X

Olá, faça o seu cadastro para ter acesso a este conteúdo

*Você não será cobrado

Login

Esqueci minha senha

Não tem conta? Acesse e saiba como!

Atualize seus dados

Álbum inédito de Alcione após 7 anos

| 01/06/2020 14:37 h

Imagem ilustrativa da imagem Álbum inédito de Alcione após 7 anos
Não foi do dia para a noite que Alcione conquistou o posto de Rainha do Samba. São quase 50 anos dedicados à música, e essa história ainda está longe de acabar, visto que a Marrom acaba de lançar o 42º disco da carreira, “Tijolo por Tijolo”, título que retrata bem a sua caminhada até aqui. “Foi assim que construí minha carreira. Não caí de paraquedas na Sapucaí! Desde o início optei pela construção de uma trajetória, jamais pensei em ser apenas uma cantora de sucesso. Talvez por isso tenha conquistado tal longevidade em minha carreira”, diz. O novo álbum é o primeiro depois de sete anos sem gravar um CD de canções inéditas. Após ouvir centenas de músicas compostas especialmente para ela, a cantora selecionou 14. Entre elas, os singles “Fascínio”, “Alto Conceito” e a faixa-título do trabalho produzido por Alexandre Menezes. Destaque para uma nova contribuição, a do cantor Jorge Vercillo, que escreveu “Meu Universo” ao lado de Zeppa. Eles se juntam a compositores prestigiados por Alcione como Serginho Meriti, Arlindo Cruz e Fred Camacho. Nos versos, homenagens ao Maranhão, em “Lençóis”, à Bahia, na canção “Santo Amaro é uma Flor”, ao seu ritmo do coração, em “O Samba Ainda É”, e ao Rei Pelé, em “O Homem de Três Corações”. “Ele merece todas as homenagens. E eu, felizmente, estou tendo a oportunidade de reverenciá-lo”.

Quer receber as últimas notícias do Tribuna online? Entre agora em um de nossos grupos de Whatsapp

MATÉRIAS RELACIONADAS