search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Festival de reggae e positividade com transmissão pela internet

Entretenimento

Publicidade | Anuncie

Entretenimento

Festival de reggae e positividade com transmissão pela internet


Depois do sertanejo, da música eletrônica e dos festivais misturando todos os estilos musicais, chegou a vez de o reggae invadir a casa da galera com sua mensagem de positividade em tempos de isolamento social.

É o Web Festival Reggae Brazuca, que até amanhã (01) reunirá os principais nomes do estilo nacional em lives no Instagram. E, entre os participantes, há uma galera conhecida do grande público, como Onze20, Tribo de Jah, Planta e Raiz, como também os capixabas da Herança Negra e Macucos, que se apresentarão para os fãs nesta terça-feira (31), às 22h e 23h, respectivamente.

Em entrevista ao AT2, Jon Santos, vocalista do Herança Negra, explica que o Reggae Brazuca é um coletivo de bandas de reggae que tem por objetivo trocar experiências entre os artistas do segmento por todo o País.

AT2 - Então, o coletivo não se reuniu exclusivamente ou nasceu diante desse cenário de quarentena. É isso?

Jon Santos - Sim. O Reggae Brazuca surgiu no ano passado e conta com bandas “faixas-preta”, como o Maneva, que tocou ontem, no primeiro dia do festival, até os artistas que estão começando.

Jon Santos, do Herança Negra: “Mensagem de perseverança” (Foto: Divulgação/Facebook)
Jon Santos, do Herança Negra: “Mensagem de perseverança” (Foto: Divulgação/Facebook)
E, neste período em que devemos ficar em casa, decidimos fazer como se fosse uma edição especial. É, mais uma vez, a hora de unirmos nossas forças.

São lives?

Sim. Cada participante do evento terá 30 minutos de apresentação. A ideia do festival é para a galera poder curtir do telefone, de onde estiver. É como se fosse uma gincana do bem. Está lindo! É importante darmos essa atenção para a música, a cultura.

E como está sendo a seleção musical? Os fãs ajudam a montar o repertório?

Sim! A galera está pedindo pelas nossas redes sociais. Estou anotando todas. Vamos tentar atender o máximo possível.
E quais são essas canções?

“Em Algum Lugar”, “Estrela da Paz” e “Adeus Menina”.

Reggae traz essa vibe de positividade. É o que o momento pede?

Sim. A música alivia o espírito. E, quando perdemos o contato com a arte, pelo menos de forma presencial, percebemos o quanto ela é importante. O reggae tem essa mensagem positiva de perseverança, alegria.

Estamos no momento de prestar atenção em quem a gente gosta e é através da dificuldade que encontramos nossa criatividade.

Web Festival Reggae Brazuca

Até a próxima quarta-feira (01), bandas de reggae farão shows ao vivo e de graça no Instagram. Novidades e bastidores do festival serão exibidos no Instagram do Reggae Brazuca.

Hoje
Onze20 às 17h, Tribo de Jah às 17h30, Alma Djem às 18h, Brasativa 18h30, Dom Vinera às 19h, Delon às 19h30, Braza às 20h, Bloco do Caos às 20h30, Tay Galega às 21h, Arthur Xará às 21h30, Herança Negra às 22h, Cadu Plumari às 22h30 e Macucos às 23h.

Amanhã
Reggae Brazuca Oficial às 16h30, Da Ghama às 17h30, Yutaka às 18h, Planta & Raiz às 18h30, Benziê às 19h, Sô Vibe às 19h30, Neto Trindade às 20h, Reggae a Terra às 20h30, Mato Seco às 21h, Via-Jah às 21h30, Bruno Dialeto às 22h, Atrip às 22h30 e Peu às 23h.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados