X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Vitória celebra o Dia dos Direitos Humanos com show de Silva e Maria Gadu

| 03/12/2019 17:31 h | Atualizado em 04/12/2019, 08:00

Silva terá participação de Maria Gadu em seu show
Silva terá participação de Maria Gadu em seu show |  Foto: Divulgação / Facebook Oficial

Para celebrar o Dia Internacional dos Direitos Humanos, a Secretaria de Cidadania, Direitos Humanos e Trabalho de Vitória (Semcid) vai promover, no próximo dia 10 de dezembro, o show "Vitória de Todas as vozes: um canto de igualdade". O evento contará com show de Silva e participação de Maria Gadu, no dia 10 de dezembro.

O evento será gratuito e acontece na Praça do Papa, às 19 horas. A atração vai contar ainda com a participação da artista capixaba Monique Rocha, com o projeto Samba para Moças.

"Nós vivemos uma cultura de muito preconceito em relação aos direitos humanos, principalmente por aqueles que não conhecem profundamente o tema mas controem viões distorcidas sobre o que são os direitos humanos, o que fazemos e como é a política. Este é o momento de falar sobre a importância e reafirmar o compromisso de Vitória", explicou o secretário municipal de Cidadania, Direitos Humanos e Trabalho, Bruno Toledo.

"Uma cidade que se orgulha da sua gente e que tem investido muito na busca incessante por igualdade entre todos. Realizar o "Vitória de todas as vozes" no Dia Internacional dos Direitos Humanos marca esse compromisso da gestão e visa congregar toda a cidade em torno do tema do respeito à dignidade humana", completou.

Bruno Toledo, secretário municipal de Cidadania, Direitos Humanos e Trabalho
Bruno Toledo, secretário municipal de Cidadania, Direitos Humanos e Trabalho |  Foto: Kadidja Fernandes / AT

Ativismo

Além do show, a Secretaria irá promover outras atividades para reforçar ações como o enfrentamento à violência doméstica. Nos próximos dias, haverá ainda rodas de conversas, exibição de documentários, seminários, concerto musical e oficina.

"Estaremos com diversas atividades que nos ajudarão a entender o sistema estruturante do patriarcado. Todos devem estar comprometidos na construção do conhecimento pela defesa da vida das mulheres e uma sociedade mais justa", disse a coordenadora de Políticas para as Mulheres da Semcid, Mariana Bernardes.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em nosso grupo do Telegram

MATÉRIAS RELACIONADAS