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Fla oferece R$ 44 milhões a Pedro
Gilmar Ferreira
Gilmar Ferreira

Gilmar Ferreira


Fla oferece R$ 44 milhões a Pedro

A diretoria do Flamengo repete com o centroavante Pedro, de 22 anos, autor de 19 gols em 40 jogos do Fluminense em 2018, a estratégia adotada para contratar o uruguaio De Arrascaeta e o atacante Bruno Henrique, na virada do ano: oferece aos representantes do jogador um salário quatro vezes maior e, depois, procura o clube detentor dos direitos econômicos para formalizar uma negociação amigável. Como nas ocasiões anteriores, há otimismo.

Trocando em miúdos, significa dizer que os rubro-negros adoçaram a boca do artilheiro tricolor com um salário na faixa dos R$ 800 mil mensais (Pedro recebe atualmente cerca de R$ 200 mil) num contrato por cinco anos e encaminharam ao tricolor a compra de 35% dos direitos econômicos do jogador por 10 milhões de euros (R$ 43,8 milhões).

Como o rival detém 50% dos direitos, os outros 15% garantiriam mais uma quantia numa futura negociação.

Não fosse a rivalidade entre as torcidas e o fato de ter uma diretoria recém-empossada, o negócio seria visto com bons olhos.

O CT de Xerém tem produzido ótimos valores, os R$ 44 milhões ajustariam as contas, e o clube ainda teria 15% para faturar em negociações futuras.

Mas, no futebol, as relações comerciais obedecem a outros fatores importantes, e a diretoria tricolor, reunida ontem, decidiu que Pedro só sairá para clubes brasileiros com o pagamento dos R$ 110 milhões da rescisão (algo em torno dos 25 milhões de euros).

Isso, porém, não encerra a questão. Pedro é um pedido de Jorge Jesus que o Flamengo quer atender, e hoje o técnico e o vice de futebol Marcos Braz discutirão a questão.

Esperto, o português vê excesso de jogadores em determinadas posições e acha que o clube pode aproveitar a janela para fazer caixa. E como já ofertou R$ 44 milhões para ter 35% dos 50% em poder do Fluminense, talvez seja bom negócio investir o dinheiro da venda de alguns jogadores nos 50% de um jovem promissor.

“Mas e os outros 50%?”, o leitor há de perguntar.

A outra metade está em poder do Artsul Futebol Clube, da Série B do Rio, cujos proprietários agem como investidores.

Seduzi-los com a compra da fração e manutenção de boa parte dos percentuais não seria tarefa desgastante.

Pedro é cotado para estar na Copa do Catar em 2022 e, nas projeções do mercado, tem potencial para ser vendido pelo dobro do valor investido, se der certo no Flamengo.

É um investimento de risco que Jorge Jesus avaliza sem medo. Como português não costuma fazer mau negócio, o jogador está ansioso pelo desfecho.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Gilmar Ferreira

O que vem por aí

No final de outubro, mais precisamente na coluna do dia 27 (domingo), contei neste espaço que o sucesso do Flamengo do português Jorge Jesus estava sendo dissecado nos bastidores rivais. E que …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Craque coadjuvante

Apesar da fase de bonança, a diretoria do Flamengo tem se esforçado para não deixar que o sucesso alcançado em 2019 impacte no orçamento de 2020. Lembram que comentei por aqui situação de dois …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões

Que a queda do Cruzeiro já empobrece o Brasileiro de 2020 não tenho dúvidas. Mas o clube mineiro fez tanto descalabro em sua gestão que o rebaixamento não é imerecido. Isso, porém, não tem a ver com …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

A segunda pele

A diretoria do Vasco já decidiu que o time em 2020 terá um outro fornecedor de material esportivo. E a nova marca é uma velha conhecida dos cruz-maltinos: a italiana Kappa, grife que vestiu os …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Outro patamar

A ampliação em massa do número de sócios-torcedores do Vasco, crescendo em quase quatro vezes os cadastros de inscritos, já provoca a necessidade de mudanças para atender à nova demanda. E uma delas …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões

O “strike” que o Flamengo de Jorge Jesus faz em seus principais rivais, derrubando seus técnicos com atuações insofismáveis, e acumulando pontos incansavelmente, já é prova de que o trabalho do …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Um novo despertar

A torcida do Vasco parece ter percebido, de forma definitiva, que é ela o motor de propulsão da caravela que simboliza o clube. A adesão em massa ao projeto sócio-torcedor deflagrada com a …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Paixão S.A.

A discussão em torno do sucesso esportivo do Flamengo tem acirrado os ânimos em grupos de WhatsApp, desfeito amizades entre torcedores rivais nas redes sociais e destemperado batalhas ideológicas …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Minhas impressões

Que capítulo lindo o Flamengo adicionou à sua história, com a conquista de dois títulos em 24 horas. O bicampeão da Copa Libertadores foi oficialmente consagrado campeão brasileiro de 2019 com quatro …


Exclusivo
Gilmar Ferreira

Rumo ao topo do mundo

O Flamengo é bicampeão da América. Mas quem só leu os capítulos finais da história ou apenas se viu arrebatado após a emocionante e dramática vitória de 2 a 1, de virada, no sábado (24), sobre o …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados