search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Festa da MPB com feras da música

Entretenimento

Publicidade | Anuncie

Para Ouvir

Festa da MPB com feras da música


Toquinho e Ivan Lins se divertem no palco e lembram casos e canções (Foto: Camilla Guimarães)
Toquinho e Ivan Lins se divertem no palco e lembram casos e canções (Foto: Camilla Guimarães)


Letras poéticas, melodias cheias de malemolência e encanto e harmonia impecável. O repertório de sua carreira é de fazer cair o queixo. Melhor dizendo, é de fazer cantar junto, em coro, a plenos pulmões!

E isso poderia ser dito a respeito de cada um deles. Não causa estranheza que a turnê “50 Anos de Música”, que reúne Ivan Lins, Toquinho e MPB4 no mesmo palco, tenha dado tão certo.

“Estreamos esse show em Belo Horizonte e, desde então, não paramos mais. Fizemos praticamente todas as capitais e, em muitas cidades, fomos mais de uma vez”, conta Milton Santos Filho, o Miltinho, do quarteto MPB4.

E, exatamente dois anos após apresentarem o espetáculo em solo capixaba, os amigos voltam a Vila Velha no sábado para repetir a dose. Na noite, os maiores sucessos da MPB. E grandes histórias.

Aquiles, Paulo, Dalmo e Miltinho, do MPB4, vão tocar canções marcantes (Foto: Camilla Guimarães)
Aquiles, Paulo, Dalmo e Miltinho, do MPB4, vão tocar canções marcantes (Foto: Camilla Guimarães)
“São músicas que todo mundo conhece há muitos anos, que todo mundo sabe cantar, canções que são históricas na MPB. Tudo vira uma grande festa no final das contas”, afirma Miltinho, de 74 anos.

Miltinho cantor e compositor do MPB4
“Toquinho conta as piadas. E o Ivan também”

AT2: São muitas canções conhecidas. Como escolher o que cantar?
Miltinho: Cada música que escolhemos cantar exige muitos ensaios, porque tem que fazer o arranjo, combinar as vozes, somos um quarteto. Mas, basicamente, pegamos aquelas músicas mais emblemáticas da carreira de cada um. E o nosso repertório é irrepreensível! A gentoe canta música boa! E tudo termina com uma grande festa, todos juntos.

AT2: E contam histórias...
Miltinho: No meio disso tudo, há muitas histórias sim. É uma noite muito divertida. O Toquinho conta as piadas dele, as histórias, ele sabe fazer isso muito bem, ele é danado. E o Ivan também é muito bom nisso!

AT2: A amizade é antiga. Como conheceram Toquinho?
Miltinho: Quando o MPB4 chegou a São Paulo, gravou o programa “Fino da Bossa”, com Jair Rodrigues e Elis Regina. Aquilo foi uma coisa meteórica na nossa carreira.
Mas o programa era gravado e alguns artistas se apresentavam para o público. Isso não ia ao ar. E ali estavam Toquinho, Chico Buarque, grandes artistas que depois brilharam na música brasileira. Ali começou uma amizade musical, que também incluía um futebol, uma cervejinha e uma ou outra bobagem que a gente fazia na rua. (Risos)

AT2: E Ivan?
Miltinho: O Ivan chegou um pouco depois. Eu já estava casado e morava no Rio, perto da casa do Maurício Tapajós, grande compositor. E o Ivan frequentava a casa do Maurício, nos conhecemos, nossas esposas, nossos filhos, ficamos muito próximos. Lembro que, na Copa de 1974, comprei uma TV colorida e todo mundo ia lá pra casa para ver jogo.

AT2: Essa amizade faz diferença na parceria musical?
Miltinho: Lógico, interfere muito. Nossa parceria musical é muito afinada. E a amizade também. A gente tem um orgulho imenso e um prazer enorme em dividir o palco com esses dois artistas maravilhosos. As pessoas vão sentir essa amizade vendo o show.

AT2: Divertem-se juntos?
Miltinho: Muito. Esses shows são oportunidades de nos revermos. De repente, está todo mundo dando risada. Somos muito amigos. Também é bom quando a gente se encontra no aeroporto, porque aí sempre podemos ver quem vai pagar o café. Aqui são quatro, né? Não é mole, não! O camarada pode dividir em 10 vezes. (Risos)

AT2: Qual é o segredo da longevidade do grupo MPB4?
Miltinho: É um somatório de várias coisas, vários vetores. Um deles é a nossa identidade política, que nos uniu. Não éramos amigos antes. Fomos nos conhecendo dentro do grupo, inseridos nesta identidade política. E foi dando certo, fomos nos adaptando, e foi uma coisa muito boa. Com erros e acertos. É assim, né? Se casamento já é difícil, você imagina um quarteto. (Risos)

Serviço:
“50 Anos de Música”
O quê: Show de sucesso e muitas histórias com os mestres da MPB Toquinho (SP), Ivan Lins (RJ) e MPB4 (RJ)
Quando: Sábado, às 22h. Abertura dos portões às 21h
Onde: Espaço Patrick Ribeiro, localizado na Área de Eventos do Shopping Vila Velha (Divino Espírito Santo)
Ingressos: Lugar individual em mesas: Setor Ouro a R$ 250; Setor Prata a R$ 225 e Setor Bronze a R$ 175. Cadeiras (meia-entrada, 3º lote): Ouro a R$ 80; Prata a R$ 70 e Bronze a R$ 60
Vendas: Lojas Metal Nobre (Grande Vitória), bilheteria do Espaço Patrick Ribeiro ou pelo site tudus.com.br
Classificação: 16 anos. Menores somente acompanhados dos pais ou responsável
Informação: 3533-2221
Apoio: Rede Tribuna
 


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados