search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

“Estamos vivendo o auge da saudade”, afirma Matheus, da dupla com Kauan

Entretenimento

Publicidade | Anuncie

Entretenimento

“Estamos vivendo o auge da saudade”, afirma Matheus, da dupla com Kauan


 (Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

Em tempos de isolamento social, a saudade tem liderado os sentimentos entre as pessoas. Mas quais são os sintomas de saudades? Como identificar que vivemos o auge desse sentimento?

“É quando a pessoa quer estar muito perto da outra e, por alguns motivos, ela não consegue. Como agora na quarentena: cada um na sua casa, isolado. Acredito que a gente esteja passando exatamente por isso. Estamos vivendo o auge da saudade”, define o sertanejo Matheus, 25 anos, que faz dupla com Kauan, 31.

Mas o clima de saudade também pode ser bom, acreditem! Apesar de sentirem falta dos palcos, do contato pessoal com o público, os irmãos de Itapuranga, Goiás, estão em clima de festa, de #TBT.

Isso porque, nesta sexta-feira (29), às 22h45, os sertanejos lançarão o DVD “10 Anos na Praia”, em uma live que promete um passeio pela carreira dos donos dos hits “Litrão”, “Nosso Santo Bateu”, “Vou ter que Superar”, “Auge da Saudade”.

Então, pelo visto, o clima de praia vai invadir a casa da galera? “Será uma comemoração. Neste momento, a gente estaria realizando vários shows pelo País, lançando esse projeto. Mas, enfim, sabemos, que, por uma força maior, isso não pode estar acontecendo. Mas vai acontecer! A ideia é levar uma experiência de show para a casa das pessoas. Claro que de forma bem mais intimista, mas com o cenário do DVD. Estamos nos preparando para isso, e bem ansiosos”, conta.

Kauan vai além, ao falar do show-live: “Tentaremos usar luzes que remetam à proposta de ter um DVD o mais vibrante possível para contagiar a plateia e fazer com que essa energia transborde para a tela”, adianta Kauan.


Matheus | Cantor e compositor
“A música pode curar as pessoas”


AT2: Escolheram comemorar 10 anos de carreira na praia, com o DVD “10 Anos na Praia”. Como foi essa seleção musical?
Matheus: Tivemos que selecionar a dedo algumas músicas que marcaram nossa carreira e outras que gravamos lá no começo, que foram muito importante para nós. O DVD também tem inéditas! É para firmar que vivemos uma linda história nesses 10 anos.

Viu esse tempo passar?
Quando fazemos o que amamos, o tempo é só um detalhe. Então, 10 anos parecem 10 meses. Rodamos o Brasil inteiro e lá fora também. O tempo realmente voa. Algumas coisas mudaram, como a nossa maneira de pensar, de lidar com a fama. Para a gente não pirar, com a nova rotina. As coisas mudam e as pessoas mudam com a gente.

Estão vivendo a realização de um sonho?
No início é tudo muito escuro, incerto. Temos um sonho de fazer sucesso, mas nem sabemos o que é o sucesso. Hoje temos uma carreira estável, graças a Deus. Claro que sempre queremos um algo mais: uma música diferente, um som novo, tocar as pessoas de maneira diferente. Essa é a nossa maior projeção de carreira. Vivemos com certeza a realização de um sonho.

“Litrão” é uma das faixas do DVD, que está fazendo o maior sucesso. Acredita que, através da música, passeamos por vários lugares, experiências?
Sim. Por conhecer várias culturas e pessoas, acabamos sabendo das suas histórias, do que gostam de ouvir, do ritmo. Acho que temos que contar a história das pessoas de alguma forma, para que elas se identifiquem.

Por falar em música, a live será para a galera amenizar a ansiedade e colocar a alegria para espantar os fantasmas dos pensamentos negativos?
Sim! A música pode ajudar. Ela tem força para isso. A música pode curar as pessoas e, neste momento tão complicado que vivemos, tem sido uma grande aliada. A música tem sido a paz das pessoas, afastando a ansiedade e ajudando a levar um pouco de alegria para cada uma delas.

Vai rolar o momento #TBT?
Sim, sempre. Tem muita gente que nos acompanha e temos que ser gratos por isso. Não podemos deixar de cantar “Que Sorte a Nossa”, “Ser Humano ou Anjo”, “Mundo Paralelo”, “Nosso Santo Bateu”, e por aí vai. Vamos fazer uma retrospectiva desses 10 anos.

Em 10 anos de carreira, qual o grande momento destacaria?
Acho que foi lá em 2011, quando fizemos o primeiro show grande, para 40 mil pessoas. Era um festival em Caldas Novas. Quando subimos e vimos que aquilo tudo estava acontecendo, choramos muito.

Já fizeram alguma canção nesta quarentena? O que mais tem feito?
Tenho lido bastante, ficado com os filhos. Isso sem contar com a música, que é uma paixão muito grande, que pulsa. Aí, quando bate a saudade dos shows, de cantar, pegamos o violão, o teclado, sentamos e vamos tentar criar algo. Temos feito muitas coisas novas e estamos pensando até em lançar um projeto, depois desta quarentena, usando algumas músicas que temos feito neste período.


Serviço


“10 Anos na Praia”
O quê: Live de lançamento do DVD da dupla goiana, com sucessos e novidades musicais
Quando: Sexta-feira (29), às 22h45
Onde: Com transmissão pelo canal da dupla no Youtube e no Música na Band.


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados