Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Exercício em jejum emagrece?
Nutridicas

Exercício em jejum emagrece?

Gabriela Rebello
Gabriela Rebello
Treinar em jejum tem sido uma prática cada vez mais comum. Como exemplo, temos as pessoas que seguem dietas como a do jejum intermitente e realizam exercícios longe dos períodos das refeições. Na grande maioria, todos buscam algo em comum, o resultado rápido! Mas, ainda que a prática seja frequente, surge a dúvida: atividade física em jejum emagrece?

Já adianto: o grande problema de seguirmos essas ações sem o auxílio de um profissional especializado, seja um educador físico e/ou nutricionista, é que muitas das vezes acabamos ignorando detalhes importantes, às vezes por crença, às vezes por más interpretações.

A verdade é que, fisiologicamente, essas atitudes podem estar atrasando o processo de emagrecimento tão desejado.

Conversei com o personal Helder Souza e ele nos trouxe a informação de que antes de tudo é preciso ter definido que o emagrecimento só ocorrerá se o aumento de oxidação (“queima”) de gordura através da “queima” de energia pela rotina de exercícios físicos e dieta com restrição calórica planejada em um longo prazo for maior do que o consumo calórico.

Helder afirma que “o jejum, fisiologicamente, parece ser o estado ideal para ‘queimar’ gordura realmente, com a glicemia baixa ocorre a liberação de dois hormônios importantíssimos para quebra de gordura, o cortisol e o glucagon.

Ao começarmos o exercício aumentamos a quebra de gordura pela liberação de outros dois hormônios, a adrenalina e a noradrenalina, e com a glicemia baixa, continuamos a utilizar gordura proveniente do tecido adiposo e do músculo”.

Então nos perguntamos: Pronto este é o segredo! Será? O personal conclui que o quadro até parece o ideal, mas por estar em jejum, aumentamos o cortisol consideravelmente e este hormônio também é responsável pela proteólise, que é a quebra da matéria prima, a proteína, da sua massa muscular (massa magra), para ser utilizada como fonte energética.

Por causa da glicemia baixa pode começar a faltar glicose para o cérebro, causando cansaço, fadiga, sensação de desmaios, podendo comprometer o seu desempenho no treino.

Não menos importante, o sistema imunológico também fica mais fragilizado. Sendo assim, parece que a única vantagem de treinar em jejum é que o método pode favorecer a mobilização de gordura, mas apenas durante o exercício.

Mas e então Nutri, o que comer antes do treino? Não é qualquer alimento que resolve. Dependendo do intervalo que você tem entre comer e treinar, deve priorizar alguns nutrientes e dispensar outros, buscando melhorar o rendimento.

Até uma hora e meia antes do treino, coma proteína (ovo, atum, frango), importante para a recuperação e a manutenção dos músculos, e carboidrato (pães e biscoitos integrais, arroz e macarrão integral e batata-doce).

Só dá para comer uma hora antes do exercício? Então fique apenas com o carboidrato e dispense a proteína, como uma porção de salada de frutas com granola, por exemplo.

Caso esse intervalo seja ainda menor (de 40 a 30 minutos) prefira carboidrato de mais rápida absorção como uma tapioca recheada com banana e pasta de amendoim – eles ficam menos tempo no estômago e garantem a energia necessária para malhar.

Partindo do princípio que durante o treino você perde calorias, mas também eletrólitos, aminoácidos e outros elementos, sua estratégia de nutrição pré-treino deve contemplar a variedade de alimentos e, claro, sem se esquecer da hidratação.

Tudo é uma questão de bom senso! Há inúmeras estratégias que podemos introduzir em um processo de emagrecimento, mas para isso necessita-se de muita disciplina. Na dúvida procure um profissional.

Forte abraço, bons treinos e até a próxima!


últimas dessa coluna


Exclusivo
Nutridicas

Dormir é fundamental para uma vida saudável

Nós vivemos em um mundo de pessoas privadas de sono. A cada ano, há mais exigências do nosso tempo: escola, trabalho, família, amigos, redes sociais, televisão. E o engraçado é que quando paramos …


Exclusivo
Nutridicas

Alimentação adequada para a saúde do homem

Para muitas famílias o lugar mais aconchegante da casa é a cozinha e por muitas décadas era o reino das mulheres. Mas essa teoria está mudando. Nos últimos anos, essa área está sendo invadida pelos …


Exclusivo
Nutridicas

Inverno, a estação mais fácil de “escorregar” na alimentação

A estação mais gostosa do ano chegou, o inverno. Quem concorda? Rs. Época de tomar um chazinho e ficar embaixo das cobertas. Mas vocês sabiam que o inverno é a estação mais fácil de “escorregar” na …


Exclusivo
Nutridicas

São João sem perder a linha na hora de saborear os quitutes

Olha a barriga! É mentira. As festas de São João estão aí! E o nosso santo não dá trégua e vem cheio de comidinhas gostosas, para nos tentar, né? Mas já adianto, é sim possível (e até compreensível) …


Exclusivo
Nutridicas

Incontinência urinária e alimentação: existe relação?

Independente do clima, mais quente ou frio, a recomendação dos médicos e nutricionistas, no geral, sempre é a de ingerirmos bastante líquido, não é verdade? Beber muito líquido é essencial para …


Exclusivo
Nutridicas

Participar de corridas de rua exige preparação física e mental

Cada vez mais popular, tanto pela praticidade quanto pelo “apelo” em massa de milhares de praticantes e eventos profissionais e amadores, dentro e fora do País, as corridas de rua vêm tomando o seu …


Exclusivo
Nutridicas

O supernutritivo abacate e os seus benefícios para a saúde

Muita gente fica meio assim quando se fala em abacate, pela fama de ser uma fruta calórica e ‘gordurosa’. E é verdade, 100g de abacate tem cerca de 162 calorias, o que equivale a um pãozinho francês. …


Exclusivo
Nutridicas

Em doses certas, gengibre traz muitos benefícios para a saúde

Sabe aquele gengibre que as avós mandavam comer para melhorar da gripe? Pois bem, elas tinham razão. Conhecido pelo seu sabor picante, o gengibre é um daqueles alimentos que, em doses certas, traz …


Exclusivo
Nutridicas

Café faz parte da vida saudável?

Você é desses que só acorda depois de uma xícara de café? Não se desespere, pois você não é o único, rs. O café está presente na cultura do brasileiro e é difícil encontrar uma família que não tenha …


Exclusivo
Nutridicas

Adoce o seu dia!

Você certamente já deve ter ouvido falar que mel é bom para a saúde, principalmente para a garganta. Quantas vezes, quando éramos crianças, nossas mães nos davam mel para aliviar as tosses horríveis …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados