search
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.


Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

esqueceu a senha? Assinar agora
Cookies não suportados!

Você está utilizando um navegador muito antigo ou suas configurações não permitem cookies de terceiros.

Emprestar ou não, eis a questão!
Claudia Matarazzo
Claudia Matarazzo

Claudia Matarazzo


Emprestar ou não, eis a questão!

Emprestar é ceder temporariamente a alguém algo que é seu. O conceito é simples, mas o emprestar envolve confiança e desapego. E, muitas vezes, amizades ficam estremecidas por conta de empréstimos até nem tão importantes.

Ora, o mais importante é estar preparada para um eventual pedido – pode, pelo menos, diminuir suas chances de ficar contrariada ou levar sustos. Afinal, combinado não sai caro...

O que avaliar antes de emprestar – É preciso avaliar se você ama demais aquilo e não quer arriscar danificar – ou até mesmo que não volte. É simples assim. Não importa o valor da coisa, se responder: “Ah, esse é de estimação, não sai daqui de casa”, a pessoa não pode insistir, certo?
Também avalie se a pessoa merece o empréstimo – o “não” existe também para isso...

O que não deve ser emprestado – Peças íntimas (sutiã e biquíni), fone de ouvido, travesseiro...

Qual a melhor maneira de pedir algo emprestado? – Em particular, com tempo e sem pressão . Isso é básico. E sempre abrindo o pedido com um: “Vou te perguntar, mas você tem toda a liberdade de não querer, tá?”.

Depois, emenda: “Você se importa de me emprestar...”. E, ato contínuo, explica sucintamente o motivo do pedido e já diz quando pretende devolver...

Dinheiro emprestado – Prepare-se para ouvir não, e continuar amigo ...independente se vai pedir à família ou a amigos: não faça contas no bolso dele.

Você nunca sabe quais os verdadeiros compromissos do outro. Ele pode não ter de fato, e não simplesmente estar inventando desculpas.

Se é você que está emprestando – Saiba que a maior parte dos empréstimos de dinheiro entre amigos e família ou não volta ou demora muito. Portanto, pense em uma quantia que não lhe fará falta, diga que tem essa quantia disponível e que ele não precisa devolver.

Ajuda sempre! E mais do que se imagina! Você não precisa ficar com esse problema pendente e a pessoa não fica constrangida em um momento apertado a lhe devolver.

Quando a pessoa não devolve – Peça sem medo. Pergunte qual a previsão de devolução, pois você vai precisar para....

Quais os riscos de emprestar algo a alguém? – Não voltar ou voltar danificado. Portanto, não empreste nada que seja de superestimação, tá?

Em tempo: às vezes, seus amigos podem estar com medo de devolver algo porque o estragaram ou perderam.

Se for esse o caso, esteja preparado para perdoá-los.

Dicas que não são garantia, mas ajudam:

Anote seu nome no item – Use etiqueta adesiva ou faça um rótulo com seu endereço impresso.

Determine data limite de devolução – Com um curto período de tempo, e respeite-a.
Mesmo que seu amigo queira ficar mais tempo com o item, ele estará avisado de que você o quer de volta.

Importante – As pessoas reagem de maneiras diferentes. Algumas não entendem indiretas, então não será suficiente só citar o item em uma conversa.

Outras pessoas podem ficar ofendidas com sua franqueza e se sentirem atacadas. Conheça seus amigos e respeite suas peculiaridades.

É isso aí! Espero ter ajudado mas, de verdade, quando são itens aos quais não sou superapegada, tenho o maior prazer em emprestar e, até mesmo, depois de algum tempo, percebendo que não está fazendo falta, nem me importo em doar...


 

Conteúdo exclusivo para assinantes!

Assine agora e tenha acesso ao conteúdo exclusivo do Tribuna Online!

Matérias exclusivas, infográficos, colunas especiais e muito mais, produzido especialmente pra quem é assinante.

Apenas R$ 9,90/mês
Assinar agora
esqueceu a senha?

últimas dessa coluna


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Gravidez precoce

A virgindade é a única arma da mulher!”. Cresci ouvindo essa frase de minha mãe. Essa era sua ideia de educação sexual. Parecida com a da ministra Damares. Nós, os filhos – três mulheres e um varão …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Você sabe o que é fandom?

Se não sabe nem esquente porque eu também não sabia. Mas, como todo mundo que gosta de se comunicar, ao saber que era recomendado criar e usar fandoms para aumentar o alcance de meu trabalho nas …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Motivos para agradecer

Não sou eu quem diz, mas a Ciência: gratidão faz bem. Como sempre, em todo início de ano ou de novo ciclo fazemos uma espécie de balanço do que foi bom e o que foi ruim – e 2019 foi um ano especialme…


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Como dar festa ao ar livre

Se você tem um quintal, uma varanda ou uma piscina, poderá desfrutar de um pouco de ar fresco e de um amplo espaço aberto enquanto relaxa e conversa com seus convidados. Faça uma lista - Inclua …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Restrições alimentares na minha ceia, e agora?

Final de ano chegou e é um momento de reunir a família e os amigos para uma refeição grande e deliciosa, cheia calorias e amor fraterno. É claro que dá trabalho, mas no final das contas é divertido …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

No Natal, desapegue, presenteie e agrade a quem você ama

Já começou o estresse do Natal. Estresse sim! Na TV só se fala em o que fazer com o décimo terceiro, reportagens sobre os presentes que se vai comprar, etc. E quem não tem salário? Nem o primeiro nem …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Bons hábitos em extinção

Boas maneiras não crescem em árvores. E precisam ser aprendidas, de preferência na infância. Com o tempo, muita coisa se perde e hoje, com a pressa permeando todo o nosso comportamento, muitas …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Dicas para a entrevista de emprego

O conhecimento e a experiência têm, sim, um papel muito importante em qualquer entrevista de emprego. Mas, dos aspectos mais óbvios, há outros, não muito comuns, que podem influenciar o resultado. …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Como pedir desculpas

Final de ano é uma época de confraternização: de encontros, reencontros e, para muita gente, de acertos de mal-entendidos quando as pessoas pedem perdão e perdoam ofensas recebidas. Ou não. Sim, …


Exclusivo
Claudia Matarazzo

Lidando com gente esnobe

Gente esnobe existe desde sempre e está por toda parte: em centros urbanos, subúrbios, no trabalho e na escola. Nos anos 1960, chamavam-se esnobes. Hoje, são simplesmente gente metida. Na …


Olá, !

Esse é o seu primeiro acesso por aqui, então recomendamos que você altere o seu nome de usuário e senha, para sua maior segurança.



Manter dados