search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Feliciano de olho na chapa de Bolsonaro
Coluna do Estadão

Andreza Matais e Marcelo de Moraes


Feliciano de olho na chapa de Bolsonaro

O enfático aceno de Jair Bolsonaro à reeleição, justamente no meio do eleitorado evangélico, fez o deputado Marco Feliciano (Podemos-SP) sonhar mais alto. O pastor, um dos mais expressivos líderes do grupo religioso, está de olho na vice-presidência em 2022.

“Só de evangélicos no País são 60 milhões. Seria uma chapa dos sonhos”, disse à Coluna. À medida que Hamilton Mourão se afasta, Feliciano se aproxima de Bolsonaro. Desde março, quando virou vice-líder, o deputado passou a frequentar o Planalto e viaja ao lado do Presidente.

Pede pra sair. Em abril, Feliciano protocolou impeachment de Mourão. Era crítico de Santos Cruz também. Na quinte-feira (21), ele foi ovacionado ao lado de Bolsonaro na Marcha para Jesus.

Real... Para governistas, a declaração do Presidente de que pretende disputar a reeleição foi obra da “espontaneidade bolsonariana”.

... politik. Sem, porém, deixar de enxergar cálculo no gesto. “Vai arrumar a casa para entregar para quem? Ciro? Marina? Doria?”, disse um aliado.

CLICK. Davi Alcolumbre passou seu aniversário em Petrolina. Estiveram presentes na reunião Fernando Bezerra, Augusto Coutinho, Elmar Nascimentos, entre outros.

Entre amigos. General Ramos já caiu nas graças da bancada evangélica. Por ser discreto, poucos sabem que ele é evangélico também.

Tá osso. Em mais uma queda de braço vencida pela ala ideológica, a comunicação de Hamilton Mourão está mudando. A pressão para manter o vice-presidente calado surtiu efeito. André Stumpf, então chefe de sua assessoria, pediu demissão

Irregular. Um pente-fino na concessão de remédios de alto custo para doenças raras identificou fraudes que podem alcançar R$ 60 milhões no Rio de Janeiro.

Saúde. Um falso positivo de um paciente com doença de Pompe que, sozinho, causou prejuízo de R$ 648 mil, motivou a Especializada de Serviços de Saúde da Procuradoria-Geral do Estado a revisar usuários de outros medicamentos.

Rombo. Dos 50 pacientes da doença DMRI já reanalisados, por exemplo, 25 não precisavam do remédio – dano estimado de R$ 750 mil no último ano.

Por fora. Para um dos remédios, cuja ampola custa R$ 2,5 mil, os investigadores acharam indícios de pacientes vendendo o excedente a clínicas particulares.

Sem limites. O esquema não poupou nem um leite indicado a crianças com graves alergias. Chamou a atenção da Procuradoria o fato de quase a totalidade das prescrições se restringir a quatro unidades de saúde.

Uni-vos... Ex-ministros de Ciência e Tecnologia se reúnem, pela primeira vez, no dia 1º de julho na UFRJ.

... também. Ao menos sete já confirmaram presença, entre eles: Aloizio Mercadante, José Goldemberg e Celso Pansera. Encontro similar já aconteceu com ex-titulares da Educação, Meio Ambiente e Justiça.

Do teto. Rodrigo Maia decidiu criar uma comissão especial para a PEC que regulamenta o teto dos gastos. Escolheu Felipe Rigoni (PSB-ES) para relatar.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Coluna do Estadão

Entorno de Huck vibra com ataque de extremos

Cresce entre apoiadores de Luciano Huck a sensação de que ele está no caminho certo. O motivo? Começou a “apanhar” dos extremos. Em entrevista recente, Lula disse que Huck “não representa a centro-es…


Exclusivo
Coluna do Estadão

Líder do DEM é favorito para comandar CMO

De olho nas eleições municipais deste ano, a cúpula do Congresso tem se articulado para indicar o líder do DEM, Elmar Nascimento (BA), para o comando da Comissão Mista de Orçamento neste ano. A …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Maia terá ainda mais poder, preveem líderes

Se quiser fazer avançar seu governo, Jair Bolsonaro terá de conviver em harmonia com um Rodrigo Maia ainda mais poderoso neste ano, avaliam líderes do Congresso. É o preço a ser pago pelo Presidente …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Com ou sem Regina, guerra cultural seguirá

A demissão de Roberto Alvim e a péssima repercussão do malfadado vídeo com alusões ao nazismo foram um revés para a guerrilha bolsonarista, mas não deverão motivar um cavalo de pau no rumo da …


Exclusivo
Coluna do Estadão

MPF quer manter poder de delações premiadas

Associações de procuradores federais e membros da Procuradoria-Geral da República (PGR) estudam pontos do pacote anticrime sancionado por Jair Bolsonaro que podem ferir a atuação dos Ministérios …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Homicídios mantêm tendência de queda

Em mais um passo para transformar o combate à violência na principal bandeira da gestão Sergio Moro, o Ministério da Justiça passa a divulgar a partir de hoje os dados de homicídios dolosos de mais …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Ex-bolsonaristas de SP negociam formar chapa

Após ter se separado do clã Bolsonaro, o PSL está livre na pista e dá sinais de que fará a fila andar: em São Paulo, busca se aproximar do MBL. A convergência entre o partido e o movimento passa …


Exclusivo
Coluna do Estadão

DEM e PDT a caminho de aliança no Nordeste

Apesar do atual cenário de polarização política, direita e esquerda caminham para fechar uma importante aliança eleitoral no Nordeste: DEM e PDT devem compartilhar palanques nas eleições municipais …


Exclusivo
Coluna do Estadão

Centro ainda procura voz contra polarização

O noticiário deste início de ano deixou de cabelo em pé quem ainda acredita no surgimento de um “centro democrático e ponderado” a tempo das eleições deste ano no País: a crise EUA versus Irã e a …


Exclusivo
Política Coluna do Estadão

Articulação sonha com “economia solidária”

A menos um mês da volta aos trabalhos no Congresso, membros da articulação política sonham com uma equipe econômica “menos independente” e “mais solidária” com o governo. A ideia deles é mudar o …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados