search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Fica como está
Painel da Folha de São Paulo

Fica como está

Lula deu sinais a aliados de que não vai descer o sarrafo de seu discurso contra o governo Jair Bolsonaro, contrariando expectativa de integrantes de outros partidos de oposição e do próprio PT.

O petista disse a parlamentares que não é possível ter “condescendência” com os atuais ocupantes do Planalto. Um amigo do ex-presidente avalia que os que esperam outra atitude dele que não essa desconhecem sua natureza política. A polarização, explica, está no DNA do PT desde sua fundação.

Nada menos do que isso
Há dentro da própria sigla quem pregue uma mudança no eixo de atuação para uma chave mais propositiva, com o intuito de furar a bolha dos que já simpatizam com a legenda. Mas o piso do discurso que será adotado por Lula foi dado neste fim de semana, no congresso do PT.

Minha linha
Integrantes do partido dizem enxergar uma evolução no tom do ex-presidente desde a primeira fala, dada sob a emoção da saída da carceragem de Curitiba, e o último discurso feito no evento partidário. Neste, Lula classificou a atual gestão como um “governo de destruição do País, dos direitos, da liberdade e até da civilização”.

Teto
O grupo mais próximo ao ex-presidente defende a manutenção do embate no campo político e diz que Lula já aponta limites ao não pregar o “Fora, Bolsonaro”.

De olho
A direção nacional do DEM destacou um advogado para acompanhar a evolução das investigações sobre o deputado Alan Rick (DEM-AC), suspeito de ter desviado dinheiro na eleição usando uma candidata laranja, como mostrou a Folha.

Vapt-vupt
Se houver condenação judicial, o partido vai acionar mecanismos de sanção. Dada a exposição à que Rick submeteu a sigla, integrantes da cúpula da legenda não descartam a possibilidade de ele acabar expulso.

Tempo real
O prejuízo à imagem da legenda foi monitorado ontem nas redes.

Quem dá mais?
Deputados atuam para começar a discutir amanhã, na Comissão de Constituição e Justiça da Câmara, proposta que acaba com a unicidade sindical.

Quem dá mais II
A medida endurece as regras de sobrevivência dos sindicatos. O governo elabora projeto parecido, mas os parlamentares querem se antecipar na discussão.

Tudo que vai...
Dirigentes das principais centrais sindicais e senadores terão encontro com o presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), hoje, para fazer um apelo: querem que ele devolva ao governo a medida provisória que institui o programa Verde Amarelo.

Precedente
Deputados lembram que, quando comandou o Congresso, o senador Renan Calheiros (MDB-AL) mandou uma MP de volta ao governo Dilma Rousseff.

Não passarão
A proposta enviada pela equipe de Bolsonaro prevê taxar o seguro-desemprego como forma de alavancar a contratação de jovens. Alcolumbre encomendou pareceres sobre o texto. Pelo menos um deles diz que, como está, o projeto do Executivo é inconstitucional.

Abra a caixa
O Tribunal Superior Eleitoral deve mudar a forma como as legendas divulgam o uso do fundo partidário a partir do ano que vem.

Abra a caixa II
A ideia é que, no lugar de prestar contas ao tribunal uma vez ao ano com dados dos 12 meses anteriores, como é hoje, as siglas passem a informar e disponibilizar os gastos em tempo real. A tese consta em minuta de resolução que será debatida em audiência pública da Corte.

Para ontem
A cúpula do Aliança pelo Brasil, partido que Bolsonaro tenta fundar, espera iniciar a coleta das assinaturas requeridas para criar a legenda em até duas semanas.

Tiroteio

“Até aqui o governo só pensava em cortar direitos e benefícios sociais. Precisou ser provocado para acordar para a questão”.

Do deputado Paulinho da Força (SD-SP), sobre o governo decidir incitar projetos sociais próprios após a CÔmara lançar pacote contra a pobreza.


Publicação simultânea com a Folha de São Paulo

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Homem ao mar

Como forma de reduzir a crise na Secretaria de Comunicação, auxiliares de Jair Bolsonaro avaliam que Fábio Wajngarten tem que agir de modo mais efetivo e deveria optar por afastar Fábio Liberman, …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Devagar com o andor

Apesar da intenção de apresentar a reforma administrativa em fevereiro, a equipe econômica foi advertida de que trechos incomodam algumas categorias de servidores e podem complicar o avanço do tema. …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Espólio de guerra

Um dos pontos que o governo avalia para a venda dos Correios é o que fazer com um contingente de cerca de 40 mil pessoas que possivelmente vão perder o emprego com a privatização da estatal. Em …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Ao gosto do freguês

Advogados que atuam em causas penais já vislumbram a possibilidade de usar o juiz das garantias a favor de réus que hoje defendem. Um dos pontos que emergem é a leitura de que a nova figura …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Deixa para amanhã

Governadores de nove estados abriram mão de economizar parte de um total de R$ 2,58 bilhões em 2020 e 2021 ao adiarem o início da vigência de pontos da reforma da Previdência dos militares estaduais …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

A César o que é de César

A decisão do Supremo Tribunal Federal (STF) que autorizou a redução do valor do DPVAT neste ano não encerra a queda de braço travada pela área econômica com as administradoras do seguro. A …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

O que tem para hoje

Apesar da resistência em autorizar novas despesas, a equipe econômica indicou ao Palácio do Planalto que deve liberar R$ 2,6 bilhões neste ano para o 13º do Bolsa Família. Já a reformulação …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Um cajado, dois coelhos

Parlamentares e integrantes do Ministério Público Federal querem aproveitar a dificuldade de implementar o juiz das garantias na Justiça Eleitoral para impulsionar debate sobre a possibilidade de …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Da porta para dentro

Na falta de definição sobre quem será o candidato do PT que disputará a Prefeitura de São Paulo, o ex-presidente Lula demonstrou preocupação de que as prévias, previstas para 15 de março, resultem em …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Bumerangue

A sanção do juiz das garantias por Jair Bolsonaro será anexada à ação movida por Lula na ONU. A defesa do ex-presidente pretende fazer nova atualização no processo que tramita no Comitê de Direitos …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados