Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Exército de um homem só
Painel da Folha de São Paulo

Exército de um homem só

Dois subprocuradores que integravam a lista tríplice rejeitada por Jair Bolsonaro na sucessão da PGR reagiram enfaticamente à indicação de Augusto Aras, que não participou da eleição interna.

Na rede interna do Ministério Público Federal, Mário Bonsaglia e Luiza Frischeisen lembraram os colegas de que não há controle hierárquico no órgão e que todo procurador tem independência funcional. "Vamos defendê-la sempre e ficar mais vigilantes do que nunca", escreveu Bonsaglia.

Espinha ereta - "Vamos, cada um de nós, em seu ofício, mais vigorosamente do que nunca, seguir defendendo, com independência e altivez, contra qualquer desrespeito, a Constituição e as leis deste país!", conclamou Bonsaglia.

Sigam-me os bons - A manifestação de Luiza foi tão enfática quanto. "O melhor apoio que temos, nesses momentos difíceis, é o de cada um(a) de nós. O PGR ocupa um dos ofícios do MPF, entre 1.160", escreveu, em referência a Aras.

Sigam-me os bons 2 - "Cada um(a) de nós continuará propondo ações penais quando houver crime, não importa quem seja o autor; atuando na proteção do patrimônio público, do meio ambiente, de grupos que tenham tido direitos violados e zelando pela atuação dos órgãos de fiscalização. Sigamos!", encerrou a subprocuradora.

Efeito multiplicador - Bonsaglia e Luiza foram os dois nomes mais votados pela categoria. Têm, portanto, representatividade. Blal Dalloul, o terceiro colocado, fez críticas públicas e, internamente, agradeceu os colegas.

Inimigo do meu inimigo - O fato de alguns integrantes da esquerda terem atacado a decisão do presidente de indicar Aras por fora da lista tríplice facilitou a reorganização da defesa do subprocurador em alas do bolsonarismo. O deputado Marcelo Freixo (PSOL-RJ), por exemplo, fez críticas.

Álibi - Após a fala de Freixo, blogueiros e youtubers que apoiam o presidente afirmaram às tropas que a simples reação de parlamentares da esquerda ao nome de Aras deixava claro que, em alguma medida, Bolsonaro havia acertado.

Aqui se faz... - No fim, o presidente só trabalhava com duas opções: Aras e Dodge. Pesou contra a atual procuradora-geral o veto exposto por Eduardo Bolsonaro ao nome dela. Motivo: Dodge denunciou tanto ele quanto o pai no STF.

Bem na sua cara - Críticos da censura do prefeito do Rio, Marcelo Crivella (PRB), convocaram um "beijaço", neste sábado (7), às 19h, na Bienal. Crivella mandou recolher quadrinhos com a imagem de dois homens se beijando.

Ampulheta - Com o debate sobre o teto de gastos pegando fogo, a previsão é a de que a Comissão de Constituição e Justiça da Câmara comece a discutir, na próxima semana, proposta de emenda constitucional que permite ao governo cortar despesas obrigatórias.

Via rápida - O relatório do deputado Sóstenes Cavalcanti (DEM-RJ) foi protocolado nesta quinta (5). A PEC vai permitir, entre outras coisas, que o governo demita servidores sem estabilidade, corte incentivos fiscais e encurte a jornada do funcionalismo com proporcional redução de salários.

Suor e ranger de dentes - As medidas de ajuste seriam acionadas quando o comprometimento do caixa deixasse o governo a 5% do descumprimento da chamada regra de ouro –que diz que só se pode pegar dinheiro emprestado para investir. Desde 2016 há dificuldade para cumprir a norma.

Caiu na rotina - Teme-se no Congresso que, dado o buraco orçamentário do governo (o deficit programado para este ano é de R$ 139 bi), as medidas de contenção se tornem permanentes ou, pelo menos, vijam por muitos anos.

Remédio ou veneno? - A bancada da região Norte já se mobiliza para preservar a relevância da Zona Franca de Manaus após a reforma tributária. Os parlamentares temem que a alteração da arrecadação de impostos no resto do país acabe tornando a área menos atrativa para as empresas.

Apalavrado - O senador Eduardo Braga (MDB-AM) afirma que há acordo entre a bancada e o deputado Baleia Rossi (MDB-SP), autor da reforma tributária, para manter as vantagens comparativas da região.

TIROTEIO

"Absurdo viver isso em 2019, censura escancarada, forjada na LGBTfobia –que é crime–, e que o Crivella impôs no Rio."

Do deputado David Miranda (PSOL-RJ), após o prefeito da capital ter mandado apreender livros que expunham um beijo gay na Bienal.

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora

últimas dessa coluna


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

O teto é o limite

A ofensiva de deputados para debater proposta de emenda constitucional que autorize prisão após segunda instância nesta terça (15), dois dias antes de julgamento no STF, foi vista com ceticismo por …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Engata a primeira

Apontado como meta logo no início da gestão de Dias Toffoli na presidência do Supremo, o projeto de acelerar a solução de impasses judiciais que travam obras em todo o país entra agora em fase …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Bate e volta

Sob ofensiva de Jair Bolsonaro, o PSL decidiu se armar. Dirigentes dizem que a sigla já está cotando, por conta própria, empresas que possam analisar suas contas – o presidente cobra auditoria de …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Tela em branco

Integrantes da equipe econômica sugeriram incluir na reforma administrativa um dispositivo que proíba servidores públicos de terem filiação político-partidária. A vedação foi alvo de debates, na …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Pediu? Agora aguenta

O fragilíssimo equilíbrio do PSL implodiu com os últimos atos de Jair Bolsonaro. Deputados que manifestaram intenção de deixar a sigla ou que a atacaram publicamente, acompanhando o presidente, serão …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Soneto de separação

A cúpula do PSL não assiste inerte à movimentação de Jair Bolsonaro e de um grupo de deputados para se distanciar do partido. Ao contrário. A direção da sigla traça, há semanas, cenários para …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Maçã envenenada

Soou como tiro de alerta entre procuradores e juízes o telefonema, revelado pela Folha, nesta segunda (7), em que Marco Aurélio Canal, um dos auditores da Receita presos pela Lava Jato do Rio, disse …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Cai o véu

Para além do impacto da revelação, na Folha, de que a apuração sobre candidaturas laranjas no PSL de Minas levou a menções à campanha de Jair Bolsonaro, foi a reação de Sergio Moro (Justiça) à …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

Afasta de mim esse cale-se

A escalada das interferências do governo e de empresas públicas na produção cultural do País fez o grupo 342 Artes, que reúne artistas de diversas áreas, difundir entre seus participantes e colegas a …


Exclusivo
Painel da Folha de São Paulo

O mensageiro e a mensagem

Sergio Moro (Justiça) não deve enxergar o questionamento à ação publicitária criada para seu pacote anticrime como uma reação circunscrita à oposição. A ofensiva midiática, deflagrada em meio a …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados